CP5- dr1 Resumo do filme “a ilha”



Baixar 255,98 Kb.
Encontro14.09.2017
Tamanho255,98 Kb.

CP5- DR1 Resumo do filme “A ILHA”




Deontologia e princípios éticos

O filme retrata uma grande comunidade, que está de quarentena, devido à infecção da humanidade por um vírus indestrutível num grande complexo, tendo como último reduto a “ILHA” que é um lugar distante e desconhecido dos habitantes do complexo, que é onde vivem os sobreviventes e os que estão imunes aos ataques do vírus, os administradores do complexo também são sobreviventes e imunes ao vírus, então promovem uma lotaria que, periodicamente, selecciona um dos habitantes oferecendo-lhe o passaporte para a “ILHA”, para a saída da quarentena e a entrada para o Mundo real. Acontece que nada disso é verdade e o complexo é apenas uma fábrica de clones de senhores com dinheiro que patrocinam a geração de um clone para transplantes para quando precisarem, ou por doença ou acidente. Os habitantes do complexo não são mais do que clones, desde sempre manipulados para crerem numa falsa realidade. A saída da lotaria significava apenas que foram chamados para acudirem aos seus proprietários, serão mortos e os seus órgãos transplantados para os seus donos. Mas há um dos clones que se apercebe da existência de um Mundo real, mesmo ali ao lado e que a infecção é mentira, então para salvar uma colega da lotaria os dois fogem do complexo, chegando ao contacto com os seus proprietários que são exactamente iguais a eles, e assim acabando por conseguir libertar todos os colegas do complexo.

Eu penso que este filme levanta questões como ex. a clonagem, manipulações psicológicas, o progresso científico dos limites da ciência ao serviço da humanidade, com todas as implicações éticas e morais daí decorrentes, além disso debate a dignidade humana, a individualidade das pessoas, do próprio ser humano mas também debater acerca da manipulação da ciência que para mim não é menos importante, para mim esta história é demasiado futurista para acontecer daqui a 13 anos, com um certo exagero em publicidade, no entanto a acção e os cenários estão muito bons e com bons pormenores.



Cristina Rodrigues

04/05/10




©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal