O agricultor e a Serpente Aquele que espera pela gratidão de um ingrato é duas vezes tolo Um agricultor



Baixar 9,71 Kb.
Encontro28.10.2017
Tamanho9,71 Kb.
O Agricultor e a Serpente

Aquele que espera pela gratidão de um ingrato é duas vezes tolo...



Um agricultor, homem simples do campo, caminhava pela sua pequena propriedade numa bucólica manhã de inverno a examinar seu plantio, quando, sobre o chão ainda coberto pela neve da noite anterior, viu uma Serpente que jazia completamente enrijecida e congelada pelo intenso frio.

E embora soubesse o quanto aquela Serpente poderia ser mortal, ainda assim, comovido pelo estado da pobre criatura, pegou-a com cuidado, e com a intenção de aquecê-la e salvar sua vida, colocou-a no bolso do seu casaco.

E em pouco tempo, a Serpente, aquecida naquele confortável ambiente que a protegia do frio, foi recuperando suas forças. Ao sentir-se viva outra vez, colocou a cabeça para fora do bolso do sobretudo daquele homem que lhe salvara a vida e mordeu seu braço. E ao sentir a inesperada picada, o lavrador logo se deu conta da gravidade daquele ferimento. E caindo desfalecido pelo efeito do mortal veneno, sabia que apenas poucos minutos de vida lhe restavam.

E em seu último suspiro, ergueu com dificuldade a cabeça, e disse: “Aprendi com o meu trágico destino, que nunca deveria apiedar-me de alguém que por natureza já nasceu mau...”
Moral da História: Do ponto de vista de um ingrato, não há boa ação que o favoreça, nem benfeitor que o apeteça...

Moral da História 2: Maldade de berço não se corrige com rezas nem terço...

Autor: Site de Dicas, Esopo [1] 10 de Dezembro de 2015

1-Marque (V) para efeitos de sentidos pertinentes ao texto-discurso e (F) para efeitos de sentidos inapropriados: a-( ) percebe-se uma crítica à ingratidão; b-( ) percebe-se uma concepção de que o mundo se divide em pessoas boas e pessoas más; c-( ) percebe-se uma concepção de que devemos fazer o bem e não olhar a quem; d-( ) percebe-se uma concepção de que a caridade nem sempre compensa; e-( ) percebe-se uma lamentação perante aqueles que não possuem reconhecimento do bem praticado; f-( ) percebe-se uma visão de que pessoas nasceriam más e seriam incorrigíveis; g-( ) percebe-se uma fé na regeneração humana; i-( ) percebe-se uma visão religiosa cristalizada na personagem Serpente, fazendo-a parecer-se com a mesma Serpente bíblica que teria desvirtuado Eva e Adão do caminho do BEM; j-( ) percebe-se uma moral que sugere afastar-se de supostas pessoas más; k-( ) percebe-se uma defesa de que devemos sempre estar alertas aos possíveis perigos do mundo

2-O texto-discurso pertence ao gênero textual: a-( ) conto; b-( ) crônica; c-( ) sermão religioso; d-( ) fábula

3-No texto-discurso, há uma oposição política a qual tipo de visão de mundo: a-( ) oposição aos que praticam a caridade; b-( ) oposição aos que acreditam no bem; c-( ) oposição aos que não ficam atentos à periculosidade de algumas situações; d-( ) oposição aos ingênuos

4-Marque a única alternativa que não simbolizaria, de forma alguma, a personagem SERPENTE: a-( ) simboliza o perigo; b-( ) simboliza o mal; c-( ) simboliza a ingratidão; d-( ) simboliza a caridade

5-Marque a única alternativa que não simbolizaria, de forma alguma, o personagem AGRICULTOR: a-( ) caridoso; b-( ) ingênuo; c-( ) precavido; d-( ) imprudente

6-Em “uma Serpente que jazia completamente enrijecida”, a palavra destacada pode ser substituída por qual outra expressão sem alterar significativamente o sentido do texto?

7-No primeiro parágrafo, quais adjetivos qualificam-caracterizam o estado NEGATIVO da SERPENTE: a-( ) simples e bucólica; b-( ) enrijecida e congelada; c-( ) pequena e congelada; d-( ) enrijecida e intenso

8-No primeiro parágrafo, qual adjetivo caracteriza NEGATIVAMENTE a palavra frio: a-( ) enrijecida; b-( ) congelada; c-( ) intenso; d-( ) bucólica



9-A que ou a quem se referem as palavras ou expressões sublinhadas no texto-discurso?

10-A fábula é moralista e sugere ao leitor que algumas pessoas seriam más por natureza. Você concorda ou discorda de que algumas pessoas seriam mesmo más por natureza e nunca mudariam para melhor? Produza um texto-discurso opinando sobre essa questão. Dê um título.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal