OrientaçÃo de estudos recuperação Semestral



Baixar 97,23 Kb.
Encontro14.12.2017
Tamanho97,23 Kb.



ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS
Recuperação Semestral
2º Ano do Ensino Médio
Disciplina: História
1) "... todos os brasileiros, e sobretudo os brancos, não percebem suficientemente que é tempo de se fechar a porta aos debates políticos (...). Se se continua a falar dos direitos dos homens, da igualdade, terminar-se-á por pronunciar a palavra fatal: liberdade, palavra terrível e que tem muito mais força num País de escravos que em qualquer outra parte ..."

(MOTA, Carlos Guilherme (org.). "1822: dimensões". São Paulo: Perspectiva, 1972. p. 482.)


O texto acima, escrito provavelmente por volta de 1823/1824, é parte de uma carta sobre a independência do Brasil, enviada por um observador europeu a D. João VI. Leia com atenção o texto e, a seguir, assinale a alternativa que expressa a configuração social do processo brasileiro de independência.
(a) A democracia racial, decorrente de uma intensa miscigenação durante o período colonial, contribuiu para conciliar, logo nos primeiros anos do Império, os interesses dos distintos grupos sociais.

(b) A "solução monárquica", através da qual a jovem nação optava por afastar-se de seus vizinhos americanos e adotar modelos políticos europeus, foi historicamente necessária como instrumento de conciliação das raças no Brasil.

(c) O "haitianismo", temor da elite branca brasileira de que se repetisse no Brasil uma revolução negra, tal qual ocorrera no Haiti, limitou as bases sociais da independência e justificou manifestações como essa da carta transcrita.

(d) Em razão de temores como aquele expresso na carta citada, a independência fez-se acompanhar de um processo crescente de enfraquecimento da escravidão. Os mesmos grupos que lideraram o processo de independência liderariam, anos depois, a abolição da escravatura.

(e) O temor expresso na carta é infundado, pois além de contar com um número pequeno de escravos à época da independência, as relações entre os escravos e seus senhores, no Brasil, sempre foram cordiais, decorrendo justamente disso a noção de "democracia racial".
2) Os membros da loja maçônica fundada por José Bonifácio em 2 de junho de 1822 (e que no dizer de Frei Caneca não passava de um "clube de aristocratas servis") juraram "procurar a integridade e independência e felicidade do Brasil como Império constitucional, opondo-se tanto ao depotismo que o altera quanto à anarquia que o dissolve".

Na visão de José Bonifácio e dos membros da referida loja maçônica, o despotismo e a anarquia eram encarnados, respectivamente,


(a) pelos que defendiam a monarquia e a autonomia das províncias.

(b) por todos quantos eram a favor da independência e união entre as províncias.

(c) pelo chamado partido português e os republicanos ou exaltados.

(d) pelos partidários da separação com Portugal e da união sul-americana.

(e) pelos partidos que queriam acabar com a escravidão e a centralização do poder.

3) Quando o Brasil se tornou uma nação independente, em 1822, há mais de 300 anos, aqui se cobravam diversos tipos de tributos para a Coroa Portuguesa. Sobre a cobrança de impostos no Brasil colonial, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:


(a) Quando a Coroa veio para a América, a cobrança de impostos foi intensificada com o intuito de prover recursos para os gastos militares, para a montagem de um aparelho administrativo-fiscal e para as necessidades da manutenção da dispendiosa Corte.

(b) A cobrança de impostos no Brasil colocava em cheque, desde o princípio, a fidelidade ao Rei. O Rei era considerado sempre como tirano e opressor, e as revoltas ocorridas nas Minas Gerais, no século XVII, reforçavam os movimentos antimonarquistas.

(c) Enquanto na Europa do Antigo Regime defendia-se a idéia de que não era nem justo e nem bom para a ordem política cobrar impostos dos nobres e do clero, no Brasil-colônia, diante da necessidade das despesas com a defesa da terra, a classe proprietária deveria pagar impostos.

(d) Cobrar impostos era um assunto delicado na Colônia e em Portugal, por isso recomendava-se que o imposto arrecadado fosse gasto no objeto causador da cobrança.


4) A organização política do Brasil, depois da separação de Portugal, diferenciava-se da dos outros países latino-americanos que se haviam tornado independentes no mesmo período. Assinale a alternativa CORRETA.
(a) Após a Independência, o Brasil adotou a monarquia como regime de governo.

(b) A Independência significou melhoria nas condições de vida da maioria da população.

(c) A partir da Independência, extinguiram-se todas as formas de trabalho escravo.

(d) Com a Independência, é promulgada a Primeira Constituição Brasileira.

(e) Após a Independência, o Brasil passou a sofrer forte influência econômica da Espanha, principal potência econômica na época.
5) "Sabinada" na Bahia, "Balaiada" no Maranhão e "Farroupilha" no Rio Grande do Sul foram algumas das lutas que ocorreram no Brasil em um período caracterizado
(a) por um regime centralizado na figura do imperador, impedindo a constituição de partidos políticos e transformações sociais na estrutura agrária.

(b) pelo estabelecimento de um sistema monárquico descentralizado, o qual delegou às Províncias o encaminhamento da "questão servil".

(c) por mudanças na organização partidária, o que facilitava o federalismo, e por transformações na estrutura fundiária de base escravista.

(d) por uma fase de transição política, decorrente da abdicação de Dom Pedro I, fortemente marcada por um surto de industrialização, estimulado pelo Estado.

(e) pela redefinição do poder monárquico e pela formação dos partidos políticos, sem que se alterassem as estruturas sociais e econômicas estabelecidas.
6) O resultado da discussão política e a aprovação da antecipação da maioridade de D. Pedro II representou:
(a) o pleno congraçamento de todas as forças políticas da época.

(b) a vitória parlamentar do bloco partidário liberal.

(c) a trama bem-sucedida do grupo conservador que fundara a Sociedade Promotora da Maioridade.

(d) a anulação da ordem escravista que prevalecia sobre os interesses particulares.

(e) a debandada do grupo político liderado por um proprietário rural republicano.

7) A Guarda Nacional foi organizada por:


(a) José Bonifácio para consolidar a Independência

(b) Feijó para garantia e ordem interna durante a Regência

(c) Caxias como apoio à ação centralizadora no II Império

(d) Floriano Peixoto para obstar as tendências descentralizadoras

(e) Rui Barbosa, quando candidato à Presidência da República
8) Sobre o fim da escravidão no Brasil, diferencie a ação do Estado da ação dos escravos e dos abolicionistas.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


9) O transporte ferroviário no Brasil, da segunda metade do Século XIX ao início do Século XX, mereceu prioritariamente o interesse estatal e particular. As condições históricas relacionadas com a ampliação da rede em ritmo crescente foram:
(a) expansão da cafeicultura, principalmente em São Paulo, e o escoamento da produção para o exterior.

(b) reservas de minério de ferro, do quadrilátero ferrífero, pouco acessíveis e demasiado distantes dos centros urbanos mais expressivos.

(c) políticas de industrialização e de reflorestamento.

(d) capitais externos em busca de lucros para a indústria automotiva e para as empresas distribuidoras de petróleo.

(e) devastações de pinhais para a extração de madeira e para a produção de papel.
10) A partir do golpe da maioridade, em 1840, a vida partidária brasileira resumiu-se a dois partidos: o antes partido progressista passou a chamar-se partido liberal e o regressista passou a chamar-se partido conservador. Pode-se considerar como característica desses partidos:
(a) Os partidos do império sempre tiveram plataformas políticas bem definidas.

(b) As divergências entre as várias classes da sociedade brasileira estavam representadas nos programas partidários.

(c) Do ponto de vista ideológico, não havia diferenças entre os liberais e conservadores, pois eram "farinha do mesmo saco".

(d) Os conservadores sempre estiveram no poder e os liberais sempre estiveram na oposição.

(e) Ambos tinham influência ideológica externa nos seus programas, apesar de proibido por lei.
11) Após a 1ªGuerra Mundial os Estados Unidos se tornaram o país mais rico do mundo, consolidando o chamado "sonho americano". Essa riqueza provinha em grande parte do crescimento e do avanço técnico da indústria, o que por um lado resultava na maior oferta de produtos industrializados baratos, mas por outro ocasionava um crescente desemprego de operários substituídos por máquinas. O desemprego e as altas aplicações de dinheiro no mercado de ações ajudaram a desencadear uma crise de repercussão mundial.

Identifique essa crise e analise suas principais conseqüências para os Estados Unidos.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

12) A crise capitalista desencadeada em 1929 nos EUA e na Europa Ocidental estendeu-se para a América Latina contribuindo para:


(a) a revogação de todas as tarifas protecionistas, o intervencionismo estatal e a substituição de importações.

(b) abalar o poder das oligarquias e o surgimento de regimes populistas e ditaduras conservadoras.

(c) a modernização do campo através do deslocamento de mão-de-obra que sobrevivia precariamente nas cidades.

(d) Juan Domingo Perón destacar-se como governante populista no México.

(e) a ruptura da estrutura de espoliação do povo latino-americano.
13) Sobre a crise do capitalismo, na década de 1930, e o colapso do socialismo, na década de 1980, pode-se afirmar que:
(a) a primeira reforçou a concepção de que não se podia deixar uma economia ao sabor do mercado, e o segundo a de que, uma economia não funciona sem mercado.

(b) ambos levaram à descrença sobre a capacidade do Estado resolver os problemas colocados pelo desemprego em massa.

(c) assim como a primeira, também o segundo está provocando uma polarização ideológica que ameaça o Estado de Bem-estar Social.

(d) ambos, provocando desemprego e frustração, fizeram aparecer agitações fascistas e terroristas contando com amplo respaldo popular.

(e) enquanto a primeira reforçou a convicção dos defensores do capitalismo, o segundo fez desaparecer a convicção dos defensores do socialismo.
14) A grave crise econômico-financeira que atingiu o mundo capitalista, na década de 30, tem suas origens nos Estados Unidos. A primeira medida governamental que procurou, internamente, solucionar essa crise foi o "New Deal", adotado por Roosevelt, em 1933. Uma das medidas principais desse programa foi o(a):
(a) encerramento dos investimentos governamentais em obras de infra-estrutura.

(b) fim do planejamento e da intervenção do Estado na economia.

(c) imediata suspensão da emissão monetária.

(d) política de estímulo à criação de novos empregos.

(e) redução dos incentivos à produção agrícola.
15) A crise econômica de 1929, por sua profundidade e extensão, atingiu todo o mundo ligado ao capitalismo. Quais foram os efeitos dessa crise no Brasil, sob os aspectos econômico e político?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________




GABARITO:


  1. C

  2. C

  3. B

  4. A

  5. E

  6. B

  7. B

  8. O estado adotava medidas paliativas; os escravos fugiam sempre que podiam; e os abolicionistas faziam pressão nos centros urbanos pela abolição.

  9. A

  10. C

  11. Foi a crise de 1929 ocasionado por uma superprodução. Colocou os EUA em uma grande depressão econômica.

  12. B

  13. A

  14. D

  15. No Brasil a crise de 29 provocou uma queda nas exportações do café, desestabilizando a elite dominante, através da ruptura da política do café com leite e precipitando a Revolução de 30.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal