Flavio de siqueira da silveira



Baixar 45,35 Kb.
Encontro19.08.2018
Tamanho45,35 Kb.
PODER JUDICIARIO DO ESTADO DO PARANÁ

Juízo de Direito da Vara Cível e Anexos da Comarca de Lapa - Pr

Avenida João Joslin do Vale, s/nº / 83.750-000

Telefone: 41 3622 2445

ESTADO DO PARANÁ

FLAVIO DE SIQUEIRA DA SILVEIRA

Escrivão
EDITAL DE LEILÃO para INTIMAÇÃO dos Executados e conhecimento de Terceiros interessados (CONFORME LEI Nº 13.105/2015)
JOSE ANTONIO BRUZAMOLIN
A DOUTORA VIVIANE CRISTINA DIETRICH, MMa. Juíza de Direito Substituta desta VARA CIVEL E ANEXOS, faz saber a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo e Cartório se processam os autos Nº 0006246-56.2012.8.16.0103 (6.246/2012) em que CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF move em face de JOSE ANTONIO BRUZAMOLIN CPF 002.882.689-20, no qual foi designado LEILÃO público para o dia 02 de Agosto de 2016 às 14.00 horas para a Primeira Praça, ocasião em que a arrematação se consumará pelo valor igual ou superior ao da avaliação. Caso haja Segunda Praça, esta se realizará no dia 12 de Agosto de 2016 no mesmo horário, onde o imóvel será arrematado pela melhor oferta, desde que não se configure preço vil. O Leilão será realizado no Tribunal do Júri do Fórum de Lapa – Pr, sito à Avenida João Joslin do Vale, s/nº / 83.750-000. Endereço eletrônico: www.joaoluizleiloes.com.br. Endereço eletrônico www.joaoluizleiloes.com.br e será publicado no site na rede mundial de computadores http://www.leiloesdajustica.com.br

DESCRIÇÃO DO(s) BEM(s): 1 – UM LOTE DE TERRENO URBANO com área total de 585,00m2 (quinhentos e oitenta e cinco metros quadrados), sem benfeitorias, sito no lado par da Rua Cel. João Antonio Ramalho, entre a Rua Nossa Sem hora do Rocio e a praça São Benedito, centro, neste Municipio e Comarca de Lapa-Pr, conforme características e confrontações constantes da Matricula nº 2.851 do Cartório de Registro de Imóveis de Lapa – Pr.

VALOR DO(s) BEM(s): R$ 339.300,00 (Trezentos e Trinta e Nove Mil e Trezentos Reais) valor avaliado em 26 de Outubro de 2015.

VALOR DA DIVIDA: R$ 8.886,28 (Oito Mil, Oitocentos e Oitenta e Seis Reais e Vinte e Oito Centavos) atualizado em 16 de Maio de 2016, que será reatualizada até a data do leilão.

DEPOSITÁRIO: O proprietário.

ÔNUS: não há

LEILOEIRO PÚBLICO OFICIAL: JOAO LUIZ DE OLIVEIRA, devidamente registrado na Junta Comercial do Paraná sob o nº 11/041-L.

FORMAS E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Será sempre considerado vencedor o maior lance ofertado, observado o lance mínimo, independente da forma ou condição de pagamento que o arrematante venha a optar. A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre a proposta de pagamento parcelado, desde que o lance seja no mesmo valor. a) À VISTA: Ao optar pelo pagamento à vista do valor do lance, o arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro ou mediante guia judicial, o pagamento da integralidade do valor do lance. b) PARCELADO: Ao optar pelo pagamento parcelado, o licitante, no ato da arrematação deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro ou mediante guia judicial, o pagamento do valor mínimo correspondente a 25% (vinte e cinco) do valor da arrematação, quitando o valor remanescente em, no máximo, 30 (trinta) parcelas (art. 895, §1º da Lei 13.105/2015) iguais, mensais e sucessivas, vencíveis a cada 30 (trinta) dias da data da arrematação. Na hipótese de atraso no pagamento de qualquer parcela, incidirá multa de 10% sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas (conforme art. 895 §4º do da Lei 13.105/2015). O valor das parcelas deverá ser atualizado, mensalmente, desde a data da arrematação, pela média do INPC+IGP-DI (pro rata die), devendo o montante ser quitado mediante guia de depósito judicial vinculada aos autos a que se refere o bem arrematado. Caso o vencimento de alguma parcela recaia em final de semana ou feriado, o mesmo ficará automaticamente prorrogado para o primeiro dia útil subsequente. A arrematação de bem imóvel mediante pagamento parcelado do valor da arrematação,

nos termos previstos neste edital, será garantida por hipoteca gravada sobre o próprio imóvel arrematado. Em caso de arrematação de bens móveis mediante pagamento parcelado, o r. juízo poderá


condicionar a entregar do bem à quitação de todas as parcelas. Na hipótese de inadimplemento, o exequente poderá optar pela resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante, a execução do valor devido. Caso seja pleiteada a resolução da arrematação, o arrematante, sem prejuízo das demais sanções previstas na lei e/ou neste edital, assim como sem prejuízo da apuração de eventuais perdas e danos, perderá o sinal de negócio já pago. Caso seja pleiteada a execução, todas as

parcelas vincendas vencerão antecipadamente à data da parcela inadimplida, incidindo sobre o montante devido a multa prevista no art. 895 §4º do da Lei 13.105/2015, além das demais sanções eventualmente previstas neste edital e/ou na legislação em vigor, arcando o arrematante inadimplente com as custas processuais e honorários advocatícios decorrentes da execução, tudo isso sem prejuízo da apuração de eventuais perdas e danos.

TAXA DE LEILÃO: Em caso de arrematação, 5% sobre o valor da arrematação. Em casos de adjudicação, 2% sobre o valor atualizado do bem adjudicado. Em caso de remição ou acordo, 2% sobre o valor da dívida atualizada até a data da arrematação ou sobre o valor atualizado do bem, o que for menor, Na hipótese do bem ser arrematado, pelo exequente, com créditos do próprio processo, será devida a comissão no percentual de 5% sobre o valor da arrematação. A comissão deverá ser integralmente paga no ato da arrematação, adjudicação, remição ou acordo.

LANCES PRESENCIAIS E PELA INTERNET: Os interessados em participar do leilão poderão dar lances, presencialmente, no dia e hora marcados para a realização do leilão, ou pela internet, por intermédio do site www.joaoluizleiloes.com.br, para tanto deverão ser observadas e cumpridas as regras indicadas no referido site, não podendo, posteriormente, sob qualquer hipótese, alegar desconhecimento.

INTIMAÇÃO: Ficam, desde já, intimadas as partes, os coproprietários, os interessados e, principalmente, os executados, credores hipotecários ou credores fiduciários, bem como os respectivos cônjuges, se casados forem. O leiloeiro, por ocasião do leilão, fica, desde já, desobrigado a efetuar a leitura do presente edital, o qual se presume seja de conhecimento de todos os interessados.

Do que para constar, expedi o presente Edital, que será publicado e afixado nos termos da lei.



Curitiba, aos Vinte e Três Dias do Mês de Maio de Dois Mil e Dezesseis. Eu FLAVIO DE SIQUEIRA DA SILVEIRA, Escrivão que o fiz digitar, por ordem do MM. Juiz de Direito.
VIVIANE CRISTINA DIETRICH

Juíza de Direito Substituta


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal