Missões: o reino em Movimento



Baixar 11,51 Kb.
Encontro04.01.2017
Tamanho11,51 Kb.
Missões: O Reino em Movimento

Atos 1.6-11



O REINO DE DEUS. EIS A RAZÃO principal da vida e ministério de Jesus Cristo. Em suas parábolas, seus ensinos, seus exemplos, na própria essência da sua missão, vemos o reino de Deus como questão central e objetivo primordial da sua pregação e obra. Jesus falou sobre o Reino muitas vezes; A palavra Reino, no grego (Basileia) é citada 119 vezes nos evangelhos e 2x em Atos por Jesus. Implantar esse reino, que não é deste mundo, constitui a obstinação de Jesus até hoje. Cremos que, em comparação com a importância dada ao reino por Jesus, em geral temos falado pouco, estudado pouco, e entendido pouco do reino de Deus. Mas o que é o reino de Deus? Como ele se manifesta? O que é preciso fazer para entrar nele? Uma das definições mais simples, porém mais elucidativas, coloca o reino de Deus como “todo ambiente onde Deus reina”.(O Reino entre nós)

Onde quer que a vontade de Deus esteja sendo cumprida, aí se manifesta o reino de Deus. Alguém já disse que o inferno é uma confusão por ser um reino de muitas vontades. Mas, no reino de Deus, só há lugar para uma vontade: a do Rei.

Os discípulos caminharam com Jesus, eles caminharam com Jesus vivo e depois 40 dias ressurreto (3) e ainda sim nas ultimas palavras do Mestre, eles questionam sobre as coisas desse reino, dessa era.

Os discípulos continuaram preocupados com as coisas desse tempo e não sabiam o que fariam.



EU FAÇO PARTE DO REINO!

Antes de dar sequência e falar sobre o Reino de Deus, gostaria de saber se você já faz parte. No versículo (5) Jesus alerta os discípulos sobre o batismo. Sei que você faz parte da igreja, mas pode ser que você não entendeu a importância do batismo, apenas ficamos preocupados com as responsabilidades que teremos com a “igreja local” se tomar essa decisão. O batismo de João selava o arrependimento, o do Espirito encheu a igreja no Dia de Pentecostes e sela o crente de todas as raças e nações, no corpo de Cristo, que é o sentido amplo de Igreja. (ICo 12.13, Gl 3.27-28)



RESTAURAÇÃO DO REINO (6)

Entendendo nossa participação no Reino de Deus, até ficamos bravos com o questionamento dos discípulos. É claro que para nós e fácil entendermos isso. Afinal eles não tinham a bíblia como temos hoje. Mas na cabeça dos discípulos eles ainda acreditavam na independência politica de Israel, por um descendente de Davi.

Jesus responde não lhes compete saber o tempo. (Mt 24.36)

PODER DO REI, PARA FAZERMOS MISSÕES.

Jesus nos gabarita, nos autoriza, permite que sejamos aqueles que terão o Poder vindo da parte Dele. Sem o poder de Deus não acontecerá por completo à expansão do Reino.

Os discípulos não compreendiam que com a ida do mestre, eles teriam alguém que daria a eles poder.

- Sem o Espirito não há poder milagroso (dunamis);

- Sem poder não há testemunho eficaz;

- Sem testemunho não há avanço até os confins da terra;

- Sem tal avanço Cristo não voltará para estabelecer seu Reino;

E logo depois de 10 dias eles começaram a vivenciar o que Jesus havia predito (Atos 2) Jerusalém é evangelizada, 1.12-7.60. Judeia e Samaria são atingidas, 8.1-40. O evangelho avança sem parar por terras gentias até Roma. 9.1-28.31.



A expansão do reino, e esses testemunhos não pararam em Atos.

Em 1519 o Reino continuou em movimento com um Jovem alemão que Deus levantou e fixou suas 95 teses libertadoras para todos que eram manipulados por uma religião mentirosa. Movimento esse que deu se o nome de Reforma Protestante, por essa reforma o evangelho chegou de maneira limpa até nós.



Poderia citar diversos avivalistas por aqui, como;

Jonathan Edwards,13h orando e lendo a palavra (Indios) (1703 - 1758) John Wesley,Metódico para estudar a palavra(1703-1791), Charles G. Finney,Se converteu aos 29 anos e marcou sua época com seu ensino(1792-1875), Charles H. Spurgeon, converteu com 17 anos e logo se tornou pastor, treinador (1834-1892), Dwight LymanMoody, se converteu na EBD, e foi um avivalistas de sua era (1837 - 1899), Willian Joseph Seymour,Ele era caolho, analfabeto e negro. Suas mensagens sempre tratavam da regeneração, santificação, cura divina e batismo no Espírito Santo, com a evidência do falar em outras línguas. A unção do Espírito Santo era derramada sobre as pessoas, que manifestavam convicção pelas verdades bíblicas, sincero desejo de ter uma vida santa. Elas eram batizadas com o Espírito Santo, falavam em novas línguas, profetizavam e cantavam hinos espirituais. “Azusa”(1906), ....homens que levaram a serio a expansão do Reino e o verdadeiro evangelho

Conclusão

O Senhor nos chama hoje, nos convida a sermos missionários (que levam o Reino com nossa vida) a todos lugares, em nossas casas em nosso trabalho, ou um chamado especifico. Mas não perca a oportunidade, hoje o Senhor deseja levantar homens e mulheres. Que levem a sua palavra que expandem o Reino de Deus. Eu desejo ser esse avalista, quero ser esse missionário, quero ser esse servo.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal