Dicainformativa: o sol e o cancro de pele



Baixar 8,33 Kb.
Encontro02.09.2018
Tamanho8,33 Kb.
DICAinformativa: o sol e o cancro de pele
Apanhamos raios ultravioleta (UV) não só na praia, mas também durante um desporto ao ar livre, a fazer jardinagem ou mesmo a andar ao sol. Estar à sombra de uma chapéu de sol ou toldo não evita os escaldões. O reflexo dos raios solares na neve são de 85%, na praia de 20% e na água e na relva de 5%.

COMO PODEMOS EVITAR O CANCRO DE PELE?


QUAIS SÃO OS SINAIS DE CANCRO DE PELE?

Tem que conhecer bem a sua pele e observar bem os sinais de 2 em 2 meses para ver a forma, cor e tamanho: se algum sinal mudar de forma ou uma ferida não cicatrizar deve ir logo ao médico.



AVISO LEGAL: As informações neste portal têm como objetivo ajudar as pessoas a proteger a saúde e conhecer os seus direitos. Nenhuma destas informações pode substituir o médico (quando se suspeita de algo que possa prejudicar a saúde) ou o advogado (quando se suspeita que alguma lei não foi cumprida). Por estas razões os autores deste portal não se responsabilizam por qualquer comportamento que afete a saúde, ou a condição perante a lei, das pessoas que usam estas informações.

Fonte: Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal