Fatores associados à recente queda da fecundidade adolescente no Brasil Resumo Expandido



Baixar 34,53 Kb.
Encontro20.02.2017
Tamanho34,53 Kb.
Fatores associados à recente queda da fecundidade adolescente no Brasil

1. Resumo Expandido

Entre 1970 e 2000 a fecundidade das mulheres de 15 a 19 anos no Brasil aumentou significativamente, em tendência oposta à queda da fecundidade total ocorrida no país nesses décadas. Essa tendência de aumento, porém, estava em congruência com a revolução sexual do país, com quedas significativas na idade da primeira relação sexual. Ao contrário dos períodos anteriores, o Brasil apresentou em 2010 uma queda expressiva da fecundidade nesse grupo etário. Devido à tendência inversa da fecundidade adolescente e à dificuldade de jovens nessa idade terem acesso a métodos contraceptivos, há indícios de que os determinantes próximos da fecundidade, principalmente a contracepção, é um fator importante nessa queda. Este trabalho analisa os fatores associados a essa recente queda, bem como sua possível relação com a expansão do Programa de Saúde da Família no período.

A medida padrão para estimar a fecundidade na adolescência é taxa específica de fecundidade nas idades de 15 a 19 anos multiplicada por mil. Essa taxa é usualmente denominada taxa de fecundidade na adolescência e usada para comparações temporais e entre países. A Figura 1 mostra as taxas específicas de fecundidade no Brasil entre 1970 e 2010 por idade simples. Pode-se perceber que o padrão de fecundidade por idade no Brasil mudou consideravelmente nos últimos cinquenta anos e a fecundidade na adolescência atingiu seu ponto mais elevado em 2000. Em 2010 houve uma queda significativa, principalmente nas taxas específicas das idades 17, 18 e 19 anos. As taxas de 15 e 16 anos não tiveram mudanças significativas. A Figura 2 mostra com maiores detales essas taxas específicas para as idades de 15 a 19 anos. Os fatores associados ao aumento e subsequente queda da fecundidade adolescente no Brasil se encontram pouco explorados na literatura. Esta proposta de artigo tem o objetivo de analisar esses fatores e a mudança histórica da fecundidade adolescente com maiores detalhes.

Figura 1:Taxas Específicas de Fecundidade no Brasil de 1970 a 2010



Fonte: Microdados do IPUMS.



Figura 2: Taxas específicas de fecundidade no Brasil para as Idades de 15 a 19 anos entre 1970 e 2010



Fonte: Microdados do IPUMS.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal