Estamos implantando diversas unidades industriais de produção de pellets no Brasil



Baixar 168,24 Kb.
Página1/4
Encontro29.12.2017
Tamanho168,24 Kb.
  1   2   3   4




Estamos implantando diversas unidades industriais de produção de pellets no Brasil.

Para ajudá-lo no esclarecimento técnico e industriais estamos resumindo todos os passos para que possa ter uma visão do funcionamento de uma unidade industrial.

Devemos expor que na unidade utilizaremos os resíduos industriais (matéria-prima como tora fina, lenha ou cavaco de preferência limpo) e serragem e micro-pó (produto seco 10% umidade).

A capacidade inicial anual de 36.000 ton. de pellets (com previsão de aumento para 2015) gerando 15 empregos diretos e 100 indiretos.

Toda a linha de equipamentos será da indústria nacional (certificada ISO 9000) e o produto final (qualificado em protótipo industrial) detém qualificação internacional DINPlus e ENPlus (certificado na Itália).

Toda a produção industrial será exportada para a Itália (aquecimento de residências e rede de hotelaria).

Temos assinado um contrato internacional para a aquisição de toda a produção industrial de pellets da Itália com o preço de 140 €/Ton ex-works (na planta) ou de 168 €/Ton FOB Porto ou o valor de 230 €/Ton CIF Itália.

Os equipamentos industriais tem uma linha especial de financiamento 100% pelo BNDES-BRDE (linha especial Finame Equipamentos Industriais de Pellets com prazo de 144 meses com dois anos de carência e a taxa de juros de 3,5% ao ano.

No tópico seguinte vamos explicar o desenvolvimento seguro da unidade industrial de produção de pellets.










A

Nos últimos doze meses recebemos mais de 1.230 e-mails ou contatos de empresas (skype ou fone) com o interesse em conhecer o sistema de produção industrial de biopellets com o uso de resíduos agroindustriais e woodpellets de madeira (pinus ou eucalyptus).

Notamos que a maioria dos empresários não tem o conhecimento da tecnologia de processamento de uma unidade industrial de pellets ou propriamente que equipamentos devem utilizar para que o produto final tenha a qualidade internacional (consumo e certificação) e o mercado de consumo nacional e internacional.

Com a nossa experiência técnica no desenvolvimento de mais de 30 projetos industriais de produção de bio woodpellets, na implantação e em funcionamento da maior unidade industrial nacional de produção de pellets no interior de São Paulo, pelo desenvolvimento da primeira operação nacional em escala industrial de pellets de pinus em Santa Catarina para o exigente mercado da Itália e ainda em função do trabalho consultivo que estamos desenvolvendo na implantação para 2016 da maior unidade industrial internacional (1.000.000 mt/ano) de biopellets com o uso da cana energética (modificação genética com maior volume de colmos e biomassa) no Rio de Janeiro, estamos apresentando as informações fundamentais que pode ajudá-lo em dirimir as principais dúvida de processamento industrial, dos equipamentos e financiamento e o mercado internacional de consumo.

Ekman & Co calcula em 18 milhões toneladas de wood pellets na Europa em 2014.

Pöyry tem a estimativa utilização de wood pellets de 16,5 milhões de toneladas em 2015.

New Energy Finance tem a estimativa de uso pellets em cerca de 28 milhões de toneladas em 2025.

AEBIOM tem uma avaliação geométrica de uso de woodpellets em mercado residencial e industrial entre 50 e 80 milhões de toneladas em 2020”.

Em 2012, as exportações de pellets dos EUA foram impulsionados por setenta por cento para cerca de 1,8MMT, representando um valor 331 milhões dólares americanos. Foram importados 4,5MMT de pellets de madeira em 2013 na Europa e deverão crescer mais de 6 e 7 de MMT neste e no próximo ano. As importações são impulsionada pela demanda de usinas de grande porte. Seus fluxos de comércio permanecem consistentes com os padrões atuais, e os Estados Unidos tem o potencial de fornecer pelo meno smetade da demanda de importação, o que representaria um valor comercial de aproximadamente $ 650 milhões de dólares em 2014.





A empresa XX foi criada em 2014 com o objetivo precípuo de implantar uma unidade industrial de produção de pellets de madeira (pinus e eucalyptus) com o uso de biomassa (cavaco sujo para geração de energia térmica e cavaco limpo e serragem e micro-pó para o processamento) com uma capacidade de 36.000 mt/ano para atender a elevada demanda mundial por uma nova fonte de energia limpa e renovável.

Para projetar a unidade industrial de produção de pellets é necessário uma estudo prévio e de viabilidade econômica com vários fatores, tais como: o custo da biomassa e do seu transporte, o grau de umidade da biomassa, o nível de penetração deste tipo de produto no mercado e todos os custos inerentes à instalação e funcionamento da fábrica.

A planta industrial sustentável de produção de pellets pode utilizar tora fina, lenha , resíduos florestais (geração de energia térmica) e de resíduos industriais como o woodchips, serragem e micro-pó. O custo total para instalação de uma usina de produção de pellets deve englobar: aquisição de terreno (doação municipal); gerenciamento de engenharia, planejamento e projeto industrial; Instalações elétricas; equipamentos de proteção contra incêndios.

Equipamentos industriais como sistema de preparação e picagem industrial, sistema de refinação por moinho martelo para trituração, sistema de transporte pneumático, fornalha industrial, secador rotativo industrial, sistema de peletização e refrigeração, redler, ciclones e silos, sistema de peneiramento, sistema de embalagem e de armazenamento.

A empresa vai implantar uma unidade industrial de pellets em um terreno com área total igual a 30.000 m², onde no projeto executivo contempla uma área total construída coberta de 2.000 m² para contemplar o prédio industrial (dois pavimentos) . A unidade industrial terá um pátio de armazenamento de matéria-prima e uma instalação industrial em dois pavimentos (uma para o processo de picagem, moagem e secagem industrial e outra para o processo de peletização e resfriamento dos pellets)



Comporta ainda uma área de estacionamento para caminhões, guarita, uma balança rodoviária com plataforma metálica; uma área de de manipulação da madeira (picagem industrial) e de descarregamento direto na área de produção. Área coberta (sem fechamentos laterais) para armazenamento de madeira.

A unidade ainda terá um espaço para o armazenamento da produção industrial. A unidade vai comportar um sistema de geração de energia térmica (fornalha e secador industrial), uma linha especial para o processamento, moagem e trituração industrial e sistema de peletização e resfriamento.”

Porque acreditamos no sucesso do projeto de produção de pellets. Uma maneira atrativa e bem desenvolvida para reduzir emissões de CO2. Os pellets são fabricados com o produto da biomassa. Aumento substancial do poder calorífico (PCI) / volume (aprox. x 4 comparado com a lenha. Matérias primas bem conhecidas são abundantes e disponíveis em muitas regiões, e podem aumentar a renda de distritos rurais. Comprovadas tecnologias de peletização e de soluções de queima (energia térmica). Aquecimento doméstico - Caldeiras industriais - Aquecimento urbano. Plantas geradoras. Redução dos custos de transporte, simplificação na logística/manuseio e Redução da atividade biológica /armazenagem segura. Pellets estão sendo considerados uma commodity bem definida com parâmetros de qualidade standartizados. Adaptação fácil e barata em caldeiras existentes de combustíveis fósseis para pellets de bio-combustíveis. Aumento da eficiência térmica em comparação com queima direta de biomassa.



Vantagens Competitivas do pellets: Dentre as principais vantagens para produção e o uso do Pellets destacam-se as seguintes: A matéria-prima utilizada para fabricação é renovável em função da utilização da biomassa. O Pellets é um produto ecologicamente correto e grande conversor de CO2 zero (compensação na plantação com a queima industrial). Ele apresenta grande potencial para substituir a energia não renovável em termoelétricas (carvão ou gás natural). Trata-se de uma tecnologia já comprovada com os maiores players comerciais na área de energia que contribuirá para a redução das emissões de CO2 na atmosfera. Vamos analisar em seguida todas as fases da produção industrial de pellets.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4


©bemvin.org 2019
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
Serviço público
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
distrito federal
nossa senhora
língua portuguesa
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar