Infidelidade conjugal michele melo reghelin



Baixar 0,84 Mb.
Página1/8
Encontro24.12.2016
Tamanho0,84 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8





UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA



UMA COMPREENSÃO PSICANALÍTICA ACERCA DA

INFIDELIDADE CONJUGAL

MICHELE MELO REGHELIN

Mestranda

São Leopoldo, 2011


UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS – UNISINOS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA
UMA COMPREENSÃO PSICANALÍTICA ACERCA DA

INFIDELIDADE CONJUGAL

MICHELE MELO REGHELIN
Dissertação de Mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduação em Psicologia, da

Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS – como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Psicologia Clínica.

Orientadora:

Profa. Dra. Silvia Pereira da Cruz Benetti

São Leopoldo, 2011

Ficha Catalográfica

R334c Reghelin, Michele Melo

Uma compreensão psicanalítica acerca da infidelidade conjugal / por Michele Melo Reghelin. -- São Leopoldo, 2011.
99 f. : il. ; 30 cm.
Com: artigo “Compreensão psicanalítica dos processos psíquicos associados à infidelidade conjugal”
Dissertação (mestrado) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, São Leopoldo, RS, 2011.

Orientação: ProfªDrª Silvia Pereira da Cruz Benetti, Ciências da Saúde.


1.Infidelidade – Psicanálise. 2.Sexo (Psicologia). 3.Psicanálise. 4.Relações objetais (Psicanálise). 5.Amor. I.Benetti, Silvia Pereira da Cruz. II.Título.
CDU 176.6: 159.964.2

159.922.1

159.964.2

159.942


Catalogação na publicação:

Bibliotecária Carla Maria Goulart de Moraes – CRB 10/1252



MICHELE MELO REGHELIN


UMA COMPREENSÃO PSICANALÍTICA ACERCA DA

INFIDELIDADE CONJUGAL

Dissertação de Mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduação em Psicologia, da

Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS – como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Psicologia Clínica.

BANCA EXAMINADORA
Profa. Dra. Silvia Pereira da Cruz Benetti

(Orientadora)


Profa. Dra. Blanca Susana Guevara Werlang (PUCRS)

(Componente)


Profa. Dra. Andrea Seixas Magalhães (PUCRJ)

(Componente)


Profa. Dra. Elisa Kern de Castro (UNISINOS)

(Relatora)



Àqueles que,

mediante o desamparo e o sofrimento, confiam suas vidas “a um certo alguém”,

como forma de reencontrarem a si mesmos e trilharem novos caminhos.


AGRADECIMENTOS
Agradeço meus limites.

Não me suportaria infinito.

Os limites são vantagens”.

(Fabricio Carpinejar)

Chegado o fim desta construção, quero agradecer imensamente àqueles que contribuíram para o desenvolvimento desta dissertação de Mestrado:

Ao Santander Universidades pela concessão da bolsa de estudos parcial, incentivando assim o desenvolvimento de pesquisas científicas.

Ao Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Psicologia – Mestrado em Psicologia Clínica da Unisinos, através de sua coordenadora, Profa. Dra. Vera Regina Röhnelt Ramires, pelo importante trabalho desenvolvido.

À Dra. Silvia Pereira da Cruz Benetti, minha querida orientadora, por suas importantes contribuições teóricas, por sua atenção e pela pessoa sensível que é.

À Dra. Blanca Susana Guevara Werlang, Dra. Andrea Seixas Magalhães e Dra.Elisa Kern de Castro, pela cooperação e interesse em participar desta banca.

À Vanessa Andrea Rodrigues, da Secretaria das Ciências da Saúde da UNISINOS, pelo tempo dedicado a todos os alunos do PPG.

Às participantes deste estudo que, ao compartilharem suas histórias, colaboraram para o desenvolvimento da Psicologia.

À Astrid Elisabeth Muller Ribeiro, renomada psicanalista, pelo carinho e pelos questionamentos oportunizados.

À José Ottoni Outeiral, meu supervisor, pelo incentivo ao ingresso no Mestrado e na produção científica, além da profunda colaboração para a condução desta pesquisa.

À Roaldo Naumann Machado, ilustre psicanalista e mestre, pelas sábias contribuições freudianas acerca do tema.

À Ana Cláudia Meira, pelo cuidado no trabalho de revisão desta pesquisa.

A todos os amigos que “fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça”.

Em especial, as psicólogas Cristina Adriana Kern, Clarissa Machado Pessota e Márcia Liane Zart, pelo apoio na elaboração desta pesquisa.

Por último, mas não menos importante, à minha doce família: minha mãe Elisabete, meu pai João Luiz e minha irmã Elisangela, por terem me ensinado a amar.

Há sempre algo de ausente que me atormenta”.



(Camille Claudel)

SUMÁRIO


INTRODUÇÃO.................................................................................................................10
SEÇÃO I UMA COMPREENSÃO PSICANALÍTICA ACERCA DA INFIDELIDADE CONJUGAL......................................................................................14

1 INTRODUÇÃO..............................................................................................................14

1.1 A Psicanálise e as Vicissitudes do Amor...............................................................16

1.2 O Processo de Escolha Objetal – O Processo de Construção dos Vínculos Amorosos......................................................................................................................20

1.3 Infidelidade sob o Enfoque Psicanalítico...............................................................22

2 CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................26

REFERÊNCIAS................................................................................................................27





SEÇÃO II COMPREENSÃO PSICANALÍTICA DOS PROCESSOS PSÍQUICOS ASSOCIADOS À INFIDELIDADE CONJUGAL.......................................................30

1 INTRODUÇÃO..............................................................................................................30


1.1 Escolha Objetal, Complexo de Édipo e Narcisismo...............................................32


2 MÉTODO.......................................................................................................................35

2.1 Procedimentos........................................................................................................36

2.2 Análise dos Dados..................................................................................................37

3 RESULTADO E DISCUSSÃO......................................................................................38

3.1 Caso I: Lírio............................................................................................................38

3.2 Caso II: Azaléia......................................................................................................43

4 CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................48

REFERÊNCIAS................................................................................................................54


SEÇÃO III RELATÓRIO DE PESQUISA...................................................................57

1 INTRODUÇÃO..............................................................................................................57

2 INFIDELIDADE CONJUGAL: DEFINIÇÃO, CONTEXTO E PESQUISAS ............58

3 MÉTODO....................................................................................................................... 68

3.1 Delineamento do Estudo........................................................................................68

3.2 Participantes...........................................................................................................70

3.3 Procedimentos de Pesquisa....................................................................................71

3.4 Descrição da Ordem de Obtenção de Dados..........................................................71

3.5 Procedimentos Éticos............................................................................................72

3.6 Procedimentos de Coleta dos Dados......................................................................72

3.7 Procedimentos de Análise dos Dados....................................................................73

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO....................................................................................74

4.1 Estudos de Caso......................................................................................................74

4.2 Discussão Parcial do Caso I – Lírio.......................................................................74

4.3 Discussão Parcial do Caso II – Azaléia..................................................................81

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................88

REFERÊNCIAS................................................................................................................89
PALAVRAS FINAIS........................................................................................................91

REFERÊNCIAS................................................................................................................93

APÊNDICE A – Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.......................................99








RESUMO
Esta dissertação de Mestrado buscou estudar o tema da infidelidade conjugal sob a perspectiva psicanalítica, através de um entendimento teórico dos processos psíquicos associados a relacionamentos amorosos nos quais ocorrem episódios de infidelidade. Com base no referencial psicanalítico contemporâneo, através das contribuições de Otto Kernberg (1995a; 1995b), Lucinda Mitchell (2000) e Lawrence Josephs (2006), buscou-se compreender a partir dos vínculos amorosos os conflitos daí derivados. Então, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa. A partir das sessões de psicoterapia breve e dos resultados do Teste das Relações Objetais (Phillipson, 2008), realizou-se uma compreensão dinâmica de dois casos clínicos. Os resultados obtidos permitiram compreender que o comportamento infiel crônico deriva de questões pré-edípicas referentes à tentativa de evitar o aprofundamento do vínculo amoroso associado à experiência de perda dos objetos parentais primitivos. Espera-se, com este trabalho, fornecer subsídios para o aprimoramento teórico conceitual das questões amorosas, bem como para o trabalho clínico em psicoterapias psicanalíticas.
Palavras-chave: infidelidade conjugal. Amor. Relações conjugais. Psicanálise. Teste das Relações Objetais.
ABSTRACT
This Master thesis explores the subject of couple infidelity using psychoanalysis. It provides an in-depth comprehension of the psychological mechanisms involved on a loving-unfaithful couple relationship. Based on the contemporary works of Otto Kernberg (1995a, 1995b), Lucinda Mitchell (2000) and Lawrence Josephs (2006), conflicts derived from loving relationships are studied. A qualitative methodology was used to formulate a psychodynamic comprehension of two case studies. Data was obtained through psychoanalytical short term psychotherapy and through the results from Object Relations Test (Phillipson, 2008). The study identified that long term infidelity has its origins in pre-oedipal issues related to the avoidance of deepening the romantic relationship and to the frightening experience of losing primitive parental objects. This article aims at improving the theoretical framework to study loving relationships, as well as the clinical practice of psychoanalytical psychotherapy.
Keywords: couple’s infidelity. Love. Couple’s relationship. Psychoanalysis. ObjectRelations Test.

  1   2   3   4   5   6   7   8


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal