Inovação em Sustentabilidade Social dores do indaiá – caracterizaçÃo geral



Baixar 3,35 Mb.
Página1/20
Encontro14.09.2017
Tamanho3,35 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   20


Inovação em Sustentabilidade Social

DORES DO iNDAIÁ – CARACTERIZAÇÃO GERAL
Dores do Indaiá localiza-se na região centro- oeste de Mg, possui uma população de 13.781 habitantes, basicamente concentrados no perímetro urbano, e uma densidade demográfica de 12,41 hab/km², densidade menor do que a média de Minas Gerais. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,752 considerado médio e menor que a média de Minas Gerais e do Brasil.

O município também possui algumas organizações sociais, como a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), o Conselho Tutelar, o asilo municipal, projetos esportivos com foco social que tem funções fundamentais em suas áreas de atuação para as pessoas do município.

O desenvolvimento econômico da cidade da sua emancipação político-administrativa até alguns anos atrás esteve pautada na pecuária leiteira, nas atividades do campo propriamente dito.

Atualmente, as principais atividades econômicas de Dores do Indaiá são as atividades relacionadas ao comércio e serviço, como os serviços bancários, de supermercados, lojas de materiais de construção, de eletrodomésticos, lojas de vestimenta, farmácias, além é claro, de bares, restaurantes e hotéis. Esses estabelecimentos se concentram na região central, principalmente na Avenida Francisco Campos e ao seu redor, sendo essenciais para o desenvolvimento econômico do município.

Maior parte dos jovens emigram para buscar oportunidades melhores, pois a população recebem apenas um salário mínimo.


HistóriA da Escola
O Povo de Dores do Indaiá, por seus representantes, decreta, e Tiburtino José da Silva, Prefeito Municipal, sanciona e promulga a Lei Municipal, nº. 714, de 06 de mil metros quadrados, para construção de uma Escola, que atendesse à população dos Bairros Rosário e Juiz de Fora.

A Escola Estadual “Mestre Tonico” foi criada pelo Decreto nº. 7.565 de 24 de Abril de 1964, assinado pelo então Governador Dr. José Magalhães Pinto e pelo chefe de Departamento de Ensino Primário, Dr. Antônio José Ribeiro. Originou-se de 07 (sete) classes estas, que funcionava no Prédio do Pré-Seminário São Rafael.

A Escola recebeu o nome de “Mestre Tonico” em homenagem ao grande mestre da nossa história, Antônio Nelson de Moura.

Aos 06 (seis) dias do mês de maio de 1964 às 17 horas procedeu-se a instalação do referido Grupo Escolar “Mestre Tonico” em uma das salas do Pré-Seminário São Rafael.

Em 10 de julho de 1964 a Escola mudou-se para Sede própria de Construção metálica e com capacidade para 200 alunos, situada à Praça dos Mineiros, nº. 381, nesta cidade de Dores do Indaiá.

Em 1980, a Prefeitura Municipal, na pessoa do Sr. Hugo de Souza Araújo, então Prefeito, doa mais alguns metros quadrados de terreno à Escola, podendo assim, iniciar a construção de um novo prédio. A Escola passa a ter quatro mil cento e noventa e dois metros quadrados de área utilizada.

Em 23 (vinte e três) de maio de 1981, no Governo do Sr. Francelino Pereira dos Santos, a Escola passa a funcionar na nova sede, Prédio moderno, equipado com amplas salas, cantina e instalações adequadas ao Ensino.

Em 1984, a Prefeitura Municipal, na pessoa do Senhor Prefeito Geraldo Marques da Silva, construiu na Escola a base para uma Quadra de Esportes.

Em 31 (trinta e um) de dezembro de 1998, passa a Rede Municipal de Ensino através da Resolução nº. 9.535/98, Lei Municipal nº. 1.858/97, passando a chamar-se Escola Municipal “Mestre Tonico” de Ensino Fundamental.

Com a mudança de Governo Municipal em 2001, a direção da escola também muda como também todo o corpo docente com a saída dos funcionários do Estado em adjunção. O corpo docente e todo o administrativo e funcional da escola são então

funcionários municipais.

A escola passa a funcionar em três (três) turnos oferecendo a Educação Infantil, Ensino Fundamental e a Educação de Jovens e Adultos na etapa do Ensino Fundamental. Em 09 de fevereiro de 2002, a Escola Municipal “Mestre Tonico” muda-se para prédio próprio, situado no Bairro Osvaldo Soares Costa, na Avenida Jonas Pires, nº. 100.


NIVEIS E MODALIDADES DE ENSINO oferecidas:

Ensino Regular:



  • Pré-escolar (1º e 2º período Educação Infantil)

  • Ensino Fundamental-Ciclo da Alfabetização, com duração de três anos de escolaridade (1°, 2 °e 3°ano)

  • Ensino Fundamental - Ciclo Complementar, com duração de dois anos de escolaridade (4° e 5° ano).

  • Os quatro anos finais do ensino fundamental (6 °ano. 7° ano, 8°ano, 9° ano)

  • Educação de Jovens e Adultos (EJA)

  • Curso Presencial com Avaliação no Processo

  • Ano Letivo: 200 dias

  • Número de Dias Semanais: 05




  • Horário de Funcionamento: 07:00 às 22:00

Período de funcionamento: Manhã – Tarde – Noite





    • Número de turmas período da manhã: 8

    • Número de turmas período da tarde: 9

    • Número de turmas período da noite: 6

    • Total geral de turmas: 22

    • Total geral de alunos: 465


Laboratório de Informática
Estamos em um momento em que a disseminação do computador na educação atingiu larga escala. Mas o impacto das mudanças que ele poderia provocar ainda não ocorreu, embora existam modalidades de uso cujos ambientes de aprendizagem informatizados podem contribuir para transformações. Uma das formas e o emprego do computador como ferramenta educacional com a qual o aluno resolve problemas significativos. Isso pode ocorrer, por exemplo, através do uso de aplicativos como processador de texto, planilha eletrônica, gráficos, sonoros, visuais com animações, multimídias, etc., que favoreça uma aprendizagem ativa-isto e, que propicie ao aluno a construção de conhecimentos a partir de suas próprias ações (físicas ou mentais). O aluno pode ainda fazer uso de outros recursos disponíveis, tais como redes de comunicação a distancia ou sistema de autoria,para construir conhecimento de forma cooperativa ou para a busca de informações.

Nessa abordagem o computador não e o detentor do conhecimento, mas uma ferramenta tutorada pelo aluno e que lhe permite buscar informações em redes de comunicação a distancia navegar entre nos e ligações, de forma não-linear, segundo seu estilo cognitivo e seu interesse momentâneo.


Dia: 30/03/07 – Inauguração do Telecentro de Informática, às 17 horas. A diretora deu início a solenidade agradecendo a presença de todos e convidando as autoridades presentes para comporem a mesa, agradeceu os esforços do Sr. Cleber, dorense, funcionário do Banco do Brasil, para que a escola conquistasse este Telecentro e comunicou a todos que oTelecentro terá o nome de uma ex-professora da escola Sra. Maria Antônia Moreira Zica que é mãe do Sr. Cleber. Após execução do Hino Nacional, o Senhor Prefeito Joaquim Cruz elogiou a conquista do Telecentro e falou de sua importância para a comunidade. O Gerente da Agência do B.Brasil de Dores esclareceu sobre os objetivos do banco em patrocinar o Telecentro, em seguida o Sr. Ivan também falou da importância do Telecentro. Todos foram convidados a irem até a sala de informática para ser cortada a fita inaugural, pela homenageada Sra. Maria Antônia. Para encerrar a diretora agradeceu a presença de todos e convidou para um coquetel.

ASSUNTO: DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ESTAÇÃO” MESTRE TONICO”, PLANO DE CURSO, PLANO DE AULA, FOTOS E TRABALHOS FEITOS PELOS ALUNOS NA ESTAÇÃO DIGITAL “MESTRE TONICO”, DORES DO INDAIÁ – MG.

Gostaria demonstrar satisfação e agradecer em nome de todos, os computadores recebidos pelo Banco do Brasil. Sabe-se que é um trabalho lindo e prazeroso, constatando-se no brilho nos olhos de cada criança, adolescente, pessoas adultas, da terceira idade e comunidade do bairro.

Sabe-se que o Projeto de Inclusão Digital cresce a cada dia no Brasil e a necessidade de incluir o cidadão, promovendo a sua inclusão no mundo DIGITAL independente da sua idade, nível sócio econômico ou raça é uma das metas do Governo Federal que conta com a contribuição de todos os envolvidos no processo.

Sou Coordenadora e Educadora Social na ESTAÇÃO, Pedagoga, Técnico em Informática e Pós - Graduada em Inspeção/Supervisão/Orientação (escolar) e idealizadora do projeto na escola. Trabalho com quase quinhentos alunos deste da data da Implantação do Telecentro na Escola em 2007.

As atividades são distribuídas para cada tipo de clientela conforme aptidões e ritmo de cada aluno.

Exemplo: Para crianças de sete anos, que estão iniciando, começa-se com atividades de jogos educativos com objetivo de aprender a clicar, coordenação motora com o mouse, a digitar, interdisciplinando conteúdos com outras disciplinas, português (atividades envolvendo leitura), (atividades envolvendo matemática) e mais. Também o Programa Paint que desenvolve a criatividade e comando executados em outros programas. “Para adolescentes aprofunda-se com conteúdos de informática. Para Comunidade do bairro: internet gratuita e curso de digitação e formatação de texto, etc. Para EJA – Educação de Jovens e Adultos, atividades interdisciplinar, teoria e prática/ informática.

Assim como Geografia, Religião, Artes, História e outras disciplinas, a Informática torna-se fundamental e complementa o Quadro Curricular da Escola (anexo) de forma muito útil, transformando-se a realidade local e social. É a única escola na cidade que possui Informática no Ensino Fundamental. Rompendo barreiras, as problemáticas e desigualdades nas camadas sociais.

Hoje, seis anos depois da implantação do projeto na escola, quase todos já possuem computadores em casa e sabem manusear o equipamento. Antes, cada dez alunos, apenas um tinha computador em casa e não sabiam ações simples como o ligar e desligar a máquina.

A disciplina Introdução à Informática veio para ficar, um projeto simples, mas, bastante Enriquecedor, com os trabalhos diários, estando incluída na Vida Escolar dos Alunos, no Histórico, Boletins de Notas e Diário de Classe. As atividades são acompanhadas através de relatórios gerados a cada dois meses e apresentados para o Coordenador Regional dos Telecentros, José Ivan Ferreira Coimbra, e-mail: ivancoimbra@bb.com.br e pela Diretora da Escola Fernanda Antunes de Queiroz Morais.

Na Estação “Mestre Tonico”, os alunos utilizam-se de editores de textos, Internet para pesquisas, programa paint, elaboram planilhas/ tabelas e gráficos, fazem curso de digitação, interagem-se com os jogos Educativos e on-line, correspondência digital através de sites de relacionamento (facebook), e-mail, MSN, contribuindo e fazendo do Telecentro uma extensão da sala de aula.

Sentimos seguros e amparados pelo sistema e a maneira eficaz de atendimento das ESTAÇÕES, ou melhor dizendo, que podemos contar com uma equipe de profissionais, que dedicam, interessam, buscam melhorias para um bom desenvolvimento, sempre objetivando o crescimento Social e de Políticas Públicas através do Projeto de Inclusão Digital. Assim, promovendo Cidadania e reduzindo as desigualdades Sociais.

Finalizo este relatório agradecendo por toda atenção de todos envolvidos nesse processo, que nos proporcionam nessa jornada muita linda, sabe-se que o Projeto não está em jogo só o profissionalismo e o saber, está

também em jogo à dedicação, o amor e a alegria de poder fazer pessoas felizes através da Inclusão Digital.

Segue em anexo fotos e alguns trabalhos desenvolvidos na ESTAÇÃO pelos alunos, visite também o site www.escolamestretonico.com.br, onde também encontrará mais atividades.

NOTÍCIAS





Mestre Tonico faz parte do "Sustentabilidade"

Postado em 05/07/2012

 

A utilização de Telecentros, como forma de proporcionar o uso e acesso à tecnologia da informação ganhou destaque durante roda de conversa da Rio +20 sobre Inclusão Digital, Social e Ambiental.   

O Programa do Governo Federal foi um dos pontos abordados no debate mediado pela diretora de Articulação e Formação da Secretaria de Inclusão Digital (SID) – do Ministério das Comunicações, Cristina Mori.



Boa notícia - A aplicação dessa Inclusão Digital já acontece na Escola Municipal Mestre Tonico, desde 2007. Com o projeto da Fundação do Banco do Brasil - de recondicionamento dos computadores das agências, cujo objetivo é o desenvolvimento sustentável, o Telecentro do “Mestre Tonico” foi contemplado com novos computadores.

Para instalação dos equipamentos, em 9 de junho, o técnico de informática  Mádson Oliveira, acompanhado  de.  José Ivan Coimbra, voluntário do Comitê de Inclusão Digital e Analista de Desenvolvimento Sustentável (ambos do BB de BH), estiveram para troca dos computadores.



As professoras Viviane Takaki (Informática), Sandra Ferreira (Coordenadora e também professora de Informática do Telecentro) e a diretora da escola, Fernanda Queiroz, acompanharam todo o processo e os novos computadores já estão em pleno uso nas aulas práticas, que agora estão mais ágeis e produtivas.


ESCOLA MUNICIPAL “ MESTRE TONICO”

Criada pelo Decreto 7565 de 24/04/1964

Av. Jonas Pires, 100 – Tel.: (37) 3551-1299

Osvaldo Soares Costa – CEP: 35610-000 – Dores do Indaiá-MG

Site: www.escolamestretonico.com.br

e-mail: secretaria@escolamestretonico.com.br

contato@escolamestretonico.com.br


  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   20


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal