Exame patologia cirúrgica II 2012



Baixar 8,32 Kb.
Encontro04.01.2018
Tamanho8,32 Kb.

EXAME PATOLOGIA CIRÚRGICA II 2012 | 1ª FASE


ESCOLHA MÚLTIPLA (0,5 valores cada)

  1. O que devemos fazer na anestesia de Lagomorfos

    1. Não devemos dar atropina porque a maioria tem atropinases e a atropina solidifica as secreções

  2. Acesso para OVH em Rôla

    1. Incisão paravertebral esquerda

  3. Músculos seccionados no DDVP

    1. Esternotiroideu, omoideu, tiroideu

    2. Esternotiroideu, omoideu

    3. Esternotiroideu, tiroideu

  4. Que técnica resolve deslocamento do abomaso à direita e úlceras no abomaso?

    1. Abomasopexia paramedial direita

  5. Sutura Stapler em enterectomia parcial

    1. Latero-lateral

    2. Termino-lateral

    3. Termino-terminal

  6. Em que animais aparece com maior frequência hérnia inguinal?

    1. Garanhão

    2. Égua gestante

    3. Poldro

  7. O que realizar primeiro num animal que apareça com fractura vertebral?

    1. Raio-x

    2. Exame neurológico

    3. Avaliar aparelho cardiovascular e abdómen

  8. Gastrinoma

    1. Pancreatectomia parcial

  9. Quisto paraprostático

    1. Omentalização e castração

    2. Omentalização e castração, prostatectomia parcial

    3. Omentalização e castração, prostatectomia total

  10. Que procedimento fica facilitado em cães castrados?

    1. Neoplasias perianais

  11. Qual é o shunt que apresenta melhor prognóstico?

    1. Simples, Extra-hepático

    2. Simples, Intra-hepático

  12. Animal com hérnia tipo II entre T12 – 13. Que sinais apresenta?

    1. Hiporreflexia, parésia, micção com refluxo.

  13. Afecção séptica difusa ou localizada no pododerma, claudicação ligeira a moderada

    1. Dermatite digital

    2. Panarício

    3. Pododermatite traumática

  14. Custos indirectos de uma claudicação em vaca

    1. Custos de tratamento

    2. Refugo precoce

    3. Diminuição da produção leiteira

  15. Que situação predispõe a infecções urinárias precoces recorrentes?

    1. Ureteres ectópicos

    2. Persistência do uraco

    3. Fimose/Parafimose

  16. Síndrome de Wobbler – como tratamos?

    1. Ventral slot

    2. Fenestração

    3. Placas de metacrilato

QUESTÕES DE DESENVOLVIMENTO (2 valores cada)

  1. Ureteres ectópicos: etiologia, epidemiologia, diagnóstico e técnicas corretivas.

  2. Técnicas de correcção de hérnias perineais em cão.

  3. Resolução de calculose em gato.

  4. Resolução de rotação antero-posterior da articulação interfalângica distal.

  5. Resolução cirúrgica de corpos lineares em gato.

  6. Técnicas de resolução de obstrução pilórica em cães.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal