Messias e heróIS: a ressignificaçÃo do messianismo popular na comunidade joanina1



Baixar 138,84 Kb.
Página3/3
Encontro06.09.2018
Tamanho138,84 Kb.
1   2   3

Referências

BALANDIER, Georges. O Poder em Cena. Tradução de Luiz Tupy Caldas de Moura. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1980.


BROWN, Raymond E. A comunidade do discípulo amado. Tradução de Euclides Carneiro da Silva. São Paulo: Paulinas, 1983.
CAMPBELL, Joseph. O poder do mito. Tradução de Carlos Felipe Moisés. São Paulo: Palas Athena, 1990.
CROSSAN, John Dominic; REED, Jonathan L. Em busca de Paulo: como o apóstolo de Jesus opôs o Reino de Deus ao Império Romano. Tradução de Jaci Maraschin. São Paulo: Paulinas, 2007.
CULLMANN, Oscar. Cristologia do Novo Testamento. Tradução de Daniel Costa e Daniel de Oliveira. São Paulo: Liber, 2001.
ECHEGARAY, Hugo. Anunciar el Reino: seleción de artículos. Lima: Centro de Estudios y Publicaciones (CEP), 1981.
FERREIRA, Joel Antônio. Paulo, Jesus e os marginalizados: leitura conflitual do novo testamento. Goiânia: Ed. América, 2009.
______. Jesus na origem do cristianismo: os vários grupos que iniciaram o cristianismo. Goiânia: Ed. Da PUC Goiás, 2012.
FOUCAULT, Michel.  Outros espaços. In: Manoel Barros da Motta. (Org.). Estética: literatura e pintura, música e cinema. Tradução de Inês Autran Dourado Barbosa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009. p. 411-422.
GILES, Glenn W. Messianic movements of the first century. Indiana : Trinity Theological Seminary, 2002.
GUERRA, Danilo Dourado. O Reino de Deus e o mundo dos homens: em busca da heterotopia joanina. Dissertação de Mestrado: PUC/GO, 2015.
HABERMANN, Ruth. Gospel of John: spaces for women. In: SCHOTTROFF, Luise; WACKER, Marie-Theres. Feminist Biblical Interpretation: a compendium of critical commentary on the books of the bible and related literature. Cambridge: William B. Eerdmans Publishing Company, 2012, p. 662-679.
HORSLEY, Richard A; HANSON, John S. Bandidos, profetas e messias: movimentos populares no tempo de Jesus. Tradução de Edwino Aloysius Royer. São Paulo: Paulus, 1995.
______; SILBERMAN, Neil Asher. A Mensagem e o Reino: como Jesus e Paulo deram início a uma revolução e transformaram o mundo antigo. Tradução de Barbara Theoto Lambert. São Paulo: Loyola, 2000.
______. Jesus e o Império: O Reino de Deus e a nova desordem mundial. Tradução de Euclides Luiz Calloni. São Paulo: Paulus, 2004.
KIERKEGAARD, Sören. Temor e Tremor. Tradução de Maria José Marinho. São Paulo: Abril, 1984.

KONINGS, Johan. "Meu reino não é deste mundo": de que se trata? Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana, Petrópolis; São Leopoldo, n. 17, p. 54-64, 1994.



______. Evangelho segundo João: amor e fidelidade. Petrópolis: Vozes; São Leopoldo: Sinodal, 2000.
MARTYN, J. Louis. History & Theology in the Fourth Gospel. Nasville: Abingdon, 1979a.
PIETRANTONIO, Ricardo. El Mesías Asesinado: el mesías Bem Efraim em el Evangelio de Juan. Buenos Aires: el autor, 2004.
RIBEIRO, Ari Luís do Vale. Jesus e os movimentos messiânicos. Revista de CultuRa teológiCa - v. 17 - n. 66 - Jan/MaR 2009. P. 27-54.
RICHARD, Pablo. Chaves para uma re-leitura histórica e libertadora: Quarto Evangelho e Cartas. Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana. Petrópolis, v.1, n.17, p. 7-26, 1994.
RICHTER REIMER, Ivoni. O belo, as feras e o novo tempo. São Leopoldo; Petrópolis: CEBI; Vozes, 2000.
______. Terra, relações de poder e mulheres: realidades, símbolos e sonhos no contexto do Novo Testamento. Caminhos, Goiânia, v.1, n.1, p.55-68, jan./jun. 2003.
______. Construção de heterotopias socioculturais nas obras de comunidades judaico-cristãs. Caminhos. Goiânia, v. 3, n.1, p. 113- 122, jan./jun. 2004.
______. Grava-me como selo sobre o teu coração: teologia bíblica feminista. São Paulo: Paulinas, 2005.
RODRÍGUEZ, Mario Roberto Solarte. Guerra justa y resistencia noviolenta* Elementos para una narrativa teológica de la violencia y la noviolencia. Theologica Xaveriana, Bogotá, v. 59/1, n. 167, p. 215-250, 2009.
ROTH, Cecil. “Simon bear Giora, Ancient Jewish Hero.” Commentary 29, 1960. p. 52-58.
SANTOS, Suely Xavier dos. Milton Schwantes: a messianidade vai
tomando forma de cruz! Revista Caminhando. São Paulo, v. 17, n. 2, p. 47-54, jul./dez. 2012.
SCHÜSSLER FIORENZA, Elisabeth. Jesus e a política da interpretação. Tradução de Adail Sobral. São Paulo: Loyola, 2005.
SCHWANTES, Milton. Uma promessa de Dinastia para Davi
na Ótica de Jerusalém: anotações sobre Messianismo e Davidismo em 2Samuel 7. Revista de Cultura Teológica . São Paulo, v. 16 , n. 63, p. 9-32, abr./jun. 2008a.
______. O rei-messias em Jerusalém: Observações sobre o messianismo davídico nos Salmos 2 e 110. Revista Caminhando. São Paulo, v.13 , n. 21, p.19-29, jan./jun.2008b.
______. “E de suas raízes um renovo trará fruto”: o messias no Espírito em defesa dos pobres em 11.1-5 (.6-9). Revista Caminhando v. 14, n. 1, p. 15-21, jan./ jun. 2009.
STEGEMANN, Ekkhard W; STEGEMANN, Wolfgang. História social do protocristianismo: os primórdios do judaísmo e as comunidades de Cristo no mundo mediterrâneo. Tradução de Nélio Schneider. São Leopoldo: Sinodal, 2004.
STEGEMANN, Wolfgang. Jesus e seu tempo. Tradução de Uwe Wegner. São Leopoldo: Sinodal/EST, 2012.
TEPEDINO, Ana Maria Azevedo Lopes. Espiritualidade e ética: Jesus Cristo e a História da Comunidade joanina. Tese de Doutorado: PUC/RJ, 1993.
THEISSEN, Gerd. O Novo Testamento. Tradução de Carlos Almeida Pereira. Petrópolis: Vozes, 2007.
WENGST, Klaus. Pax romana: pretensão e realidade. Tradução de Antônio M. da Torre. São Paulo: Paulinas, 1991.
VIDAL, Senén. Evangelio y Cartas de Juan: Génesis de los textos juánicos. Bilbao: Ediciones Mensajero, 2013.
ZABATIERO, Júlio Paulo Tavares. Construindo a identidade messiânica de Jesus: uma leitura sócio-semiótica de Marcos 1,1 - 3,35. Perspectiva Teológica. Belo Horizonte, v. 38, p.65-87, 2006.


1   2   3


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal