Marketing de moda



Baixar 3,71 Mb.
Página6/32
Encontro30.10.2016
Tamanho3,71 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   32

Slide 9: abordagem indiferenciada do mercado

No entanto, ainda no início do séc. XX, um concorrente sem muito peso para a Ford, resolveu experimentar uma estratégia arriscada e arrojada para se fixar no mercado. Embora sem o tamanho e a participação de mercado da Ford, a General Motors resolveu lançar carros em cores diferentes do preto. Mesmo não sendo muito racional do ponto de vista do modelo industrial vigente até então, essa alternativa agradou aos clientes, que se dispuseram até a pagar mais pela novidade. Resultado: em pouco tempo a General Motors não só alcançou a Ford, como a ultrapassou definitivamente, tornando-se líder mundial do setor, posição que só agora foi perdida para a japonesa Toyota.

O que a General Motors fez, se chama diferenciação. Nessa abordagem, a empresa agrega um diferencial ao seu produto. Aquele conjunto de clientes que percebem nesse diferencial um atributo de valor, com certeza estará mais propenso a adquirir o produto, mesmo pagando um pouco mais. No ramo da moda isso é muito comum. Desde um design diferenciado, até um acessório a mais na peça, é muito comum as empresas do setor adotarem essa abordagem.

Note-se que na abordagem da diferenciação a empresa assume que as preferências e valores dos clientes não são homogêneos. Porém, nessa abordagem a lógica ainda é a empresa primeiramente pensar naquilo que é conveniente para ela oferecer como diferencial. Isso denota um pensamento anterior à “Era do Markerting”2. Some-se a isso o fato de que o objetivo da empresa era atingir o máximo possível de consumidores.




1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   32


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal