Figura 1: Armandinho e as placas Você acha que Armandinho foi incoerente?



Baixar 1.48 Mb.
Página1/4
Encontro14.09.2017
Tamanho1.48 Mb.
  1   2   3   4
Figura 1: Armandinho e as placas



­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­'>Você acha que Armandinho foi incoerente?

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­




Qual foi o erro de Armandinho?

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­




O que você faria para deixar o último quadro da tirinha coerente?

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­




  1. Fatores de Textualidade

De acordo com Val (1999), para um texto ser coerente ele deve obedecer a algumas metarregras:

  1. Continuidade: diz respeito às retomadas textuais que fazemos com a finalidade de trazer a mente do interlocutor o objeto do nosso discurso, como exemplo podemos citar o uso de artigos definidos, indefinidos, pronomes demonstrativos, repetições e substituições, como no caso de Maria por ela no último enunciado de Júlia em nosso primeiro exemplo.



  1. Progressão: além de retomar, o texto deve progredir, portanto a progressão consiste na articulação textual que prevê a inserção de novos elementos, como novos temas, ou subtemas. No caso da tirinha do Armandinho, podemos destacar a sua segunda fala: e é causada pelo acúmulo de placas.Neste ponto do diálogo, o personagem fornece a seu interlocutor informações adicionais sobre a gengivite e assim faz seu texto progredir por um subtema.



  1. Não contradição: já vimos que é preciso retomar e progredir, mas isso não é suficiente. Além disso temos que ter em mente que o texto deve estar relacionado a situação, aos padrões culturais e sociais da linguagem que os falantes compartilham, como no caso da conversa telefônica, é culturalmente aceito que na oralidade invertamos a ordem sujeito-verbo-objeto ou até mesmo esqueçamos, em determinadas situações, elementos importantes como o verbo.



  1. Relação ou articulação: trata-se do modo como todas as informações novas e velhas são retomadas, adicionadas ou substituídas de acordo com o mundo representado e como ele se apresenta no texto.



  1. Fatores extralinguísticos

Será que para compreendermos o texto como uma unidade de sentido, precisamos apenas de fatores lingüísticos? Certamente não, vejamos a figura 2. Nela observamos que há figuras, letras, cores diferentes, e, além disso, podemos destacar que o nosso conhecimento é um ingrediente fundamental para o seu entendimento.

Beaugrand e Dressler (1987) sugerem que os textos coerentes devem atender a fatores extralingüísticos, a saber:




  1. Intencionalidade: os textos devem contemplar as intenções comunicativas de quem o produz. Assim, ao interpretarmos o texto devemos identificar a intenção de seu autor. Por exemplo: ao abrir um encarte de supermercados(figura 2) e verificarmos uma dica de receita, sabemos de antemão que a receita está ali para auxiliar a venda de um ou mais produtos.

  2. Aceitabilidade: os textos devem corresponder às expectativas de seus interlocutores. Considerando o exemplo do encarte, podemos destacar que ao abrir o encarte já nos encontramos previamente preparados para esperar exemplos de publicidade e não outro gênero, como por exemplo o literário.

  3. Situacionalidade: consiste na adequação do texto a situação a qual ele se insere. Assim, por estar em um encarte publicitário, os anúncios deverão ser breves e chamativos, não podem fornecer toda a ficha técnica dos produtos.

  4. Informatividade: consiste em uma medida entre informações novas e velhas do texto. Quanto mais informações novas, mais informativo ele é. Neste caso, vocês acham que um encarte de supermercados é informativo?Justifiquem.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­











Baixar 1.48 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
espírito santo
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
distrito federal
nossa senhora
língua portuguesa
Pregão presencial
segunda feira
educaçÃo secretaria
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar