Migrando o carisma de sion no congo



Baixar 1,56 Mb.
Página1/4
Encontro25.08.2018
Tamanho1,56 Mb.
  1   2   3   4

MIGRANDO O CARISMA DE SION NO CONGO

Segunda semana em Kananga

Do 23 ao 30 de julho 2017

Depois de uma primeira semana de viagem, de descoberta, de adaptações e de belos encontros, eis-nos prontos para iniciar nossa sessão de formação bíblica na CASA DE SION KANANGA. Esta casa é cuidada o ano todo por um simpático casal : Norbert e Ortense, pais de dez filhos. Esta casa é administrada por Thérèse e uma equipe de amigos de Sion coordenada por ela. Ela se encontra no bairro administrativo de Kananga, muito calmo e próxima das vias de acesso à cidade. O ambiente geral agora é muito calmo e nós nunca nos sentimos com falta de segurança. Entretanto, nós encontramos nossos amigos e a população do Kasai central, traumatizados por todos estes últimos meses passados numa guerra que não afirma seu nome. As narrações que recebemos espontaneamente sobre a loucura bárbara são terríveis e nos dão a conhecer imagens insuportáveis.


PRIMEIRO DIA  : Segunda, 24 de julho de 2017
Grande emoção à nossa chegada, todos acolhidos na cabana onde éramos recebidos com uma cerimônia de boas vindas : dansas, cantos e ovações oferecidas com grande generosidade. Sylvain, um fiel à Sion há dez anos, declamou um discurso minuciosamente preparado. Cada palavra foi delicadamente escolhida para tocar o coração dos visitantes de honra : « Vossa visita, para nós, é uma consolação, uma compaixão neste patético momento onde nossas feridas não estão ainda totalmente cicatrizadas, o traumatismo e os horrores da guerra estão ainda vivos em nossas memórias... Na Africa, nestas circunstancias, as músicas e dansas são dotadas de um poder mágico que distancia o medo e a tristeza, mas aproxima a alegria, a vida, o esquecimento, o reconforto, a decompressão... Eis porque, nós somos e seremos muitos alegres até o dia de vossa volta. Nós ficamos cheios de orgulho e muito contentes. Inclusive, como se diz em nosso país, « quem vos visita vos honra ! »

Antes da missa de abertura da Sessão, presidida pelo nosso irmão brasileiro, Ilario, uma magnifica mistura de nomes e sobrenomes nos foi oferecida. Nestes tempos difíceis, nossos amigos fizeram uma « vaquinha » para nos oferecer um presente artesanal. Grande gratidão que nos toca profundamente ! As 10hs, quatro grupos de estudos foram formados, dividindo os participantes entre crianças, adolescentes, adultos iniciantes e adultos já experientes nos estudos. Os dias foram ritmados pelas refeições em comum, entre 13hs-15h30 para que nossos amigos tivessem o tempo necessário para voltar para suas casas antes da caída da noite, pois suas residências estavam situadas há 1h30 de caminhada à pé. Nos descobrimos admirados a organização da preparação e da distribuição das 140 refeições preparadas e servidas. Marie, Anto, Jacqueline e Ortense fazem milagres: arroz e feijão sempre estavam no menu !

  1   2   3   4


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal