Contexto histórico Após o Concílio de Trento



Baixar 0,57 Mb.
Página1/5
Encontro26.12.2016
Tamanho0,57 Mb.
  1   2   3   4   5
BARROCO

É o estilo de época constituído pelas primeiras manifestações literárias dos anos 1600 a 1700 ocorridas genuinamente no Brasil colônia, embora diretamente influenciada pela cultura européia.



Contexto histórico

Após o Concílio de Trento (uma grande reformulação do catolicismo em resposta à Reforma Protestante provocada por Lutero) a disciplina e a autoridade da Igreja Católica foram restauradas, estabelecendo a divisão entre a cristandade de católicos e protestantes.

Nos estados protestantes as condições eram mais favoráveis à liberdade de pensamento, racionalismo e às curiosidades científicas. Já nos estados católicos (principalmente na península Ibérica) desenvolveu-se um movimento denominado de Contra-Reforma em 1563, promovido pela Igreja Católica, o qual reprimia todas as tentativas de manifestações culturais e religiosas contrárias à Igreja. Nesse período a Companhia de Jesus passa a dominar quase que inteiramente o ensino, exercendo um papel importantíssimo na difusão do pensamento.

O tribunal de Inquisição que se estabelecera em Portugal, para julgar casos de heresia, ameaçava cada vez mais a liberdade de expressão. Nesse período de fortes divergências religiosas e imposições catolicistas, nasce o Barroco que pode ser entendido como o reflexo dos conflitos dualistas: a espiritualidade e o teocentrismo da Idade Média X o racionalismo e o antropocentrismo do Renascimento.



Barroco no Brasil

O Barroco brasileiro foi diretamente influenciado pelo Barroco português, porém com o tempo foi adquirindo características próprias. O principal representante brasileiro foi Antônio Francisco de Lisboa, popularmente conhecido como Aleijadinho. Suas obras, de forte caráter religioso, eram feitas de madeira e pedra-sabão.

Outras artistas importantes foram Manuel da Costa Ataíde e Mestre Valentim. No campo da literatura podemos destacar Gregório de Matos Guerra “o Boca do Inferno” e Padre Antônio Vieira com seus sermões.

Na pintura, é possível identificar o contraste entre o claro e o escuro (antítese) que retratava o conflito vivido pelo homem naquele momento.Um autor de destaque foi Caravaggio (italiano).



Características do Barroco

Culto entre corpo e alma – valorização do profano (gosto pelas satisfações mundanas) do Renascimento em oposição aos ideais de vida eterna;

☺Tema ‘A passagem do tempo’- a tensão causada pela efemeridade da vida;

Forma tumultuosa – oposição aos princípios renascentistas e a ética cristã;

Cultismolinguagem rebuscada, culta, extravagante repleta de jogos de palavras (ocorre na poesia);

Conceptismo – jogo de idéias, de conceitos e raciocínio lógico (ocorre na prosa).



Inconstancia das coisas do mundo!

Nasce o Sol e não dura mais que um dia,
Depois da Luz se segue a noite escura,
Em tristes sombras morre a formosura,
Em contínuas tritezas e alegria.
Porém, se acaba o Sol, por que nascia?
Se é tão formosa a Luz, por que não dura?
Como a beleza assim se transfigura?
Como o gosto da pena assim se fia?
Mas no Sol, e na Luz falta a firmesa,
Na formosura não se dê constancia,
E na alegria sinta-se a triteza,
Começa o mundo enfim pela ignorância,
E tem qualquer dos bens por natureza.
A firmeza somente na incostância. (Gregório de Matos)

IMAGENS BARROCAS

A crucificação de Cristo – Aleijadinho

Igreja barroca

  1   2   3   4   5


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal