Homem e sociedade 1 Etnocentrismo pode ser definido como



Baixar 55,07 Kb.
Encontro30.12.2016
Tamanho55,07 Kb.
HOMEM E SOCIEDADE


1) Etnocentrismo pode ser definido como:

A) incapacidade de aceitar a lógica de uma cultura alheia como valida
B) capacidade de uma cultura superar as demais, aperfeiçoando seus elementos práticos e o conhecimento

C) transformação de uma cultura em algo estático, sem mudanças


D) característica fundamental das culturas humanas, que permite a comunicação humana
E) processo de modelagem do comportamento que nos torna membros de uma sociedade

2) O comportamento humano está intimamente associado com a presença da cultura. Sobre a importância desse fato, assinale a alternativa correta:

A) A cultura e o que garante que o ser humano evolua, por isso podemos encontrar alguns povos menos evoluídos que outros



B) a cultura garante que cada geração receba todo o conhecimento produzido anteriormente, por meio da educação e da comunicação, por isso não dependemos dos instintos para sobrevives

C) podemos afirmar que existe relação entre a diversidade cultural e o determinismo biológico

D) a cada geração a cultura evolui mais, garantindo ao ser humano quer nossos descendentes recebam um mesmo padrão biológico

E) a cultura esta associada com a capacidade de inteligência, por isso temos o fenômeno da diversidade cultural




3) Partindo da premissa que cada cultura tem lógica própria, e que os hábitos e técnicas de cada uma fazem parte d sua especificidade, podemos afirmar que:

A) todas são iguais em seu status cultural

B) ha superiores e inferiores em status cultural

C) as sociedades que acreditam em magia devem ser vistas como culturalmente primitivas

D) as sociedades que possuem muita tecnologia devem ser vistas como mais desenvolvidas culturalmente

E) as sociedades que não fazem parte do processo de globalização devem ser vistas como menos desenvolvidas culturalmente.
4) Entre as características de comportamento que servem para diferenciarmos o ser humano das demais espécies, podemos citar:

a) o uso dos instintos como modelo para estabelecer as regras de conduta coletiva

b) a evolução biológica superior a outras espécies, a presença do determinismo biológico, a imposição de condutas baseadas nas tradições e os hábitos biológicos.

c) A presença do livre-arbítrio, o crescimento do polegar opositor, a manipulação genética e a presença de determinismo biológico

d) as características inatas e as características instintivas.

e) o raciocínio, a linguagem, a construção e o uso de ferramentas, a postura ereta, a plasticidade de comportamento, o que significa que podemos modelar nosso comportamento conforme o contexto.
5) Sabemos que ao longo da história, quando as diferentes sociedades são colocadas em contato, acabam de alguma forma se influenciando culturalmente, ou seja, “trocam” ou adotam hábitos umas das outras. Com a chamada “globalização”, um dos efeitos sobre esse fenômeno é (são):

a) as diferentes culturas do mundo que não possuem mais nenhuma tradição ou originalidade, pois o efeito mais marcante da globalização foi homogeneizar as culturas, tornando-as todas idênticas.

b) as diferentes culturas do mundo que se fecharam para as possíveis influências externas, pois a globalização é um fenômeno econômico que impõe barreiras alfandegárias como forma de garantir o crescimento do mercado.

c) O fato de existir uma influência cultural maior dos países mais ricos sobre os mais dependentes economicamente, entretanto em nenhuma época histórica houve tanta aceitação de influências mútuas.

d) o fato de que antes da globalização os países mais tradicionais e mais dependentes influenciavam de forma mais intensa os países mais ricos e modernos; agora o que acontece é o inverso.

e) o fato de a globalização possibilitar o isolamento cultural dos povos mais tradicionais e aumentar o ritmo de mudança de hábitos nos países mais ativos economicamente no chamado “mercado global”.
6) Sabemos que a diversidade cultural desafia, desde o início, as explicações das Ciências Humanas. Uma delas defende que o meio físico – ambiente e clima – é determinante para os aspectos de uma cultura. A esse respeito, assinale a alternativa correta de acordo com a perspectiva da antropologia.

a) essa afirmação é correta, pois podemos perceber que existe um padrão cultural que corresponde a cada meio ambiente.

b) essa afirmação é correta, pois não existe outra forma de explicar que os povos de cultura superior são todos das regiões de clima mais frio, enquanto os povos de cultura inferior são todos das regiões de clima mais quente.

Essa afirmação é incorreta, uma vez que mesmo em climas frios temos algumas culturas que não se desenvolveram tanto.

d) essa afirmação é incorreta, pois o meio físico não é determinante para os aspectos de uma cultura; existem fatores mais importantes, como por exemplo, a raça.

e) essa afirmação é incorreta, pois apesar de ser um aspecto importante, o meio físico não determina os aspectos de uma cultura; podemos encontrar diferentes culturas em meios ambientalmente muito semelhantes.
7) Entre as características que encontramos em todas as culturas humanas, é correto apontar:

a) que em todas as culturas os crimes são punidos, bem como em todas as culturas a noção de justiça é equivalente; assim, os valores humanos sobre o que pode ser considerado crime são universais, não variam de uma cultura para outra.



b) que toda cultura é acumulativa, seletiva e dinâmica, o que significa dizer que recebemos uma herança cultural que pode ser transformada, bem como selecionamos os costumes e conhecimentos considerados mais importantes para a nossa época.

c) que é possível encontrarmos alguns traços absolutamente semelhantes e universais, como, por exemplo, as noções de beleza e feiúra e aquilo que é aceito ou reprovado como conduta social; apesar disso outros traços são particulares, de uma única cultura, como os hábitos de consumo de alimentos.

d) que as características básicas da cultura são a adaptação, a estrutura, a teoria cognitiva e os sistemas simbólicos.

e) que não é possível encontrarmos características semelhantes em nenhuma cultura humana.


8) “Existe uma tendência em julgar a cultura ou os hábitos e valores de outras culturas como piores, mais atrasados ou errados”. Essa tendência pode ser denominada de:

a) endoculturação

b) relativismo cultural

c) etnocentrismo

d) modelagem de comportamento

e) teorias modernas sobre a cultura.
9) Comparando o período anterior ao fenômeno da globalização cultural com os dias atuais e a principal diferença em relação à forma como os símbolos de cada cultura operam para influenciar seus indivíduos, é correto afirmar que:

a) antes da globalização os símbolos de uma cultura eram mais “enraizados”, ou seja, faziam parte do lugar em que um povo desenvolve seus costumes, e hoje eles estão mais “desenraizados”, ou seja, estão presentes em muitos lugares.

b) atualmente é mais difícil para uma pessoa de qualquer cultura ser influenciada por símbolos de outras culturas. Principalmente porque a intensificação das trocas por meio do mercado de consumo estimula apenas as tradições culturais.

c) com a globalização há uma troca cultural que iguala as culturas do mundo todo, e antes da globalização existia uma diversidade cultural maior.

d) como a criação e a transmissão dos símbolos são processos determinados geograficamente e biologicamente, a globalização não afetou a forma como eles influenciam os indivíduos.

e) a globalização colocou um fim ao multiculturalismo, pois intensificou a padronização cultural.
10) O ser humano possui inteligência e um aparelho psíquico que lhe dota das capacidades racionais e afetivas. Sabendo que essa afirmação está correta, podemos concordar que:

a) dentre as experiências que vivencia, o ser humano tem capacidade de saber exatamente o que é real e o que é projeção de seus próprios desejos e influências do meio, o tempo todo.

b) o real depende daquilo que cada indivíduo pensa que está acontecendo, pois é uma construção subjetiva, ou seja, da mente de cada um.

c) ao experimentar diferentes vivências, o indivíduo precisa refletir racionalmente sobre elas para entender o que faz parte de sua percepção, o que é real e o que é imaginação ou sentimentos.



d) todo o real é fruto de uma construção ao mesmo tempo individual e social, baseada em valores e símbolos construídos culturalmente.

e) a imaginação contamina sempre e em qualquer situação a percepção do real, por isso, a cada cultura o imaginário pessoal e social é diferente.


11) Analise as frases a seguir sobre os efeitos da cultura em nosso comportamento, e assinale a alternativa correta.
I – Ao adquirir a cultura, o homem deixa de agir de acordo com seu instinto natural.

II – A linguagem não é apenas uma forma de comunicação, mas tem relação com os significados que cada cultura atribui ao mundo.

III – A linguagem humana foi um processo de desenvolvimento por meio da cultura.

IV – O gosto e o comportamento do indivíduo são determinados pelo grupo que ele vive.

V – As condutas morais de cada indivíduo não dependem de sua cultura.


  1. todas as alternativas estão corretas

  2. estão corretas as afirmativas I, II e III

  3. estão corretas as afirmativas I, III e IV

  4. estão corretas as afirmativas I, III e V

  5. estão corretas as afirmativas I, II, III e IV


12) A capacidade de simbolização e criação pode ser associada à seguinte afirmação:

a) simbolizar significa acreditar em coisas que não estão presentes, que não são palpáveis.



b) a simbolização e a criação da cultura nos possibilitam pensar no que não está presente, e comunicar nossa experiência aos próximos.

c) simbolização é uma forma de garantir a evolução de nossa espécie, gerando uma prole cada vez mais adaptada a qualquer meio ambiente.

d) a criação cultural depende do criacionismo, que decorre de nossa imensa capacidade de simbolizar tudo que está à nossa volta.

e) aprender a simbolizar nos deu uma vantagem em relação às outras espécies vivas, pois é uma herança genética.


13) Podemos observar que o contato com uma cultura diferente de seu grupo social de origem pode ter alguns efeitos sobre os indivíduos. Entre esses efeitos está o processo que é conhecido como aculturação. Esse conceito pode ser explicado como:

a) a capacidade que uma cultura desenvolve no sentido de manter intactos seus próprios valores e saberes tradicionais, mesmo quando entra em contato com a diversidade cultural.

b) o processo de tornar os indivíduos membros de um grupo social; todos nós somos modelados de acordo com a expectativa do meio social em que crescemos.

c) a atual situação decorrente da globalização, em que os países do mundo todo se influenciam mutuamente e em igual medida em seus hábitos e valores culturais.

d) o processo de reforço das tradições de uma cultura, quando todos os indivíduos se recusam a ser influenciados por outros grupos sociais, isolando-se culturalmente.

e) o processo de perda das tradições dentro de um grupo social, quando seus indivíduos passam a adotar sistematicamente um modelo de comportamento e valores de uma cultura alheia.
14) Sobre as teses do determinismo biológico e do determinismo geográfico, é correto afirmar que:

a) são teses que procuram demonstrar que cada cultura desenvolve soluções originais para permitir aos seus indivíduos uma perfeita adequação ao meio ambiente.

b) são teses defendidas pela antropologia, pois respeitam a diversidade cultural, reforçando que nossos hábitos e valores estão mais relacionados com o meio social do que com características geográficas ou biológicas.

c) são teses defendidas pela globalização, que reforça os laços geográficos (ausência de fronteiras) e biológicos (miscigenação racial) entre os diferentes povos que formam a humanidade.

d) essas teses forma verdadeiras durante nossa evolução, mas depois que nos transformamos em humanos elas perderam a importância.

e) são teses que procuram defender que a herança genética (biologia) e o clima/meio-ambiente (geografia) são aspectos que determinam as características de uma cultura.
15) Todas as culturas dependem da nossa capacidade de simbolização. Sobre a importância dos símbolos nas culturas humanas, assinale a alternativa correta.

a) os símbolos de uma cultura são visíveis, como, por exemplo, nas religiões, na vestimenta e até mesmo nos hábitos alimentares das pessoas.

b) simbolizar significa criar um alfabeto que possa expressar a linguagem de um povo; os símbolos são apenas a forma de expressão da língua escrita e falada.

c) não é possível interpretar símbolos de culturas diferentes, pois apenas os indivíduos socializados em uma cultura podem interpretar adequadamente seus próprios símbolos.

d) simbolizar pode ser definido como a capacidade humana de se organizar para dividir tarefas, se organizar em grupos e criar especialização do trabalho.

e) apenas nas religiões podemos encontrar a capacidade de simbolização humana, enquanto os outros aspectos de nossa vida social são resultantes de nossa herança genética.
16) A cultura nos permite dar soluções para a sobrevivência, a vida prática, mas também nos possibilita atribuir valores, uma concepção simbólica e moral para o mundo. Quando não aceitamos soluções e valores diferentes daqueles que aprendemos em nossa cultura de origem estamos praticando:

A) Aculturação


B) Endoculturação e socialização

C) Multiculturalismo


D) Relativismo cultural

E) Etnocentrismo
17) Ao longo do tempo,, vários autores se dedicaram a desenvolver o conceito de cultura. Em seu capítulo intitulado “Antecedentes históricos do conceito de cultura” (Laraia, Roque B. Cultura – um conceito antropológico, RJ: Jorge Zahar, 19Ed.) o autor demonstra que:

A) Diversos autores destacaram a coerência e a veracidade das teorias evolucionistas.


B) Diversos autores contribuíram para a negação do conceito antropológico de cultura.
C) Diversos autores negaram o caráter inato da cultura, já que a humanidade é dotada de capacidade de assimilar idéias e transmiti-las aos seus descendentes, não sendo a cultura resultado de uma determinação biológica.

D) Diversos autores procuraram demonstrar que a cultura inclui um conjunto de conhecimentos, crenças, arte, moral, costumes, ou seja, características adquiridas de forma homogênea e semelhante em todas as culturas ou etnias.

E) Diversos autores contribuíram para a redução do conceito de cultura, já que esta seria um atributo exclusivo dos povos europeus.
RENATA

18) Sabemos que a capacidade de elaborar trocas é muito importante em todas as culturas humanas. Para a antropologia, a importância das trocas está relacionada:

a)      Ás atividades de comércio, que se desenvolveram intensamente com o surgimento da globalização, aumentando a troca de bens de consumo entre as diferentes culturas.



b)      À capacidade humana para as relações de reciprocidade, por isso encontramos relações de troca em todas as atividades sociais, tais como o comércio, o lazer e a constituição da família.

c)      Á capacidade de aculturação, que permite a qualquer indivíduo, ao longo de sua vida, trocar as influências de sua cultura de origem por influências de uma cultura diferente.

d)      À necessidade de sobrevivência do ser humano ao longo de sua evolução. As trocas entre diferentes bandos e tribos humanas representaram um salto evolutivo para a nossa espécie.

e)      Ao determinismo geográfico, que significa trocar de meio ambiente e se adaptar, e ao determinismo biológico, que significa trocar a herança biológica pela cultural.



19) Segundo Laraia (2004), o primeiro escritor a definir o conceito de cultura foi Edward Tylor em 1871. Na verdade, ele sintetizou idéias sobre o tema que já existiam pelo menos desde de Locke (1632 – 1704). Tylor definiu o tema da seguinte forma:

Cultura que “tomado em seu amplo sentido etnográfico é este todo complexo que inclui conhecimentos, crenças, arte, moral, leis, costumes ou qualquer outra capacidade ou hábitos adquiridos pelo homem como membro de uma sociedade”.



O conceito de cultura de Tylor está relacionado:

a)      À aquisição inata.

b)      Ao fruto da ação mecânica da natureza sobre uma humanidade receptiva.

c)      Ao resultado da ação do homem como ser sobrenatural.



d)      Ao aprendizado em oposição à idéia de aquisição inata.

e)      Ao processo estático que se reproduz a cada geração.


20) (muito parecida com a questão 8)

Existe uma tendência em considerar os hábitos e valores de cada cultura como válidos, lógicos e corretos, mesmo quando muito diferentes daqueles que aprendemos em nossa própria cultura”. Essa tendência pode ser denominada de:

a)      endoculturação

b)      Relativismo cultural

c)      Etnocentrismo

d)      Modelagem de comportamento

e)      Teorias modernas sobre a cultura


21) Clifford Geertz, em 1973, definiu para a antropologia o conceito de cultura conforme a frase abaixo: “A cultura é um sistema simbólico, característica fundamental e comum da humanidade de atribuir, de forma sistemática, racional e estruturada, significados e sentidos às coisas do mundo”. Assim sabemos que todas as culturas dependem da criação de símbolos para a nossa comunicação e compreensão do mundo que nos cerca. Sobre os símbolos, assinale a alternativa correta.

a)      cada cultura tem um conjunto de símbolos que lhe é própria, e não é possível encontrarmos um mesmo símbolo em duas culturas diferentes.

b)      A simbolização pode ser compreendida como uma forma de evolução cultural, assim, quanto mais símbolos tem uma cultura, mais evoluída ela é.

c)      Apesar dos símbolos serem próprios a cada cultura, alguns símbolos atualmente são encontrados em muitas culturas diferentes; isso é conseqüência principalmente da circulação de bens no mercado e das trocas culturais entre diferentes povos.

d)      Apenas as religiões conseguem que seus símbolos se espalhem em diferentes culturas, mantendo o mesmo significado; já o mercado consumidor de bens depende que cada cultura crie e divulgue seus próprios símbolos.

e)      Os símbolos das culturas dominantes economicamente são menos interessantes e originais que os símbolos das culturas mais tradicionais e isoladas.
22) A respeito do conceito de diversidade cultural, assinale a alternativa correta.

a)      esse conceito é utilizado para descrever a diferença de culturas de um país para o outro.



b)      É possível haver diversidade tanto de um país para o outro, como dentro de um mesmo país.

c)      Utilizamos o conceito para descrever o processo de influências culturais dentro da globalização.

d)      Não é correto afirmar que a diversidade cultural acompanha o ser humano, ou seja, que sempre fez parte da nossa realidade.

e)      Esse conceito é utilizado para descrever a forma como os indivíduos são moldados para fazer parte de um grupo social diferente do que pertencia antes, ou seja, quando muda de cultura.


23) É um processo que acompanha os indivíduos ao longo de suas vidas, lhes permitindo um aprendizado dos comportamentos adequados para viver em sociedade. Pode ser compreendido como um processo de “modelagem”, que tem início na família e que nos torna membros de uma sociedade. O pensamento acima refere-se ao conceito de:

a)      evolução cultural.

b)      Diversidade cultural.

c)      Socialização.

d)      Globalização cultural.

e)      Etnocentrismo
24) “... a cor preta significa luto entre nós, e entre os chineses é o branco que exprime esse sentimento. Um símio não saberia fazer a distinção entre um pedaço de pano, sacudido ao vento, e uma bandeira desfraldada.” (Laraia, R. B....)

A frase citada acima coloca de forma apropriada algumas observações acerca da cultura. Das frases abaixo, assinale a que a comenta e explica corretamente.

a) essa afirmação diz respeito à importância da linguagem simbólica na evolução humana, fundamental para nos distinguir de outras espécies e a questão da diversidade cultural, que afirma que para perceber o significado de um símbolo é necessário conhecer a cultura que o criou.

b) o principal aspecto que a frase ressalta é que os chineses não expressam adequadamente seu sentimento de luto e que os símios confundem as informações acerca da diversidade cultural, uma vez que, em cada cultura, diferentes tipos de bandeiras são utilizadas.

c) percebe-se que os chineses e os símios são semelhantes, pois não conseguem compreender a diferença entre cores e formas.

d) conclui-se que a cor preta deveria ser utilizada nas bandeiras em rituais de luto entre nós, enquanto para os chineses a bandeira deveria ser branca; ao mesmo tempo coloca a incapacidade dos símios em compreender essas sutilezas culturais.

e) a importância de conhecermos adequadamente a cultura chinesa antes de utilizarmos bandeiras nos rituais de luto, para não incorrermos nos mesmos erros que um símio.
25) Um dos pioneiros da antropologia a desenvolver o conceito de cultura foi o americano Franz Boas, que afirma que cada cultura tem uma particularidade histórica. Sobre a importância do desenvolvimento do conceito de cultura dentro da proposta desse autor, indique a alternativa correta.

a) para Boas e a antropologia, só podemos identificar a produção de cultura a partir da produção de documentos escritos.

b) os povos desenvolvem a cultura a partir do meio em que vivem e poder ser vistos como povos de cultura exatamente iguais.

c) para a antropologia, é a partir das experiências vividas pelos povos, em seus locais e em sua história, que cada povo desenvolve a sua cultura.

d) todos os povos, independentemente do local em que vivem, desenvolvem a cultura de uma mesma forma.

e) Tanto Franz Boas como Edward Tylor pensam de forma idêntica sobre cultura: as culturas são diferentes e podemos compará-las em seu grau de desenvolvimento (selvagem, bárbara e civilizada).
26) A pesquisa de campo realizada pelos antropólogos que convivem com os indivíduos de uma outra cultura, participando de sua vida cotidiana, mudou a forma como encaramos atualmente a diversidade cultural. A esse respeito, assinale a alternativa correta.

a) por meio desse tipo de pesquisa, pôde-se compreender que não é possível uma cultura influenciar outras, pois cada uma tem sua própria totalidade, impedindo qualquer forma de multiculturalismo.

b) com essas pesquisas pudemos concluir que a diversidade cultural impede a evolução cultural da humanidade.

c) como resultado das pesquisas de campo, foi possível constatar que o determinismo biológico é uma tese correta, mas o determinismo geográfico deixou de influenciar as diferentes culturas com o passar do tempo.

d) ao realizar essa pesquisa, o antropólogo não deve se envolver co os hábitos da cultura estudada e deve manter uma postura de julgamento a partir de seus próprios valores.

e) ao realizar essa pesquisa, o antropólogo deve se colocar no lugar do outro, para relativizar seus julgamentos e poder compreender profundamente os valores alheios.
27) Partindo do princípio de que a cultura é uma lente através da qual o homem vê o mundo, pessoas de culturas diferentes usam lentes diferentes e, portanto, têm visões distintas das coisas. Assinale a alternativa correta.

a) a visão de mundo determina as respostas e o comportamento humano a partir da sociedade em que está inserido.

b) o processo de alimentar-se é característica de todo ser vivo, portanto, o homem se alimenta de uma mesma maneira em qualquer que seja a cultura de que faça parte.

c) não há diferenças entre as visões de mundo, a cultura sempre se apresenta de uma mesma forma em qualquer sociedade.

d) um índio amazonense concebe o mundo e a sua forma de vida da mesma maneira que um paulistano que sempre viveu na cidade de São Paulo.

e) na concepção de mundo, todo ser humano deve se submeter aos seus instintos e desprezar a cultura em que vive.
28) A antropologia adota um tipo de pesquisa de campo chamada “etnometodologia”. Nesse tipo de pesquisa, o observador permanece durante um tempo convivendo e participando da vida do grupo pesquisado. Um dos resultados mais importantes dessa metodologia para as ciências humanas constitui em:

a) mergulhar nas razões mais profundas do comportamento do outro, passando a ter uma nova compreensão sobre a diversidade cultural e revelando, assim, os erros do etnocentrismo.

b) permitir um avanço no aprofundamento do etnocentrismo, pois os pesquisadores demonstram a necessidade de haver uma única cultura mais avançada que possa influenciar todas as outras.

c) haver uma concordância em abandonar o relativismo cultural para que as diferentes culturas fossem mais respeitadas dentro de sua própria lógica.

d) conviver com culturas diferentes, o que permitiu aos cientistas humanos comprovarem a tese do evolucionismo cultural, criando um padrão para podermos julgar em que aspectos cada cultura pode estar mais atrasada ou mais avançada em relação às outras.



e) aperfeiçoar as técnicas de observação, como utilizar o caderno de campo para registrar os acontecimentos, além dos recursos audiovisuais como fotografias, gravadores ou filmadoras.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal