Dr. José Malcher



Baixar 23,38 Kb.
Encontro02.09.2018
Tamanho23,38 Kb.
Atividade para ser apresentada para a turma do 6º ano da Escola “Dr. José Malcher”, com o objetivo de analisar nível de leitura dos alunos através de interpretação das fábulas e lendas.

Fábula: O Leão e o Rato Agradecido

Um dia, um Leão dormia tranquilamente na floresta, quando um ratinho o acordou, passeando sobre seu corpo. O Leão, muito bravo, agarrou-o depressa para devorá-lo. O Rato, assustado, pediu uma chance. Garantiu-lhe que se o poupasse, ainda seria salvo graças à sua ajuda.

O Leão olhou para o pequeno, achou muita graça, mas resolveu deixá-lo ir embora.

Não demorou muito para o rato cumprir sua promessa.

Certa tarde, o leão foi capturado por um caçador, que o amarrou em uma árvore com muita corda, para depois colocá-lo num caminhão. O rato, ao ver aquilo, imediatamente correu para a árvore e roeu toda a corda.

- Viu? Você caçoou de mim dizendo que não esperava nenhuma retribuição. Agora saiba que um rato pode salvar sua vida.



A fabula mostra que, dependendo da situação, os que parecem poderosos podem precisar dos mais fracos.

(Canton, 2006, p.39)

A Lenda da Galinha Choca

Conta-se que há muitos e muitos anos atrás, quando Colares ainda era muito pequena, com seus poucos moradores e sem energia elétrica, aconteciam muitas coisas estúrdias, era a aparição de uma enorme galinha choca, que andava com seus pintinhos, cacarejando á noite, pelas ruas escuras de Colares, este fato aconteceu uma vez com um morador de Colares chamado Feliciano, mais conhecido como seu Felico em Colares. Seu Felico saiu de sua casa de madrugada numa noite de lua cheia em direção à praia, para ver sua montaria (canoa) havia boiada, pois, naquela iria sair para pescar, quando de repente ouviu um barulho fazendo: Cró, cró, cró, logo atrás dele. Ficou arrepiado quando ela aproximou-se, se Felico sentia suas pernas estavam e seu corpo estavam tremendo. A galinha veio aproximando-se, ele pode contar seus filhotes. Era um total de dez. Estava tão luar que podia ver as pernas arrepiadas da grande galinha choca, que vinha em seu rumo. Logo em seguida passou aquela sensação estranha que sentia. Mas de repente a galinha avançou no seu Felico para bicar e arranha-lo com suas enormes garras. Mas de súbito, seu Felico resolveu correr. Mas antes, agarrou um dos pintos daquela galinha e saiu correndo de volta pra casa. Chegando em sua casa, meteu o pé na porta e entrou desesperadamente. A galinha desistiu e voltou para encontrar os seus filhotes que ficaram para trás piando.

Depois que conseguiu falar, seu Felico contou para sua família o que havia acontecido. Em seguida prendeu o pinto que trouxera, em baixo de um paneiro e pôs uma pedra bem pesada sobre o mesmo, para que o pinto não saísse. Quando amanheceu, aí a grande surpresa. O pinto havia desaparecido misteriosamente, de baixo do paneiro que era novo e continuava com a pedra que era bastante pesada, que seu Felico tinha posto sobre aquele paneiro. Hoje, ou melhor, até hoje não se sabe como o pinto sumiu de debaixo do paneiro.

Essa galinha choca continuou aparecendo em Colares e muitas pessoas as viram naquela época. Mas uma dessas pessoas foi o Seu Raimundo Nascimento, mas conhecido como Passarata em Colares. Uma vez quando ia saindo para a pesca, foi atacado pela galinha choca a qual surgiu de debaixo de uma mangueira que cruzava com a rua Curuçá. A galinha choca apareceu repentinamente, em uma noite de luar e segundo ele, ela estava com seus dez filhotes. E nessa noite, botou o seu Passarata para correr, que chegou em sua a casa morto de cansado quase para lhe dar um troço.

Por causa da aparição da galinha choca, os pescadores já não saiam sozinhos de casa. Iam sempre acompanhados para suas montarias (canoas), com medo de serem atacados pela galinha choca, que parecia imortal, pois ninguém conseguia matá-la. E ela sempre metia medo aos moradores de Colares, que quando anoitecia, ninguém mais saia de casa com medo da tão medonha e estúrdia galinha choca.

(Rubenildo Miranda de Oliveira)



Fábula: O Cachorro e o Pedaço de Carne

Um cachorro tinha conseguido um bom pedaço de carne para comer. Agarrou-o com a boca e saiu em disparada pelo campo até que chegou em um riacho. Ali viu refletida a imagem de outro cachorro, carregando outro pedaço de carne, que lhe parecia maior. Ficou com vontade de pegar aquele pedaço maior. Ansioso, latiu para a imagem e deixou o pedaço de carne cair no riacho. Logo percebeu que era a sua própria imagem refletida e ampliada pela superfície da água.



Para aquele que é muito ambicioso, a fábula é oportuna.

(Canton, 2006, p.33)

A Lenda da Maria Vivó

Antigamente, ficava muita tainha na camboa de Terra de Santa Maria e muita gente de Colares, principalmente os moradores do bairro do Bacuri e o pessoal da localidade de Ariri, eram os que mais frequentavam as camboas, em busca de peixes quando a maré secava. E num cero dia, um pescador, morador do bairro do Bacuri conhecido como seu Leal, ou Lealzinho, saiu de sua casa numa madrugada, rumo à Santa Maria, com o objetivo de despescar a camboa na frente, ou melhor, antes dos outros. Seu Leal havia saído nas primeiras horas do dia, para não perder a hora da camboa. Chegando lá na praia do machadinho, a maré estava meia praia de vazante e já estava na hora de descer rumo a camboa. Seu Leal parou na praia, preparou um charuto e acendeu. Em seguida pegou seu farolzinho, ajeitou o cofo em um dos ombros e com a outra mão o seu terçado. Daí então partiu rumo a camboa. Logo após ter andando alguns metros, avistou uma enorme tora de árvore atravessada onde ia passar. Chegando bem próximo, não passou a perna por cima para atravessá-la porque a mesma estava muito lisa. Então seu Leal andou em direção a ponta da suposta tora de árvore, quando foi passando pela ponta, foi surpreendido com uma grande abocanhada que arrancou seu braço direito, pois aquilo na verdade não era uma tora de árvore e sim uma enorme cobra. Com a abocanhada que ela deu, jogou seu Leal há alguns metros longe. Seu terçado caiu para um lado, o farolzinho para o outro, onde com a queda, na lama apagou-se, somente o cofo ficou preso em seu corpo.

Em seguida a cobra ainda tentou dar algumas lançadas em direção ao seu Leal, que se retorcia de dor na lama, todo ensanguentado, porem ele não conseguiu laça-lo, somente engoliu um dos braço dele. Em seguida a cobra desistiu e foi escorregando em direção a agua da maré e desapareceu minuto depois. Seu Leal ficou gritando desesperadamente por socorro e agora outros pescadores que vinham para a camboa ouviram de longe o desespero do seu Leal e foram ver o que estava acontecendo. O pessoal veio chegando das bandas de Ariri, de Santa Maria e também do Bacuri. Chegando no local, encontraram seu Leal numa poça de sangue, todo cheio de gosma, sem um braço e muito pitiú. Seu Leal gritava muito de dor, pois não era pra menos, tinha ficado sem um dos membros do seu corpo. Diante da situação os pescadores carregavam seu Leal até a praia e lhe interrogaram o que tinha acontecido. Mesmo com muita dor, contou ao pessoal o que lhe havia sucedido. Em seguida, levaram seu Leal até a sua casa para seus familiares cuidassem dele.

Nos dias que seguiram ao fato ocorrido, a cobra voltou a aparecer. Desta vez, ela passava de Santa Maria e ia até a ponta do igarapé cajueirinho, levando água na frente. Diz-se que na época ela procurava sua cria, que era seu Leal. Ela ficava passando de um lado para outro lá na água, procurando seus membros.

(Rubenildo Miranda de Oliveira)

Algumas questões para serem analisadas a partir da leitura.



  1. Você entendeu o que leu?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. O que apresenta a fábula do Leão e Rato agradecido?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. O que apresenta a lenda da galinha choca?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. Você acha que a fábula o Leão e Rato agradecido tem alguma referência com a lenda da galinha choca? Qual?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. Qual a mensagem que a fábula o cachorro e o pedaço de carne repassa?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. O que fala a Lenda da Maria Vivó?

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. Você acha que a fábula o cachorro e o pedaço de carne tem alguma coisa em comum com a Lenda da Maria Vivó?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. O que você achou de mais interessante nas fábulas e também nas lendas?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. Você saberia dar um novo final para as lendas: a galinha choca e a Maria Vivó? Qual final você daria?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  1. Você já tinha lido outras lendas e fábulas? Quais?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal