O selamento dos servos de deus



Baixar 98,03 Kb.
Encontro03.12.2016
Tamanho98,03 Kb.


Lição 09 Sabado 28 de Novembro de 2015


O SELAMENTO DOS SERVOS DE DEUS
Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que hajamos selado nas suas testas os servos do nosso Deus. (Apocalipse 7:3)

Satanás está agora, neste tempo de selamento, usando todo artifício possível para desviar a mente do povo de Deus da verdade presente e seladora, levando-o a vacilar. Vi que Deus estendia Sua proteção sobre Seu povo para guardá-lo no tempo da angústia; e que cada alma pura de coração que tomasse sua decisão ao lado da verdade estaria coberta pela proteção do Deus Todo-Poderoso. — The Review and Herald (The Present Truth), 01 de agosto de 1849.



Estudo adicional: Testemunhos para a Igreja, vol. 5, pp. 207-216 (“O selo de Deus”).


  1. REFÚGIO DOMINGO, 22 DE NOVEMBRO.

A. Que convite Deus faz a Seu povo antes da destruição da Terra? Isaías 26:20 e 21. (Vai, pois, povo meu, entra nos teus quartos e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a ira. (21) Porque eis que o SENHOR sairá do seu lugar para castigar os moradores da terra, por causa da sua iniquidade; e a terra descobrirá o seu sangue e não encobrirá mais aqueles que foram mortos.).

B. Que promessas trarão conforto naqueles dias turbulentos? Salmos 46:1-3; 91:1-10. (Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. (2) Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. (3) Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. ( Selá ) Sl 91:1-10 (Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. (2) Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei. (3) Porque ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. (4) Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estarás seguro; a sua verdade é escudo e broquel. (5) Não temerás espanto noturno, nem seta que voe de dia, (6) nem peste que ande na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. (7) Mil cairão ao teu lado, e dez mil, à tua direita, mas tu não serás atingido. (8) Somente com os teus olhos olharás e verás a recompensa dos ímpios. (9) Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação. (10) Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.).

Sua fé [do povo de Deus] não desfalece por não serem suas orações de pronto atendidas. Sofrendo embora a mais profunda ansiedade, terror e angústia, não cessam as suas intercessões. Apoderam-se da força de Deus como Jacó se apoderara do Anjo; e a linguagem de sua alma é: “Não Te deixarei ir, se me não abençoares.” (Gênesis 32:26) — O grande conflito, pp. 619, 620.



  1. SELADOS OU MORTOS SEGUNDA-FEIRA, 23 DE NOVEMBRO.

A. Quem é destruído e a quem é dado abrigo, segundo a visão de Ezequiel? Ezequiel 9:3-6, 9 e 10. (E a glória do Deus de Israel se levantou do querubim sobre o qual estava, até à entrada da casa; e clamou ao homem vestido de linho, que tinha o tinteiro de escrivão à sua cinta. (4) E disse-lhe o SENHOR: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela. (5) E aos outros disse, ouvindo eu: Passai pela cidade após ele e feri; não poupe o vosso olho, nem vos compadeçais. (6) Matai velhos, e jovens, e virgens, e meninos, e mulheres, até exterminá-los; mas a todo o homem que tiver o sinal não vos chegueis; e começai pelo meu santuário. E começaram pelos homens mais velhos que estavam diante da casa. (9) Então, me disse: A maldade da casa de Israel e de Judá é grandíssima, e a terra se encheu de sangue, e a cidade se encheu de perversidade; eles dizem: O SENHOR deixou a terra, o SENHOR não vê. (10) Pois também, quanto a mim, não poupará o meu olho, nem me compadecerei; sobre a cabeça deles farei recair o seu caminho.

B. Em que sentido o trabalho dos anjos protetores citados em Apocalipse é semelhante ao do homem com tinteiro de escrivão da visão de Ezequiel? Apocalipse 7:1-3. (E, depois destas coisas, vi quatro anjos que estavam sobre os quatro cantos da terra, retendo os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem contra árvore alguma. (2) E vi outro anjo subir da banda do sol nascente, e que tinha o selo do Deus vivo; e clamou com grande voz aos quatro anjos, a quem fora dado o poder de danificar a terra e o mar, (3) dizendo: Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que hajamos assinalado na testa os servos do nosso Deus.).

C. Como a experiência dos judeus no tempo de Ester ilustra a do povo de Deus no fim dos tempos? Ester 3:8 e 9; 9:1-3. (E Hamã disse ao rei Assuero: Existe espalhado e dividido entre os povos em todas as províncias do teu reino um povo cujas leis são diferentes das leis de todos os povos e que não cumpre as leis do rei; pelo que não convém ao rei deixá-lo ficar. (9) Se bem parecer ao rei, escreva-se que os matem; e eu porei nas mãos dos que fizerem a obra dez mil talentos de prata, para que entrem nos tesouros do rei.) Et 9:1-3 (E, no mês duodécimo, que é o mês de adar, no dia treze do mesmo mês em que chegou a palavra do rei e a sua ordem para se executar, no dia em que os inimigos dos judeus esperavam assenhorear-se deles, sucedeu o contrário, porque os judeus foram os que se assenhorearam dos seus aborrecedores. (2) Porque os judeus nas suas cidades, em todas as províncias do rei Assuero, se ajuntaram para pôr as mãos sobre aqueles que procuravam o seu mal; e nenhum podia resistir-lhes, porque o seu terror caiu sobre todos aqueles povos. (3) E todos os maiorais das províncias, e os sátrapas, e os governadores, e os que faziam a obra do rei auxiliavam os judeus, porque tinha caído sobre eles o temor de Mardoqueu.).

Este selamento dos servos de Deus é o mesmo que foi mostrado a Ezequiel em visão. — Testemunhos para ministros, p. 445.

As duras experiências que o povo de Deus enfrentara nos dias de Ester não foram peculiares somente àquele tempo. [...] O mesmo espírito que nos séculos passados levou os homens a perseguirem a verdadeira igreja, levará no futuro à adoção de uma conduta similar para com os que mantêm sua lealdade a Deus [...]

O decreto que finalmente sairá contra o remanescente povo de Deus será muito semelhante ao que Assuero promulgou contra os judeus. Hoje os inimigos da verdadeira igreja veem no pequeno grupo de guardadores do sábado, um Mardoqueu à porta. A reverência do povo de Deus por Sua lei é uma constante repreensão aos que têm deixado o temor do Senhor e estão pisando o Seu sábado. Satanás suscitará indignação contra a minoria que recusa aceitar costumes populares e tradições. Homens de posição e reputação unir-se-ão com os marginais e os vis para tomar conselho contra o povo de Deus. Riqueza, gênio, educação, combinar-se-ão para cobri-los de desprezo. Governantes perseguidores, pastores e membros de igreja conspirarão contra eles. De viva voz e pela pena, ameaças e ridículo, procurarão subverter-lhes a fé. Mediante falsas representações e irados apelos, os homens suscitarão as paixões do povo. Não possuindo um “Assim dizem as Escrituras” para apresentar contra os advogados do sábado bíblico, eles recorrerão a opressivos preceitos de lei que lhes supram a falta. A fim de assegurar popularidade e sua aprovação, os legisladores se renderão aos reclamos de leis dominicais. [...] Neste campo se travará o último grande conflito na controvérsia entre a verdade e o erro. E nós não somos deixados em dúvida quanto ao desfecho. Hoje, como nos dias de Ester e Mardoqueu, o Senhor vindicará Sua verdade e Seu povo. — Profetas e reis, pp. 605, 606.




  1. PURIFICAÇÃO DO CARÁTER TERÇA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO.

A. Que tipo de caráter terão aqueles que se preparam para receber o selo? Apocalipse 14:1 e 5. (E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em sua testa tinham escrito o nome dele e o de seu Pai. (5) E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus.). O que está envolvido no ato de santificar o nome do Pai? Mateus 6:9; 1 (Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome.). Pedro 3:15. (antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós,).

Agora é o tempo de preparar-nos. O selo de Deus jamais será colocado à testa de um homem ou mulher impuros. Jamais será colocado à testa de um homem ou mulher cobiçosos ou amantes do mundo. Jamais será colocado à testa de homens ou mulheres de língua falsa ou coração enganoso. Todos os que recebem o selo devem ser imaculados diante de Deus — candidatos para o Céu. — Testemunhos para a Igreja, vol. 5, p. 216.

Este não é um selo ou marca visível, mas a fixação da verdade [no povo de Deus], tanto intelectual como espiritualmente, de modo que não possa haver mudança. — The SDA Bible Commentary [E. G. White Comments], vol. 4, p. 1161.

Estamos lutando com todas as nossas forças para alcançar a estatura de homens e mulheres em Cristo? Estamos buscando Sua plenitude, sempre avançando na direção da meta colocada diante de nós, a perfeição de Seu caráter? Quando o povo do Senhor alcançar essa meta, serão selados em suas testas. — Ibidem, vol. 6, p. 1118. Vi também que muitos não compreendem o que devem ser a fim de viverem à vista do Senhor sem um Sumo Sacerdote no santuário, durante o tempo de angústia. Os que hão de receber o selo do Deus vivo, e ser protegidos, no tempo de angústia, devem refletir completamente a imagem de Jesus. — Primeiros escritos, p. 71.


B. Como o Senhor realizará essa obra santificadora em nós? Hebreus 7:25; 13:20 e 21; (Hb 7:25 Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.

Hb 13:20-21 (20) Ora, o Deus de paz, que pelo sangue do concerto eterno tornou a trazer dos mortos a nosso Senhor Jesus Cristo, grande Pastor das ovelhas, (21) vos aperfeiçoe em toda a boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em vós o que perante ele é agradável por Cristo Jesus, ao qual seja glória para todo o sempre. Amém!). Filipenses 1:6; (Tendo por certo isto mesmo: que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo. Fp 2:12-13 (12) De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor; (13) porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.).
Vi que o tempo para Jesus permanecer no lugar santíssimo estava quase terminado e esse tempo podia durar apenas um pouquinho mais; que o tempo disponível que temos deve ser gasto em examinar a Bíblia, que nos julgará no último dia. [...]

Vivei e agi inteiramente em relação com a vinda do Filho do homem. O tempo do selamento é muito curto, e logo passará. Agora, enquanto os quatro anjos estão contendo os ventos, é o tempo de fazer firme a nossa vocação e eleição. — Primeiros escritos, p. 58.

Lutemos com todas as forças que Deus nos tem dado para estar entre os cento e quarenta e quatro mil. — The Review and Herald, 9 de março de 1905.


  1. SUSPIRAM E GEMEM” QUARTA-FEIRA, 25 DE NOVEMBRO.

A. Qual é a obra do povo de Deus nos últimos dias? Isaías 58:12. (E os que de ti procederem edificarão os lugares antigamente assolados; e levantarás os fundamentos de geração em geração, e chamar-te-ão reparador das roturas e restaurador de veredas para morar.).

No tempo do fim, toda instituição divina deve ser restaurada. A brecha feita na lei quando o sábado foi mudado pelo homem, deve ser reparada. O remanescente de Deus, em pé diante do mundo como reformador, deve mostrar que a lei de Deus é o fundamento de toda reforma perdurável, e que o sábado do quarto mandamento deve permanecer como memorial da criação, uma lembrança constante do poder de Deus. — Profetas e reis, p. 678.



B. Como podemos entender a expressão “suspiram e gemem”? Ezequiel 9:4. (E disse-lhe o SENHOR: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela.).

As abominações pelas quais os fiéis suspiravam e gemiam era tudo quanto podia ser discernido por olhos finitos, mas os pecados incomparavelmente piores, os que provocavam o zelo de um Deus puro e santo, achavam-se encobertos. — Testemunhos para a Igreja, vol. 5, p. 211.

Na ocasião em que o perigo e a crise da igreja crescem, o grupo que permanece na luz estará suspirando e clamando por causa das abominações cometidas na Terra. Mais especialmente, porém, suas orações subirão em favor da igreja porque seus membros estão agindo segundo a maneira do mundo [...]

Lamentam diante de Deus o verem a religião desprezada nos próprios lares daqueles que receberam grande luz. Lamentam-se e afligem o espírito porque se encontram na igreja orgulho, avareza, egoísmo e engano quase de toda espécie. — Ibidem, pp. 209, 210.



C. Por onde começa o julgamento? O que isso significa para o professo povo de Deus? Ezequiel 9:6. (Matai velhos, e jovens, e virgens, e meninos, e mulheres, até exterminá-los; mas a todo o homem que tiver o sinal não vos chegueis; e começai pelo meu santuário. E começaram pelos homens mais velhos que estavam diante da casa.).

Porém, o massacre geral de todos os que não veem assim a vasta diferença entre o pecado e a justiça, e não sentem como os que se acham no conselho de Deus e recebem o sinal, é descrita na ordem dada aos cinco homens que tinham as armas destruidoras: [É citado Ezequiel 9:5 e 6]. — Ibidem, vol. 3, p. 267.




  1. LIBERTAÇÃO QUINTA-FEIRA, 26 DE NOVEMBRO.

A. Como Deus, finalmente, libertará Seu povo nessa ocasião? Lucas 18:7; (E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?) Daniel 12:1 e 2. (E, naquele tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro. (2) E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna e outros para vergonha e desprezo eterno.) Comente sobre a purificação da igreja antes do fim do tempo de prova.

Na hora de maior perigo para a igreja, serão oferecidas em seu favor as mais ferventes orações pelo fiel remanescente, e Deus ouvirá e atenderá na própria ocasião em que a culpa do transgressor atingir o auge. — Testemunhos para a Igreja, vol. 5, p. 524.

A igreja talvez pareça como prestes a cair, mas não cairá. Ela permanece, ao passo que os pecadores de Sião serão lançados fora no joeiramento — a palha separada do trigo precioso. — Mensagens escolhidas, vol. 2, p. 380.

Não vai longe o tempo em que a prova envolverá a todos. A marca da besta nos será recomendada com insistência. [...] Nesse tempo, o ouro será separado da escória na igreja. [...] A palha, como nuvem, será levada pelo vento, mesmo de lugares onde só vemos ricos campos de trigo. Todos os que se apoderam dos ornamentos do santuário, mas não se acham vestidos com a justiça de Cristo, aparecerão na vergonha da sua nudez. — Testemunhos para a Igreja, vol. 5, p. 81.


B. Quem sobreviverá às pragas e será trasladado na segunda vinda de Jesus? 1 Tessalonicenses 4:16 e 17; (Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; (17) depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.) Apocalipse 14:4. (Estes são os que não estão contaminados com mulheres, porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vai. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro.)
Ninguém, a não ser os cento e quarenta e quatro mil, pode aprender aquele canto, pois é o de sua experiência [...] e nunca ninguém teve experiência semelhante. [...] Estes, tendo sido trasladados da Terra, dentre os vivos, são tidos como as “primícias para Deus e para o Cordeiro.” (Apocalipse 14:4). — O grande conflito, p. 649.


  1. RECAPITULAÇÃO E REFLEXÃO INDIVIDUAL SEXTA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO.


1. Que tipo de proteção Deus oferece contra as pragas, e como você pode tê-la?

2. Como podemos estar preparados para receber o selo?

3. Como o remanescente se relaciona com o pecado ao seu redor, dentro e fora da igreja?

4. Você se sente seguro com a promessa de Deus de prepará-lo para o fim?

5. Como a visão de Deus do joio e do trigo é diferente da nossa?

Rua: Tenente Serpa, 976 - Novo Progresso, Contagem - MG, 32115-180. Site: www.igrejanovoprogresso.com.br


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal