International Public Sector Accounting Standards Board®



Baixar 1,06 Mb.
Página6/8
Encontro14.09.2018
Tamanho1,06 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8

Observação: os projetos em laranja representam os atuais projetos em andamento do IPSASB, os projetos em azul representam os propostos para adição ao Plano de Trabalho 2019-2023. As barras representam o tempo esperado de conclusão de todos os projetos em andamento e o início e conclusão esperados para novos projetos.

Embora se pretenda que a Estratégia e o Plano de Trabalho permaneçam em vigor durante o período de 2019-2023, o IPSASB está consciente de que novas questões relacionadas às informações contábeis podem emergir durante esse período, e que precisará rever as prioridades à luz do progresso e das prioridades em evolução. Portanto, planeja realizar uma consulta pública de escopo limitado durante o ano de 2020, a fim de obter contribuições externas para sua própria consideração em andamento sobre esses assuntos. Em particular, o IPSASB pode considerar o acréscimo de um projeto específico do Tema C à luz dos desenvolvimentos no período intermediário, a prioridade relativa em relação a outros projetos potenciais sob os Temas Estratégicos A e B e os recursos disponíveis.

Matéria específica para o Comentário 6



Existe algum projeto no Anexo A que você acredita que deveria ser adicionado ao Plano de Trabalho 2019-2023 no lugar de um projeto atualmente proposto?

Se você acredita que quaisquer dos projetos do Anexo A devem ser adicionados, explique suas opiniões sobre por que o projeto deve ser incluído, qual projeto proposto não deve ser iniciado e as suas razões.
Aumento da conscientização acerca das IPSAS

e dos benefícios de sua adoção

O IPSASB vê o trabalho relacionado à conscientização sobre as IPSAS e os benefícios da adoção pelo acréscimo como uma contribuição crítica para a reforma da Gestão de Finanças Públicas (PFM). Dada a complexidade do panorama da PFM e das suas próprias limitações de recursos, a visão do IPSASB é que a construção de relacionamentos com aqueles que trabalham neste espaço e o engajamento em seu trabalho é a maneira mais eficaz de promover a utilização das IPSAS em projetos de reforma da PFM. O IPSASB irá, portanto, monitorar ativamente o trabalho de outros na seara da PFM e procurar oportunidades apropriadas para apoiar seu trabalho nos níveis internacional, regional e local através de seus Membros, Assessores Técnicos, Funcionários e Ex-membros.

O IPSASB reconhece que, em algumas jurisdições, a experiência em contabilidade do setor público necessária para implantar as IPSAS é limitada. Além disso, é um desafio contínuo garantir que aqueles que utilizam as normas entendam as informações que estão sendo fornecidas. O IPSASB responde a esses desafios por meio de suas atividades de divulgação que visam influenciar outras pessoas que trabalham no espaço mais amplo da PFM para garantir que as atividades sejam coordenadas e as necessidades das jurisdições sejam consideradas.

Tema D: Promover a adoção e implementação das IPSAS



O panorama da reforma da PFM dentro de cada jurisdição é complexa, e o papel do IPSASB é mais limitado do que o de outros grupos, conforme demonstrado na tabela abaixo.

Tipo de suporte

Pessoal da entidade

Consultores / Contratados

Organizações supranacionais e regionais

IPSASB

Promoção









Orientação técnica










Financeiro











Prática/Técnica










Desenvolvimento de capacidade











Promoção

Os recursos do IPSASB limitam até que ponto ele pode promover as IPSAS em cada jurisdição. No entanto, tem um programa ativo de divulgação focado em palestras e em conferências e reuniões importantes em apoio aos implementadores locais. Dada a recente dinâmica global na adoção das IPSAS e indicações de que esse ímpeto continuará no período 2019-2023, é importante que o Presidente, os Membros, os Assessores Técnicos e a Equipe do IPSASB continuem seu programa de divulgação e engajamento para apoiar os esforços:

  • Daqueles que estão avaliando a adoção e implementação;

  • Daqueles que já estão no processo de adoção e implementação; e

  • Daqueles que já adotaram e implementaram.

O envolvimento direto é fundamental porque, dependendo de seu progresso na adoção, as necessidades dos membros diferem.

As atividades de divulgação do IPSASB na promoção da adoção e implementação também apresentam uma oportunidade para aprender sobre questões que são importantes para os usuários. Este importante mecanismo de feedback pode identificar questões específicas do setor público e áreas para convergência das IFRSs adicionais ou outras necessidades mais amplas da informação contábil que devem ser abordadas no futuro.

Orientação técnica

O IPSASB atualizou recentemente sua IPSAS de Regime de Caixa, que estabelece os requisitos para entidades do setor público que elaboram informações sob regime de caixa, a fim de remover os obstáculos à adoção encontrados na prática. Ao fazê-lo, também esclareceu que vê as IPSAS de Regime de Caixa como um passo no caminho para a adoção do regime de competência, em vez de um fim em si mesmo.

A fim de apoiar a adoção do regime de competência, o IPSASB emitiu o Estudo 14: Transição para Contabilidade em Regime de Competência: Guia para Entidades do Setor Público. O Estudo 14 é uma ferramenta prática para ajudar nos desafios comuns encontrados na transição para o regime de competência e baseia-se nas experiências de jurisdições que já passaram pela transição. Desde a publicação da versão atual em 2010, o IPSASB propõe que seja atualizado para refletir as mudanças no conjunto de padrões IPSAS, bem como para incluir exemplos de melhores práticas de experiências recentes daqueles que estão em transição paro IPSASs com base em competências.

O IPSASB aumentou recentemente o seu nível de apoio à implementação de novas IPSAS através de:

  • Elaboração de resumos "Em Poucas Palavras" (At-a-Glance) para todas as publicações e pronunciamentos relevantes das IPSAS;

  • Fornecimento de webinars sobre consultas relevantes e pronunciamentos finais;

  • Publicação de um Manual anual, que é um ponto único para todos os pronunciamentos atuais do IPSASB;

  • Divulgação de publicações sobre Perguntas e Respostas da Equipe (P & A), destacando aspectos do conjunto de normas do IPSASB que são relevantes para a implementação, como as recentes perguntas e respostas sobre a Materialidade; e

  • Criação de materiais de treinamento, bem como entrega de atividades limitadas de treinamento para apoiar o entendimento das IPSAS.

Tema E: Defendendo os benefícios do regime de competência no fortalecimento da Gestão de Finanças Públicas (PFM)
A mudança para as IPSAS oferece muitos benefícios, incluindo a contribuição para a entrega das Metas de Desenvolvimento Sustentável. A fim de maximizar esses benefícios, o IPSASB acredita que a informação baseada em regime de competência deve ser utilizada para o maior número possível de propósitos. A Figura 3 ilustra os vários usuários em potencial e a variedade de usos para as informações de competência em PFM.

1   2   3   4   5   6   7   8


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal