Domínio Expansão e mudança nos séculos XV e XVI subdomínio o expansionismo europeu Subdomínio 2



Baixar 1,39 Mb.
Página12/14
Encontro24.12.2016
Tamanho1,39 Mb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   14



Domínio 7. O arranque da “Revolução Industrial” e o triunfo dos regimes liberais conservadores

Subdomínio 7.2. Revoluções e Estados liberais conservadores Aula n.º 47

Situação-problema: O povo faz a Revolução e altera a História da Humanidade.

Questões orientadoras:
– Quais foram as principais etapas da Revolução Francesa?

Metas Curriculares

Estratégias de aprendizagem/Recursos

Avaliação

Conteúdos/Conceitos

Objetivos Gerais/

Descritores



Manual e Caderno do Aluno

Outros Recursos

A Revolução Americana e a Revolução Francesa
(Espacialidade… Temporalidade…)

Conceitos: Sufrágio universal

Objetivo Geral 1 – Conhecer e compreender a Revolução Americana e a Revolução Francesa
Descritor 5 – Descrever as principais etapas da Revolução Francesa.
Descritor 6 – Mostrar a importância da Revolução Francesa de 1789 enquanto marco de periodização clássica (passagem do Antigo Regime à

Idade Contemporânea).



1.º momento – Levantamento das ideias prévias dos alunos sobre o conceito de Sufrágio universal com registo no quadro.

• registo da situação-problema no quadro.


2.º momento – Desenvolvimento da aula:

• observação e análise de imagens várias e dos mapas (F1 e F2, pp. 148 e 149) para os alunos:

– associarem as imagens às respetivas fases da revolução;

– caracterizarem as fases da Revolução Francesa;

– identificarem as alterações no mapa político com o Congresso de Viena.
3.º momento – Síntese:

• elaboração de um comentário da situação-problema:



O povo faz a revolução e altera a História da Humanidade.

• resposta ao Já sabes o fundamental…? (p. 149 do manual).


4.º momento – Avaliação:

• Resolução da ficha Aula a Aula 45, p. 50 do Caderno do Aluno.




PowerPoint Didático n.º 6

PowerPoint

– Guia de Exploração do PowerPoint
e-Manual

– Recursos diversos


Mistério da História

• Registo da capacidade para selecionar informação adequada aos temas em estudo
• Registo da capacidade para usar fontes diferentes (textos, ilustrações, esquemas, mapas, barras cronológicas, imagens…) e com mensagens diversas
Registo do interesse, participação no diálogo e empenho nas tarefas propostas
• Registo da capacidade para sintetizar a informação
• Registo da correção na expressão oral e escrita em língua portuguesa
• Registo da capacidade para aplicar e integrar as aprendizagens



Domínio 7. O arranque da “Revolução Industrial” e o triunfo dos regimes liberais conservadores

Subdomínio 7.2. Revoluções e Estados liberais conservadores Aula n.º 48

Situação-problema: Era urgente instaurar o Liberalismo em Portugal.

Questões orientadoras:
– Qual era a situação portuguesa do início do século XIX?

– Como se caracteriza o sistema político estabelecido pela Constituição de 1822?



Metas Curriculares

Estratégias de aprendizagem/Recursos

Avaliação

Conteúdos/Conceitos

Objetivos Gerais/

Descritores



Manual e Caderno do Aluno

Outros Recursos

A evolução política de Portugal: das Invasões Francesas ao triunfo do Liberalismo

Conceitos: Sinédrio; Maçonaria

Objetivo Geral 2 – Conhecer e compreender a evolução do sistema político em Portugal desde as Invasões Francesas até ao triunfo do Liberalismo após a Guerra Civil
Descritor 1 – Apresentar a situação política portuguesa imediatamente antes e durante o período das Invasões Francesas, com destaque para a retirada da corte para o Rio de Janeiro e para a forte presença britânica, relacionando-a com a eclosão da Revolução de 1820.
Descritor 2 – Caracterizar o sistema político estabelecido pela Constituição de

1822.


1.º momento – Levantamento das ideias prévias dos alunos sobre os conceitos de Sinédrio e Maçonaria, com o respetivo registo no quadro.

• registo da situação-problema no quadro.


2.º momento – Desenvolvimento da aula:

• observação e análise do mapa e das imagens e do gráfico, leitura e interpretação dos textos (F1, F2, F3 e F4, pp. 150 e 151) para os alunos:

– explicarem o ambiente que antecede a eclosão da Revolução

Liberal de 1820;

– enumerar os factos mais significativos que levaram à

Revolução de 1820 (visualização da recriação das Invasões

Francesas na cidade do Porto);

– caracterizarem o regime político expresso na Constituição de 1822.


3.º momento – Síntese:

• resumo sob a forma oral, dos conteúdos da aula.

– resposta ao Já sabes o fundamental…? (p. 151 do manual).
4.º momento – Avaliação:

• Resolução da ficha Aula a Aula 46, p. 51 do Caderno do Aluno.





PowerPoint Didático n.º 6

PowerPoint

– Guia de Exploração do PowerPoint
Bibliotec@ Viva a

História!

– Excerto de vídeo de recriação das invasões napoleónicas na cidade do Porto

– Ficha de exploração n.º 3
e-Manual

– Recursos diversos


Mistério da História

• Registo da capacidade para selecionar informação adequada aos temas em estudo
• Registo da capacidade para usar fontes diferentes (textos, ilustrações, esquemas, mapas, barras cronológicas, imagens…) e com mensagens diversas
• Registo do interesse, participação no diálogo e empenho nas tarefas propostas
• Registo da capacidade para sintetizar a informação
• Registo da correção na expressão oral e escrita em língua portuguesa
• Registo da capacidade para aplicar e integrar as aprendizagens



Domínio 7. O arranque da “Revolução Industrial” e o triunfo dos regimes liberais conservadores

Subdomínio 7.2. Revoluções e Estados liberais conservadores Aula n.º 49

Situação-problema: Era urgente instaurar o Liberalismo em Portugal.

Questões orientadoras:
– Quais foram as causas e as consequências da independência do Brasil?

– Como é que decorreu o processo de implantação do Liberalismo em Portugal?



Metas Curriculares

Estratégias de aprendizagem/Recursos

Avaliação

Conteúdos/Conceitos

Objetivos Gerais/

Descritores



Manual e Caderno do Aluno

Outros Recursos

A evolução política de Portugal: das Invasões Francesas ao triunfo do Liberalismo

Conceitos: Liberalismo político; Absolutismo

Objetivo Geral 2 – Conhecer e compreender a evolução do sistema político em Portugal desde as Invasões Francesas até ao triunfo do Liberalismo após a Guerra Civil
Descritor 3 – Descrever sucintamente as causas e consequências da independência do Brasil.
Descritor 4 – Reconhecer o carácter mais conservador da Carta Constitucional de 1826.
Descritor 5 – Integrar a Guerra Civil de1832-1834 no contexto de difícil implantação do Liberalismo em Portugal, nomeadamente perante a reação absolutista.

1.º momento – Levantamento das ideias prévias dos alunos sobre os conceitos de Liberalismo político e Absolutismo, com registo no quadro.

• registo da situação-problema no quadro.


2.º momento – Desenvolvimento da aula:

• observação e análise das imagens e mapa e leitura e interpretação dos textos (F1, F2, F3, F4 e F5, pp. 152 e 153) para os alunos:

– identificarem as razões da independência do Brasil;

– situarem no tempo a independência do Brasil;

– inferirem o posicionamento político de D. Miguel e de

D. Pedro IV;

– inferirem o carácter mais conservador da Carta Constitucional de 1826;

– conhecerem factos significativos da Guerra Civil.


3.º momento – Síntese:

• elaboração de um resumo, pelos alunos, dos conteúdos da aula através das respostas ao Já sabes o fundamental…?

(p. 153 do manual).
4.º momento – Avaliação:

Trabalha com…

– resolução da ficha Aula a Aula 47, p. 52 do Caderno do Aluno.

• TPC – Pesquisa para o desenvolvimento da Atividade de aprofundamento (p. 153 do manual).





PowerPoint Didático n.º 6

PowerPoint

– Guia de Exploração do PowerPoint
Banco de Recursos

(Dossiê do Professor)


Mistério da História
e-Manual

– Recursos diversos



• Registo da capacidade para selecionar informação adequada aos temas em estudo
• Registo da capacidade para usar fontes diferentes (textos, ilustrações, esquemas, mapas, barras cronológicas, imagens…) e com mensagens diversas
• Registo do interesse, participação no diálogo e empenho nas tarefas propostas
• Registo da capacidade para sintetizar a informação
• Registo da correção na expressão oral e escrita em língua portuguesa
• Registo da capacidade para aplicar e integrar as aprendizagens



Domínio 7. O arranque da “Revolução Industrial” e o triunfo dos regimes liberais conservadores

Subdomínio 7.2. Revoluções e Estados liberais conservadores Aula n.º 50

Situação-problema: Era urgente instaurar o Liberalismo em Portugal.

Questões orientadoras:
– Quais foram as medidas legislativas elaboradas durante a Guerra Civil e a implantação do Liberalismo?

– Que impacto tiveram estas medidas legislativas para o fim do Antigo Regime em Portugal?



Metas Curriculares

Estratégias de aprendizagem/Recursos

Avaliação

Conteúdos/Conceitos

Objetivos Gerais/

Descritores



Manual e Caderno do Aluno

Outros Recursos

A evolução política de Portugal: das Invasões Francesas ao triunfo do Liberalismo

Conceitos: Nacionalização de bens; Foro; Código comercial

Objetivo Geral 2 – Conhecer e compreender a evolução do sistema político em Portugal desde as Invasões Francesas até ao triunfo do Liberalismo após a Guerra Civil
Descritor 6 – Identificar na ação legislativa de Mouzinho da Silveira e Joaquim António de Aguiar medidas decisivas para o desmantelamento do Antigo Regime em Portugal.

1.º momento – Levantamento das ideias prévias dos alunos sobre os conceitos de Nacionalização de bens; foro e Código comercial com o respetivo registo no quadro.

• registo da situação-problema no quadro.


2.º momento – Desenvolvimento da aula:

• leitura e interpretação de textos, quadro, esquema e imagem (F1, F2, F3 e F4, pp. 154 e 155) para os alunos:

– identificarem as medidas tomadas neste período com o objetivo de reorganizar a administração do reino;

– conhecerem as figuras de Mouzinho da Silveira e de

Joaquim António de Aguiar;

– avaliarem o impacto destas medidas no desmantelamento do Antigo Regime em Portugal.


3.º momento – Síntese:

• elaboração de um comentário à situação-problema: Era urgente instaurar o Liberalismo em Portugal.

• resposta ao Já sabes o fundamental…? (p. 155 do manual).
4.º momento – Avaliação:

Trabalha com…

– resolução da Ficha Aula a Aula 48, p. 53 do Caderno do

Aluno.

– TPC – Resolução de Preparate para a Avaliação 5 (pp. 87-93) e a Ficha de Avaliação 5 (pp. 109-110) do Caderno do Aluno.



PowerPoint Didático n.º 6

PowerPoint

– Guia de Exploração do PowerPoint
e-Manual

– Recursos diversos


Mistério da História

• Registo da capacidade para selecionar informação adequada aos temas em estudo
• Registo da capacidade para usar fontes diferentes (textos, ilustrações, esquemas, mapas, barras cronológicas, imagens…) e com mensagens diversas
• Registo do interesse, participação no diálogo e empenho nas tarefas propostas
• Registo da capacidade para sintetizar a informação
• Registo da correção na expressão oral e escrita em língua portuguesa
• Registo da capacidade para aplicar e integrar as aprendizagens




Domínio 8. A civilização industrial no século XIX

Subdomínio 8.1. Mundo industrializado e países de difícil industrialização Aula n.º 51

Situação-problema: A revolução dos transportes foi, simultaneamente, causa e consequência da invenção do aço.

Questões orientadoras:
– Como se caracteriza a segunda fase da industrialização?

– De que modo os progressos nos transportes contribuíram para o crescimento do comércio mundial?



Metas Curriculares

Estratégias de aprendizagem/Recursos

Avaliação

Conteúdos/Conceitos

Objetivos Gerais/

Descritores



Manual e Caderno do Aluno

Outros Recursos

A consolidação dos processos de industrialização

Conceito: Revolução nos transportes

Objetivo Geral 1 – Conhecer e compreender a consolidação dos processos de industrialização
Descritor 1 – Identificar as principais características da segunda fase da industrialização (“Idade do caminho de ferro”) salientando a hegemonia inglesa e o crucial desenvolvimento dos transportes.
Descritor 2 – Relacionar a revolução dos transportes (terrestres e marítimos) com o crescimento dos mercados nacionais e a aceleração das trocas.

1.º momento – Introdução ao Domínio/Subdomínio:

• diálogo orientado pelo(a) professor(a) para a introdução ao Domínio/Subdomínio, o respetivo enquadramento espaciotemporal e contexto, com base nas diversas fontes apresentadas nas duplas páginas de abertura e em “Inicia a Descoberta”;

• levantamento das ideias prévias dos alunos sobre o conceito de Revolução nos transportes, com registo no quadro;

• registo da situação-problema no quadro.


2.º momento – Desenvolvimento da aula:

• análise de quadros, mapa, gráfico e imagens e leitura e interpretação de textos (F1, F2, F3 e F4, pp. 166 e 167) para os alunos:

– identificarem as inovações nos transportes no período considerado;

– explicarem o papel hegemónico da Inglaterra;

– avaliarem o impacto do comboio e dos progressos nos transportes marítimos no alargamento dos mercados nacionais.
3.º momento – Síntese:

• elaboração de um comentário à situação-problema: A revolução dos transportes foi, simultaneamente, causa e consequência da invenção do aço.

• resposta ao Já sabes o fundamental…? (p. 167 do manual).
4.º momento – Avaliação:

Trabalha com…

– resolução da ficha Aula a Aula 49, p. 54 do Caderno do Aluno.


PowerPoint Didático n.º 7

PowerPoint

– Guia de Exploração do PowerPoint
e-Manual

– Recursos diversos


Mistério da História

• Registo da capacidade para selecionar informação adequada aos temas em estudo
• Registo da capacidade para usar fontes diferentes (textos, ilustrações, esquemas, mapas, barras cronológicas, imagens…) e

com mensagens

diversas

• Registo do interesse,

participação no diálogo

e empenho nas

tarefas propostas

• Registo da capacidade

para sintetizar a informação

• Registo da correção

na expressão oral e

escrita em língua portuguesa

• Registo da capacidade

para aplicar e integrar

as aprendizagens

1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   14


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal