P r o j e t o m e d I c I n a w w w p r o j e t o m e d I c I n a c o m b r


  (ITA)  A  tabela  a  seguir  mostra  as  observações  feitas,  sob as  mesmas condições  de pressão e temperatura, sobre  pregos de ferro



Baixar 1,15 Mb.
Pdf preview
Página2/3
Encontro02.10.2019
Tamanho1,15 Mb.
1   2   3

20.  (ITA)  A  tabela  a  seguir  mostra  as  observações  feitas, 

sob as  mesmas condições  de pressão e temperatura, sobre 

pregos de ferro limpos e polidos em diferentes meios: 

 

Corrosão do ferro em água aerada 



Sistema inicial 

Observações durante os 

experimentos 

1)  Prego  limpo  e  polido 

imerso em água aerada. 

Com  o  passar  do  tempo 

surgem 

sinais 


de 

aparecimento  de  ferrugem 

ao 

longo 


do 

prego 


 

(formação de um filme fino 

de  uma  substância  sólida 

com  coloração  marrom 

alaranjada). 

 

2)  Prego  limpo  e  polido 



recoberto 

com 


graxa 

imerso em água aerada. 

Não 

há 


alteração 

perceptível  com  o  passar 

do tempo. 

 

3)  Prego  limpo  e  polido 



envolvido por uma tira de 

magnésio  e  imerso  em 

água aerada. 

Com  o  passar  do  tempo 

observa-se  a  precipitação 

de  grande  quantidade  de 

uma  substância  branca, 

mas  a  superfície  do  prego 

continua 

aparentemente 

intacta. 

4)  Prego  limpo  e  polido 

envolvido  em  uma  tira  de 

estanho e imerso em água 

aerada. 

Com  o  passar  do  tempo 

surgem 

sinais 


de 

aparecimento  de  ferrugem 

ao longo do prego. 

 

a)  Escreva  as  equações  químicas  balanceadas  para  a(s) 



reação(ões)  observada(s)  nos  experimentos  1,  3  e  4, 

respectivamente. 

b)  Com base nas observações feitas, sugira  duas maneiras 

diferentes de evitar a formação de ferrugem sobre o prego. 

c)  Ordene os metais empregados nos experimentos 

descritos na tabela segundo o seu poder redutor. 



 

21.  (PUC-SP)  As  pilhas  de  níquel-cádmio  têm  sido  muito 

usadas  na  construção  de  baterias  empregadas  como  fonte 

de  energia,  tanto  em  pequenos  aparelhos  (calculadoras, 

brinquedos,  telefones  sem  fio,  etc.)  como,  até  mesmo,  em 

satélites espaciais. 

Semi-reações,  que  possivelmente  ocorrem  nesse  tipo  de 

pilhas alcalinas, estão representadas a seguir: 

 

Cd 2OH



-

   Cd(OH)

+ 2e


-

 

2Ni(OH)



+ 2e


-

  2Ni(OH)

+ 2OH


-

 

 



Assinale a alternativa incorreta. 

a)  O 


G do processo é negativo. 



 

 

6 | 



P r o j e t o   M e d i c i n a   –  w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r 

                                                                                                                         

Professor Eurico Dias (eurico@gmail.com/ @eurico_dias) 

 

b)  O cádmio é o pólo negativo da pilha. 



c)  O Ni(OH)

constitui o cátodo da pilha. 



d)  O  Cd  é  o  agente  redutor  e  seu  número  de  oxidação 

aumenta de 0 para +2 no processo direto. 

e)  Os elétrons fluem do eletrodo de Ni(OH)

3

 para o eletrodo 



de cádmio. 

 

22.  (Fuvest)  Numa  pilha  do  tipo  comumente  encontrado 

nos  supermercados,  o  pólo  negativo  é  constituído  pelo 

revestimento  externo  de  zinco.  A  semi-reação  que  permite 

ao zinco funcionar como pólo negativo é: 

a)  Zn

+

 + e



-

  Zn 


b)  Zn

2+ 


+ 2e

-

  Zn 



c)  Zn  Zn

+ e



-

 

d)  Zn  Zn



2+ 

+ 2e


-

 

e)  Zn



2+

 + Zn  2Zn

+

 

 



23. (Fuvest) Considere os seguintes potenciais padrões de 

redução: 

Semi-reação 

 

Potencial(volt) 



Ce

4+  


+ 1e

-

   Ce



3+ 

 

+1,61 



Sn

4+  


+ 2e

-

   Sn



2+

 

 



+0,15 

 

a)  Representar  a  reação  que  ocorre  numa  solução  aquosa 



que contenha essas espécies químicas, no estado padrão. 

b) Na reação representada, indicar a espécie que age como 

oxidante e a que age como redutora. 

 

24. (Fuvest) Considerando os seguintes dados: 

Semi-equação do eletrodo 

Eº 

redução (volt)



 

½ Cl


2(g)

 + e


-

  Cl


-

(aq)


 

+ 1,36 


H

+

(aq)



 + e

-

  ½ H



2(g)

 

zero 



 

Descreva  a  equação  química  completa  do  processo  de 

descarga  que  se  efetua  na  pilha  constituída  por  esses  dois 

eletrodos, no estado padrão. 



25.  (Unicamp)  Uma  alternativa  promissora  para  os 

motores  de  combustão  são  as  celas  de  combustível  que 

permitem,  entre  outras  coisas,  rendimentos  de  até  50%  e 

operação  em  silêncio.  Uma  das  promissoras  celas  de 

combustível  é  a  de  hidrogênio,  mostrada  no  esquema  a 

seguir: 


 

Nessa  cela,  um  dos  compartimentos  é  alimentado  por 

hidrogênio gasoso e o outro, por oxigênio gasoso. As semi-

reações  que  ocorrem  nos  eletrodos  são  dadas  pelas 

equações: 

Ânodo: H


2(g)

 = 2H


+

 2e

-

 

Cátodo: O



2(g)

 + 4H


+

 4e

-

 = 2 H


2

a)  Por  que  se  pode  afirmar,  do  ponto  de  vista  químico, 



que essa cela de combustível é não-poluente? 

b)  Qual  dos  gases  deve  alimentar  o  compartimento  X? 

Justifique. 

c) 


Que proporção de massa entre os gases você usaria 

para alimentar a cela de combustível? Justifique. 

 

26. (UFMG) Soluções de mesma concentração em mol/L de 

ácido acético e ácido perclórico foram eletrolisadas durante o 

mesmo  tempo  pela  bateria.  Nos  circuitos  estavam 

intercaladas lâmpadas iguais, como mostrado nas figuras. 



 

 

 

 

7 | 



P r o j e t o   M e d i c i n a   –  w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r 

                                                                                                                         

Professor Eurico Dias (eurico@gmail.com/ @eurico_dias) 

 

 

Com  relação  a  esses  sistemas,  todas  as  afirmativas  estão 

corretas, exceto: 

a)  A  massa  de  oxigênio  produzida  em  I  é  menor  do  que  a 

produzida em II. 

b) A reação química que ocorre em I e II é de oxi-redução. 

c) O brilho da lâmpada é mais intenso em II do que em I. 

d) O gás hidrogênio é produzido no cátodo de I e II. 

e) O número de íons presentes na solução A é o mesmo que 

na solução B. 

 

27.  (Unicamp)  Um  processo  de  purificação  de  cobre 

metálico  consiste  em  se  passar  uma  corrente  elétrica  por 

uma  solução  aquosa  de  sulfato  de  cobre  II,  de  cor  azul, 

durante um determinado intervalo de tempo. Nessa solução 

são mergulhados dois eletrodos de cobre metálico, sendo um 

de  cobre  impuro.  No  transcorrer  do  processo  o  cobre 

metálico vai se depositando sobre um dos eletrodos, ficando 

livre  das  impurezas.  O  desenho  a  seguir  mostra 

esquematicamente a situação no início do processo. 

 

a)  Em  qual  dos  eletrodos,  A  ou  B,  se  depositará  cobre 



metálico purificado? 

b) A intensidade da cor azul é diretamente proporcional à 

concentração de Cu

2+ 


na solução. Com base nesta 

informação e no processo de purificação acima descrito

responda se ao final do experimento a intensidade da cor 

azul terá aumentado, permanecido igual ou diminuído em 

relação à cor inicial. Justifique. 

28.  (Cesgranrio)  Para  identificar  os  pólos  (+)  e  (—)  de 

uma  “bateria  de  automóvel”  (acumulador  de  chumbo),  um 

eletricista executa uma teste prático, baseado em noções de 

eletroquímica, ilustrado no esquema a seguir: 

 

a)  Os  pólos  da  bateria  foram  indicados  na  figura  pelos 



números 1 e 2. Qual deles é o +, e qual o —? Justifique. 

b) Por que a solução da bateria adquire coloração azul? 

c) Qual o gás liberado em um dos fios do cobre? Equacione a 

reação na qual ele se forma. 

 

29.  (ITA)  Considere  uma  célula  eletrolítica,  contendo  uma 

solução  aquosa  0,10  molar

de  NaCL,  ligada  a  uma  fonte 



externa, conforme o esquema a seguir. 

 

Quais das afirmações seguintes são corretas? 



I) No eletrodo de grafite ocorre uma redução.. 

II) Uma semi-reação catódica possível é: 

     2H

2

O



(l)

 + 2e




  H

2(g)


 + 2OH

(aq)


III) A semi-reação Fe(s)  Fe

2+

(aq)


 + 2e

 é uma das semi-

reações que podem ocorrer no eletrodo da direita. 

IV) Em virtude da eletrólise, o pH da solução irá aumentar. 

V)  O  eletrodo  de  grafite  irá  perder  peso  e  nele  haverá 

formação de CO

2(g)



30.  (ITA)  Uma  célula  eletroquímica  foi  construída 



utilizando-se  200  mL  de uma solução aquosa 1,0 mol/L em 

NaCl  com  pH  igual  a  7  a  25ºC,  duas  chapas  de  platina  de 

mesmas  dimensões  e  uma  fonte  estabilizada  de  corrente 

elétrica. Antes de iniciar a eletrólise, a temperatura da solu-

ção  foi  aumentada  e  mantida  num  valor  constante  igual  a 

60ºC.  Nesta  temperatura,  foi  permitido  que  a  corrente 

elétrica  fluísse  pelo  circuito  elétrico  num  certo  intervalo  de 


 

 

8 | 



P r o j e t o   M e d i c i n a   –  w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r 

                                                                                                                         

Professor Eurico Dias (eurico@gmail.com/ @eurico_dias) 

 

tempo. Decorrido esse intervalo de tempo, o pH da solução, 



anda a 60ºC, foi medido novamente e um valor igual a 7 foi 

encontrado. Levando em consideração os fatos mencionados 

neste  enunciado  e  sabendo  que  o  valor  numérico  da 

constante  de  dissociação  da  água  (Kw)  para  a  temperatura 

de 60ºC é igual a 9,6 . 10

-14


 igual a, é correto afirmar que: 

a)  o  caráter  ácido-base  da  solução  eletrolítica  após  a 

eletrólise é neutro. 

b)o  caráter  ácido-base  da  solução  eletrolítica  após  a 

eletrólise é alcalino. 

c)  a  reação  anódica  predominante  é  aquela  representada 

pela meia-equação: 

4OH


-

(aq)


  2H

2

O



(l)

 + O


2(g)

 + 4e


-

 

d)  a  reação  catódica,  durante  a  eletrólise,  é  aquela 



representada pela meia-equação: 

Cl

2(g)



 + 2e

-

  2Cl



-

(aq)


 

e)  a  reação  anódica,  durante  a  eletrólise,  é  aquela 

representada pela meia-equação: 

H

2(g)



 + 2OH

-

(aq)



  2H

2

O



(l)

 + 2e


-

 

 



31. Baterias de níquel-hidreto metálico, MH, são 

empregadas em aparelhos eletrônicos como telefones, 

máquinas  fotográficas etc. Considere que a reação global 

desse tipo de bateria seja 

MH + NiO(OH) = M + Ni(OH)

2

 



com uma diferença de potencial de saída de 1,35V. 

Teoricamente, a tensão mínima, em volts, que se deve 

aplicar para recarregar essa bateria é de 

A) -0,5 


B) -1,0 

C) +0,5 


D) +1,0 

E) +1,5 


 

32. Praticamente todos os aparelhos eletrônicos contêm 

uma ou mais placas de circuito impresso, nas quais são 

soldados os componentes. As trilhas metálicas dessas placas 

são de cobre, como mostra a figura a seguir. 

 

Considere as seguintes informações, todas corretas, 



referentes a procedimentos experimentais (I, II, III e IV), 

que podem ser empregados para obtenção de cobre puro, o 

mais rapidamente possível, a partir de placas de circuito 

impresso. 



I.   Ao mergulhar uma mistura de cobre e polímero em ácido 

nítrico, o cobre reage formando uma solução aquosa de 

nitrato cúprico. O polímero se mantém intacto. 

II.  Limpando-se a placa e depois a quebrando em 

pequenos fragmentos, obtém-se um material com maior 

superfície de contato e que, portanto, reage mais 

rapidamente. 



III. Submetendo-se uma solução de nitrato cúprico à 

eletrólise, forma-se cobre metálico puro. 



IV. Filtrando-se uma mistura de polímero e solução de 

nitrato cúprico, a solução passa pelo filtro, mas o polímero 

fica retido. 

Com base nessas informações, pode-se concluir 

que, para se obter cobre puro a partir de placas de circuito 

impresso usadas, devem-se realizar esses procedimentos na 

seguinte ordem: 

A) II – I – IV – III. 

B) III – II – IV – I. 

C) I – III – II – IV. 

D) III – IV – II – I. 

E) II – IV – I – III. 

 

33. Um estudante resolveu 

folhear 


sua chave com prata, 

utilizando a seguinte montagem: 

 

Nessa célula, a chave corresponde ao: 



 

 

9 | 



P r o j e t o   M e d i c i n a   –  w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r 

                                                                                                                         

Professor Eurico Dias (eurico@gmail.com/ @eurico_dias) 

 

A) anodo, que é o pólo positivo. 



B) anodo, que é o pólo negativo. 

C) catodo, que é o pólo positivo. 

D) catodo, que é o pólo negativo. 

E) cátodo, onde ocorre a oxidação. 



 

34. A eletrólise ígnea do cloreto de sódio resulta em sódio 

metálico e gás cloro. Nesse processo, cada íon 

A) cloreto recebe um elétron. 

B) sódio recebe dois elétrons. 

C) sódio recebe um elétron. 

D) sódio perde um elétron. 

E) cloreto perde dois elétrons. 

 

35. Os principais fenômenos estudados pela eletroquímica 

são a produção de corrente elétrica, através de uma reação 

química (pilha), e a ocorrência de uma reação química, pela 

passagem de corrente elétrica (eletrólise). Com relação a 

esses fenômenos, analise as proposições abaixo. 

I.   As pilhas comuns são dispositivos que aproveitam a 

transferência de elétrons em uma reação de oxirredução, 

produzindo uma corrente elétrica, através de um condutor. 

II.  Em uma pilha a energia elétrica é convertida em energia 

química. 

III.  O fenômeno da eletrólise é basicamente contrário ao da 

pilha, pois enquanto na pilha o processo químico é 

espontâneo ∆E > 0, o da eletrólise é não-espontâneo ∆E < 

0. 

Assinale a alternativa correta



(A) Somente a proposição II é verdadeira. 

(B) Somente as proposições I e II são verdadeiras. 

(C) Somente as proposições I e III são verdadeiras. 

(D) Somente a proposição I é verdadeira. 

(E) Todas as proposições são verdadeiras. 

 

36. Dada a reação Cu + 2HCl → CuCl

+ H


, assinale a 

afirmativa correta sabendo-se que os potenciais-padrão de 

redução do cobre e do hidrogênio são respectivamente 0,34 

Volts e 0,00 Volts. 

A) A reação produz corrente elétrica. 

B) A reação não ocorre espontaneamente. 

C) A reação ocorre nas pilhas de Daniell. 

D) O cobre é o agente oxidante. 

E) O hidrogênio sofre oxidação. 

 

37. Com relação aos processos eletrolíticos, assinale a 

alternativa incorreta. 

A) A eletrólise, ao contrário das pilhas, é sempre um 

processo não espontâneo. 

B) Só se é possível obter gás cloro (Cl

2

) a partir da eletrólise 



ígnea do NaCl. 

C) A quantidade dos produtos obtidos pela eletrólise 

depende do tempo e da corrente elétrica aplicadas no 

processo. 

D) Para se reduzir um mol de prata (Ag

+

) é necessário um 



mol de elétrons. 

E) O pólo positivo é denominado ânodo, e o pólo negativo é 

o cátodo. 

 

 



38. Dados: 

- o indicador fenolftaleína é incolor em pH < 8 e rosa em pH 

acima de 8. 

- o amido é utilizado como indicador da presença de iodo em 

solução, adquirindo uma intensa coloração azul devido ao 

complexo iodo-amido formado. 



 

 

10 | 



P r o j e t o   M e d i c i n a   –  w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r 

                                                                                                                         

Professor Eurico Dias (eurico@gmail.com/ @eurico_dias) 

 

Um experimento consiste em passar corrente 



elétrica contínua em uma solução aquosa de iodeto de 

potássio (KI). O sistema está esquematizado a  seguir. 

Para auxiliar a identificação dos produtos são 

adicionadas, próximo aos eletrodos, solução alcoólica de 

fenolftaleína e dispersão aquosa de amido.  

Sobre o experimento é incorreto afirmar que 

A) haverá formação de gás no eletrodo B. 

B) a solução ficará rosa próximo ao eletrodo A. 

C) no eletrodo B ocorrerá o processo de oxidação. 

D) o eletrodo A é o cátodo do sistema eletrolítico. 

E) a solução ficará azul próximo ao eletrodo B. 

 

39. Contra o monopólio do sal, decretado pelo governo 

britânico, Mahatma Ghandi mobilizou o povo para a 

Marcha 


do Sal

, em 1930, que durou semanas de caminhada. Ao 

chegarem ao mar, Ghandi conclamou o povo indiano a não 

mais respeitar o monopólio do sal e a boicotar as 

mercadorias inglesas, marcando, assim, o Movimento de 

Desobediência Civil (1930-34). 

O sal mencionado no Texto é o cloreto de sódio. 

Sobre esse sal, É CORRETO afirmar que 

A) é bastante solúvel em solventes apolares. 

B) pode produzir NaOH em uma eletrólise ígnea. 

C) possui características essencialmente moleculares em fase 

sólida. 


D) possui o íon cloreto que, ao ser formado em fase gasosa

libera energia. 

E) é formado a partir da combinação de um metal alcalino e 

um elemento de transição. 

 

40. Em 2005, a produção brasileira de cloro (Cl

2

) e de soda 



(NaOH) atingiu a ordem de 1,3 milhões de toneladas. Um 

dos processos mais importantes usados na produção destas 

substâncias é baseado na eletrólise da salmoura (solução 

saturada de cloreto de sódio), empregando-se uma cuba 

eletrolítica formada por dois compartimentos separados por 

uma membrana polimérica, semipermeável. 

Além do cloro e da soda, forma-se gás hidrogênio. 

Reação global: 

2NaCl

(aq)


  +  2H

2

O



(l)

 →  2NaOH

(aq)

  +  H


2(g)

 

 



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária 

estabelece normas rígidas que permitem o emprego de 

hipoclorito de sódio (NaClO) e do ácido hipocloroso (HClO) 

no tratamento de água. 

A produção do hipoclorito de sódio é feita 

borbulhando-se gás cloro em uma solução aquosa de 

hidróxido de sódio. A reação do processo é 

Cl

2(g)



  +  2NaOH

(aq)


 → NaClO

(aq)


  +  NaCl

(aq)


  +  H

2

O



(l)

 

O ácido hipocloroso, ácido fraco com constante de 



dissociação 3 x 10

-8

  a 20



o

C, pode ser formado pela reação 

do cloro e água: 

Cl

2(g)



  + H

2

O



(l)

 → HClO


(aq)

 +  HCl


(aq)

 

Em relação ao processo eletrolítico para a produção de cloro 



e soda, é correto afirmar que 

A) os íons Na

+

 e as moléculas de H



2

O migram através da 

membrana na direção do anodo. 

B) forma-se gás hidrogênio no catodo e gás cloro no anodo. 

C) no catodo, é formado o gás cloro através do recebimento 

de elétrons. 

D) os elétrons migram, através de contato elétrico externo, 

do pólo negativo para o pólo positivo da célula. 

E) para cada mol de gás hidrogênio formado, é necessário 

um mol de elétrons. 



 

41.  (UFSC)  Uma  notícia  circula  na  Internet,  por  e-

mails  e  fóruns,  sobre  como  seria  possível  enganar  o 

bafômetro  ingerindo-se  uma  mistura  de  coca-cola  e 

gelo momentos antes de passar pelo teste do assopro.       

Seria possível confundir o aparelho com esta ingestão 


 

 

11 | 



P r o j e t o   M e d i c i n a   –  w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r 

                                                                                                                         

Professor Eurico Dias (eurico@gmail.com/ @eurico_dias) 

 

já  que  a  mistura  promove  a  liberação  de  hidrogênio, 



confundindo o sistema. 

Mesmo  que  você  tenha  ingerido  uma  grande 

quantidade  de  bebida  alcoólica,  continua  a  notícia,  o 

teste vai dar negativo ou abaixo dos 0,02 mg/L. 

A explicação é a seguinte: “Isto acontece pelo 

fato de o hidrogênio liberado pelo gelo anular a maior 

parte  da  associação  do  álcool  no  ar  do  seu  pulmão. 

Esta  dica  é  velha  e  foi  descoberta  por  estudantes  de 

química  americanos  que  tiveram  que  enfrentar  o 

mesmo tipo de punição nos anos 70 e 80. A coca-cola, 

para que serve? Poxa, você não vai querer ser parado 

com  um  copo  de  whisky  com  gelo.  Então,  bota 

qualquer refrigerante, menos água, pois demora mais 

para retirar o hidrogênio do gelo.” 

(Disponível em: 

http://

ult306u430605.shtml> Acesso em: 07 ago. 2008.) 

Considerando  os  textos  acima  e  de  acordo 

com  o  seu  conhecimento  químico,  assinale  a(s) 

proposição(ões) correta(s): 

01.  A  informação  é  verdadeira  porque,  ao  fundir,  o 

gelo  libera  o  hidrogênio  presente  na  molécula  de 

água. 

02.  Na  eletrólise  da  água  acidulada,  no  eletrodo 



positivo,  obtém-se  um  gás  que  apresenta  como  uma 

de suas propriedades ser combustível. 

04.  O  hidrogênio  pode  ser  obtido  quando  se  passa 

uma  corrente  elétrica  (eletrólise)  na  água  acidulada 

por  ácido  sulfúrico,  através  da  seguinte  equação 

global: 2H

2

O(l) → 2H

2

(g+ O



2

(g). 

08. 0,02 mg/L significa que a massa do etanol é de 0,02 

mg em cada litro de ar expirado. 

16.  O  hidrogênio,  por  ser  um  comburente,  poderá 

causar  uma  explosão  quando  a  pessoa  expirar 

próximo de uma chama. 

32. A informação é incorreta, pois é impossível liberar 

hidrogênio nas condições citadas acima. 



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3


©bemvin.org 2019
enviar mensagem

    Página principal