Disciplina: sociologia e antropologia da arte e da arte



Baixar 17,5 Kb.
Encontro28.10.2017
Tamanho17,5 Kb.

CARGA HORÁRIA: 45h
Ementa: A cultura e a arte como objeto de conhecimento da sociologia e da antropologia. A construção do objeto da antropologia a partir de suas correntes teóricas. Alteridade e cultura: etnocentrismo e relativismo. A especificidade da prática antropológica: a etnografia e o trabalho de campo. Os múltiplos significados e perspectivas da cultura: da antropologia e da sociologia, da arte, do senso comum, da indústria cultural. A arte como produto e prática social. A sociologia e a antropologia da arte como forma de conhecimento da mediação arte/sociedade. Antropologia e a sociologia, sistemas culturais e arte: desconstrução da distinção entre cultura erudita e cultura vulgar, a relação produção-consumo; relação entre gosto e estratificação social. Capital cultural e a origem social do gosto. A indústria cultural. Objeto artístico e relações econômicas. Consumo da arte, apropriação e poder. Arte, política e ideologia: a arte como veículo transmissor de ideologia; as possibilidades de mudança social através da arte; as condições sociais da produção artística e os mecanismos histórico-sociais que atuam na definição do valor e sentido da obra de arte. A arte na contemporaneidade: realidade fragmentada, sociedade do espetáculo e descentralização do sujeito. Os patrimônios culturais como mediadores simbólicos na constituição das identidades.
Objetivos:

  • Contextualizar o estudo da arte a partir das ciências sociais;

  • Analisar os múltiplos significados e perspectivas da cultura;

  • Problematizar a concepção de obra de arte em si;

  • Debater a origem social do gosto;

  • Estudar a constituição das identidades sociais.


Conteúdo Programático:

  1. Introdução às ciências sócias: conceitos básicos

  2. Alteridade e cultura

  3. O conceito de capital cultural e a origem social do gosto




  1. A especificidade da prática antropológica

  2. Antropologia, sistemas culturais e arte

  3. O conteúdo social da arte



  1. As formulações sobre a indústria cultural

  2. A arte no mundo pós-moderno

  3. Os patrimônios culturais como mediadores simbólicos

Referências Bibliográficas:

ABREU, Regina; CHAGAS, Mário de Souza; SANTOS, Myrian Sepúlveda (orgs.) Museus, coleções e patrimônios: narrativas polifônicas. Rio de Janeiro: Garamond, MinC/IPHAN,2007 (Coleção Museu, Memória e Cidadania)

ADORNO, Theodor W. & HORKHEIMER, Max. “A Indústria Cultural: O Esclarecimento como Mistificação das Massas” in Dialética do esclarecimento: Fragmentos filosóficos. 2a ed., Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1986, p.113-156.



ALMEIDA, Heloisa Buarque de & SZWAKO, José (org.). Diferenças, igualdade. São Paulo, Berlendis & Vertecchia, 2009.

ARAÚJO, Silvia Maria de, BRIDI, Maria Aparecida & MOTIM, Benilde Lenzi. Sociologia: Um olhar crítico. São Paulo: Contexto, 2009.

BECKER, Howard S. “Arte como Ação Coletiva” in Uma Teoria da Ação Coletiva. Rio de Janeiro: Zahar, 1977, p. 205-225.

__________. “Mundos Artísticos e Tipos Sociais” in VELHO, Gilberto (org.). Arte e Sociedade: Ensaios de sociologia da arte. Rio de Janeiro: Zahar, 1977, p. 9-26.

BOURDIEU, Pierre. “Reprodução cultural e reprodução social” in A economia das trocas simbólicas. 6a ed., São Paulo: Perspectiva, 2007, p. 295-336.

__________. “O senso da distinção” in A distinção: Crítica social do julgamento. São Paulo: EdUSP, Porto Alegre: Zouk, 2007, p. 241-297.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Vocação de criar: anotações sobre a cultura e as culturas populares. Cadernos de Pesquisa, v.39, n. 138, p.715-746, set./dez. 2009.

CANCLINI, Néstor García. A socialização da arte: Teoria e prática na América Latina. São Paulo: Cultrix, 1980.

__________. As culturas populares no capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1983.

__________. Culturas Híbridas. São Paulo: Edusp, 1998.

CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru: EDUSC, 1999.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

GONÇALVES, José Reginaldo. Antropologia dos objetos: coleções, museus e patrimônios. Rio de Janeiro: MinC/IPHAN,2007 (Coleção Museu, Memória e Cidadania)

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 9a ed., Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

HARVEY, David. A condição pós-moderna: Uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 12a ed., São Paulo: Loyola, 2003.

LIMA FILHO, Manuel Ferreira; ECKERT, Cornelia; BELTRÃO, Jane (orgs.) Antropologia e patrimônio cultural: diálogos e desafios contemporâneos. Blumenau: Nova Letra, 2007.

MÉSZÁROS, István. “Aspectos da alienação: Aspectos estéticos” in Marx: A teoria da alienação. Rio de Janeiro: Zahar, 1981, p. 171-193.



SELL, Carlos Eduardo. Sociologia clássica: Marx, Durkheim e Weber. Petrópolis: Vozes, 2009.

ZOLBERG, Vera L. Para uma sociologia das artes. São Paulo: Senac São Paulo, 2006.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal