Componente curricular língua portuguesa



Baixar 3,23 Mb.
Página1/46
Encontro22.11.2019
Tamanho3,23 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   46
1

PORTUGUÊS CONTEMPORÂNEO: DIÁLOGO, REFLEXÃO E USO 3

COMPONENTE CURRICULAR

LÍNGUA PORTUGUESA

3º ANO


ENSINO MÉDIO

MANUAL DO PROFESSOR

William CEREJA

Professor graduado em Português e Linguística e licenciado em Português pela Universidade de São Paulo

Mestre em Teoria Literária pela Universidade de São Paulo

Doutor em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem na PUC-SP

Professor da rede particular de ensino em São Paulo, capital

Carolina DIAS VIANNA

Professora graduada e licenciada em Português pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Mestre em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Doutoranda em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Professora das redes pública e particular de ensino nos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Membro das bancas de correção da Redação do Enem e do vestibular da Unicamp.

Christiane DAMIEN

Professora graduada e licenciada em Português e Francês pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Mestre em Letras pelo Programa de Língua, Literatura e Cultura Árabe da Universidade de São Paulo (USP).

Doutoranda em Estudos Árabes pela Universidade de São Paulo (USP).

Professora das redes pública e particular de ensino na cidade de São Paulo.

1ª edição - 2016

São Paulo

2

Português contemporâneo: diálogo, reflexão e uso, volume 3



© William Roberto Cereja / Carolina Assis Dias Vianna / Christiane Damien Codenhoto, 2016

Direitos desta edição: Saraiva Educação Ltda., São Paulo, 2016



Todos os direitos reservados

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Cereja, William Roberto

Português contemporâneo : diálogo, reflexão e uso, vol. 3 / William Roberto Cereja, Carolina Assis Dias Vianna, Christiane Damien Codenhoto. -- 1ª ed. -- São Paulo : Saraiva, 2016.

Obra em 3 v.

Suplementado pelo manual do professor.

Bibliografia.

ISBN 978-85-472-0525-6 (aluno)

ISBN 978-85-472-0528-7 (professor)

1. Português (Ensino médio) I. Vianna, Carolina Assis Dias. II. Codenhoto, Christiane Damien. III. Título.

16-03539 CDD-469.07



Índices para catálogo sistemático:

1. Português : Ensino médio 469.07



Diretora editorial: Lidiane Vivaldini Olo

Gerente editorial: Luiz Tonolli

Editor responsável: Noé G. Ribeiro

Editores: Fernanda Carvalho, Mônica Rodrigues de Lima, Paula Junqueira

Preparação de texto: Célia Tavares

Gerente de produção editorial: Ricardo de Gan Braga

Gerente de revisão: Hélia de Jesus Gonsaga

Coordenador de revisão: Camila Christi Gazzani

Revisores: Carlos Eduardo Sigrist, Larissa Vazquez, Lilian Miyoko Kumai

Produtor Editorial: Roseli Said

Supervisor de iconografia: Sílvio Kligin

Coordenador de iconografia: Cristina Akisino

Pesquisa Iconográfica: Camila Losimfeldt, Rodrigo S. Souza

Licenciamento de textos: Erica Brambila

Coordenador de artes: Aderson Oliveira

Design e Capa: Sergio Cândido com ilustrações de Nelson Provazi

Edição de arte: Josiane Batista

Diagramação: Benedito Reis, Josiane Batista

Assistente: Jacqueline Ortolan

Ilustrações: Andressa Honório, Nelson Provazi, Rico, Sonia Vaz

Tratamento de imagens: Emerson de Lima

Protótipos: Magali Prado

077623.001.001



Impressão e acabamento

O material de publicidade e propaganda reproduzido nesta obra está sendo utilizado apenas para fins didáticos, não representando qualquer tipo de recomendação de produtos ou empresas por parte do(s) autor(es) e da editora.

SAC

0800-0117875



De 2ª a 6ª, das 8h às 18h

www.editorasaraiva.com.br/contato

Avenida das Nações Unidas, 7221 - 1° andar - Setor C - Pinheiros - CEP 05425-902

3

Caro estudante

Como muitos jovens que cursam atualmente o ensino médio, você participa de práticas diversas de leitura e escrita nos mais variados contextos: na escola, em casa ou em outros ambientes que frequenta; por meio do celular, do tablet ou do computador; por meio do velho e bom papel em seus mais diferentes tipos e formatos. Da mesma maneira, você interage oralmente em situações variadas, produzindo falas ora mais curtas, ora mais longas, em situações descontraídas ou formais.

Lidamos com linguagens o tempo todo: para opinar, para pedir, para ceder, para brincar, para brigar, para julgar, e assim vamos construindo nossas identidades e sendo construídos pela realidade que nos cerca, pelos outros sujeitos com quem interagimos, pelos textos que lemos, ouvimos e produzimos. Neste livro, tomamos como base essa relação que você já tem com a linguagem para apresentar e discutir diferentes questões sobre a nossa língua, sobre nossas produções literárias e culturais e sobre os textos que produzimos em nossa vida.

Ao adentrar o estudo da literatura, você lerá textos de diversos momentos da história da humanidade e perceberá que os textos literários e as artes em geral (entre elas a pintura, a escultura, a música, o cinema) estão intimamente conectados à realidade social de cada época, surgindo como uma espécie de resposta artística ao seu contexto de produção: refletem, assim, muito da visão política, social e artística do momento em que estão sendo produzidos. Você verá também que mesmo textos escritos muitos séculos atrás guardam relações próximas com obras atuais, confirmando a ideia de que a literatura e seus temas não se encerram em um determinado período, mas transformam-se ao longo do tempo, em um fluxo contínuo, à medida que a sociedade e os sujeitos igualmente se modificam.

Nesse percurso, você conhecerá também nuances da língua na leitura e na produção textual, ao analisar e elaborar textos escritos e orais que circulam em situações de comunicação variadas: relatórios, currículos, poemas, crônicas, reportagens, cartazes, anúncios, seminários, debates, entre muitos outros. Pretendemos, com isso, que você desenvolva ainda mais a sua capacidade de ler e produzir textos de modo eficiente, compreendendo criticamente os sentidos construídos por diferentes escolhas e contextos de circulação e se fazendo entender por meio de um uso reflexivo da língua, que lhe permita trabalhar sobre as diversas formas de produção de sentidos quando é você o autor do texto.

Entendemos ainda que, para além das práticas cotidianas de uso da leitura e da escrita, também faz parte das práticas do estudante do ensino médio a participação em situações bem específicas de linguagem, vividas por quem se prepara para a entrada na universidade e no mercado de trabalho. Por isso, você terá contato com textos específicos dessas esferas, a fim de que esteja bem-preparado para esse novo momento da sua vida.

Os conceitos e conteúdos aqui trabalhados têm, portanto, o objetivo principal de munir você para fazer um uso cada vez mais consciente e reflexivo das estruturas e possibilidades da língua, quaisquer que sejam as situações de comunicação nas quais você venha a se engajar, como leitor ou como produtor de textos. Esperamos que esse caminho seja tão interessante e motivador para você quanto foi, para nós, a elaboração deste livro.

Um abraço,

Os Autores.

4

CONHEÇA SEU LIVRO



ABERTURA DE UNIDADE

O nome da unidade procura contemplar o sentido geral dos conteúdos trabalhados em literatura, gramática e produção de texto.

Na página par da abertura da unidade, sempre há uma imagem relacionada com o período que vai ser estudado na literatura. A imagem é acompanhada de uma legenda ampliada, que comenta a obra. Na página ímpar, ainda há textos e imagens relacionados aos conteúdos de gramática e de literatura a serem trabalhados na unidade.

ANÚNCIO DO PROJETO

No alto da página ímpar, é anunciado o projeto de produção textual que será desenvolvido pelos alunos durante a unidade.



ENTRE SABERES

Nesta seção, o aluno lê um conjunto de textos interdisciplinares que situam a estética literária do ponto de vista histórico, filosófico, econômico, político e de outras manifestações artísticas do período.



ENTRE TEXTOS

Esta seção promove um estudo comparado entre textos de períodos diferentes que apresentam um mesmo tema ou uma relação intertextual.



CONEXÕES

Estabelece relações entre as concepções estético-literárias do período estudado com um texto de outra linguagem, como a canção, o quadrinho, o cartum, a pintura e a escultura.

5

PÁGINA DE ABERTURA DE CAPÍTULO

Apresenta uma imagem e um texto relacionado com o conteúdo de literatura.



NOME DO CAPÍTULO

Inicia-se sempre pela literatura, seguida de gramática e produção de textos.



FOCO NO TEXTO

Leitura e análise de textos representativos do assunto a ser trabalhado, com a finalidade de examinar os temas, os procedimentos formais e as características de cada período literário, tópico gramatical ou gênero, tendo em vista a frente trabalhada.



FOCO NA IMAGEM

Cada período da literatura é iniciado por Foco na imagem, seção em que o aluno toma contato com aquela estética literária por meio da leitura e interpretação de uma obra de arte, ampliando sua capacidade de leitura de texto não verbal.



FIQUE CONECTADO

Esta seção reúne sugestões de outros objetos culturais relacionados com o período em estudo: filmes, livros, músicas, sites, museus, igrejas, etc.



O CONTEXTO DE PRODUÇÃO E RECEPÇÃO

Nesta seção, examina-se o fenômeno literário do ponto de vista da situação de produção, ou seja, quem eram os agentes culturais na época e quem era o público leitor da literatura produzida nesse período.

6

LÍNGUA E LINGUAGEM

É a parte de gramática do capítulo. Geralmente, inicia-se com o estudo de um texto (seção Foco no texto), por meio do qual se explora o conceito de forma contextualizada.



REFLEXÕES SOBRE A LÍNGUA

Apresentação da parte teórica e conceitual do assunto em estudo.



TEXTO E ENUNCIAÇÃO

Nesta seção, o aluno analisa textos, do ponto de vista discursivo, nos quais o conceito gramatical estudado foi utilizado.



PRODUÇÃO DE TEXTO

Inicia-se pelo estudo do gênero textual, a fim de que o estudante conheça seus elementos constitutivos essenciais.



HORA DE ESCREVER

Apresentação das propostas de produção para o estudante escrever.



ANTES DE ESCREVER/ ANTES DE PASSAR A LIMPO

Orientações para escrever e revisar o texto.



MUNDO PLURAL

Seção que pode surgir em qualquer uma das frentes da disciplina - literatura, gramática ou produção de textos - e que relaciona os conteúdos trabalhados no capítulo com as questões cotidianas do mundo contemporâneo, como ética, consumo, meio ambiente, etc.

7

POR DENTRO DO ENEM E DO VESTIBULAR

Organizada em duas subseções, apresenta a resolução de uma questão do Enem (Enem em contexto) e reúne questões das provas do Enem e dos principais vestibulares (Questões do Enem e do vestibular).



PROJETO

Encerramento do projeto de produção textual anunciado na abertura da unidade e desenvolvido ao longo dos capítulos. São saraus, feiras culturais, debates, produção de livros e revistas, etc.

8

SUMÁRIO


UNIDADE 1 - RUPTURA E CONSTRUÇÃO

- CAPÍTULO 1 - O PRÉ-MODERNISMO - CONCORDÂNCIA VERBAL - O CONTO



LITERATURA: O PRÉ-MODERNISMO, p. 14

Augusto dos Anjos, p. 15

Foco no texto: "O deus verme" e "Idealismo", p. 16

Lima Barreto, p. 17

Triste fim de Policarpo Quaresma, p. 18

Foco no texto: trecho de Triste fim de Policarpo Quaresma, p. 18

LÍNGUA E LINGUAGEM: CONCORDÂNCIA VERBAL, p. 23

Foco no texto: "Dois e dois: quatro", de Ferreira Gullar, p. 23

Reflexões sobre a língua, p. 25

A concordância ideológica ou silepse, p. 26

As concordâncias dos verbos impessoais e do verbo ser, p. 27

Texto e enunciação, p. 28

PRODUÇÃO DE TEXTO: O CONTO, p. 30

Foco no texto: "Nós choramos pelo Cão Tinhoso", de Ondjaki, p. 30

Hora de escrever, p. 35

- CAPÍTULO 2 - O MODERNISMO - CONCORDÂNCIA NOMINAL - O CONTO MODERNO E CONTEMPORÂNEO


LITERATURA: O MODERNISMO, p.
38

Foco na imagem: A fonte, de Marcel Duchamp; O grito, de Edvard Munch; Corrente de cachorro em movimento, de Giacomo Balla; As senhoritas de Avignon, de Pablo Picasso; Persistência da memória, de Salvador Dalí, p. 38

O contexto de produção e recepção do Modernismo, p. 40

Meios de circulação, p. 40

O Modernismo em contexto, p. 41

Movimentos e manifestos, p. 41

Foco no texto: fragmento do "Prefácio interessantíssimo", de Mário de Andrade; poemas de Oswald de Andrade, p. 42

Entre saberes, p. 45

Conexões: O japonês e A mulher de cabelos verdes, de Anita Malfatti; "Paranoia ou mistificação?", de Monteiro Lobato, p. 48

LÍNGUA E LINGUAGEM: CONCORDÂNCIA NOMINAL, p. 51

Foco no texto: anúncio, p. 51

Reflexões sobre a língua, p. 52

Texto e enunciação, p. 57

PRODUÇÃO DE TEXTO: O CONTO MODERNO E CONTEMPORÂNEO, p. 59

Foco no texto: "Uma vela para Dario", de Dalton Trevisan, p. 59

Hora de escrever, p. 62

- CAPÍTULO 3 - A GERAÇÃO DE 22 - REGÊNCIA VERBAL - O CONTO FANTÁSTICO LITERATURA: A GERAÇÃO DE 22, p. 64



Oswald de Andrade, p. 65

Mário de Andrade, p. 65

Macunaíma: o herói sem nenhum caráter, p. 66

Foco no texto: trecho de Macunaíma, p. 66

Manuel Bandeira, p. 70

Foco no texto: "Andorinha", "Momento num café" e "Nova poética", p. 70

Entre textos: "O laço de fita", de Castro Alves; "Amor", de Oswald de Andrade, p. 73

LÍNGUA E LINGUAGEM: REGÊNCIA VERBAL, p. 75

Foco no texto: cartaz de campanha de doação de sangue, p. 75

Reflexões sobre a língua, p. 76

Texto e enunciação, p. 80

PRODUÇÃO DE TEXTO: O CONTO FANTÁSTICO, p. 82

Foco no texto: "O retrato oval", de Edgar Allan Poe, p. 82

Hora de escrever, p. 87

POR DENTRO DO ENEM E DO VESTIBULAR, p. 91

PROJETO: ANTOLOGIA DE CONTOS, MINICONTOS E CONTOS FANTÁSTICOS MULTIMODAIS, p. 96

FONTE: Nelson Provazi

9

UNIDADE 2 - PALAVRA E PERSUASÃO



- CAPÍTULO 1 - A GERAÇÃO DE 30: GRACILIANO RAMOS - REGÊNCIA NOMINAL - O DEBATE DELIBERATIVO LITERATURA: A GERAÇÃO DE 30: GRACILIANO RAMOS, p. 100

O contexto de produção e recepção da produção literária da geração de 30, p. 101

Meios de circulação, p. 101

O Modernismo em contexto, p. 102

O romance de 30, p. 102

Rachel de Queiroz, p. 102

Graciliano Ramos, p. 103

Foco no texto: trecho de Vidas secas, de Graciliano Ramos, p. 103

Entre textos: fragmento do poema "O retrato do sertão", de Patativa do Assaré, e canção "Segue o seco", de Carlinhos Brown, p. 107

Entre saberes, p. 110

Mundo plural, p. 113

LÍNGUA E LINGUAGEM: REGÊNCIA NOMINAL, p. 115

Foco no texto: fôlder da Delegacia da Mulher, p. 115

Reflexões sobre a língua, p. 117

Texto e enunciação, p. 120

PRODUÇÃO DE TEXTO: O DEBATE DELIBERATIVO, p. 122

Foco no texto: transcrição de trecho de uma reunião

deliberativa na Câmara dos Deputados, p. 122



Hora de escrever, p. 126

- CAPÍTULO 2 - A GERAÇÃO DE 30: JOSÉ LINS DO REGO, JORGE AMADO E ÉRICO VERÍSSIMO - CRASE - RELATÓRIO E CURRÍCULO LITERATURA: JOSÉ LINS DO REGO, JORGE AMADO E ÉRICO VERÍSSIMO, p. 130



José Lins do Rego, p. 131

Fogo morto, p. 131

Foco no texto: fragmento de Fogo morto, p. 131

Jorge Amado, p. 134

Capitães da Areia, p. 134

Foco no texto: trecho de Capitães da Areia, p. 134

Érico Veríssimo, p. 138

O tempo e o vento, p. 139

Foco no texto: trecho de "Um certo capitão Rodrigo", p. 139

LÍNGUA E LINGUAGEM: CRASE, p. 143

Foco no texto: cartaz do Conselho Federal de Psicologia, p. 143

Reflexões sobre a língua, p. 144

Texto e enunciação, p. 147

PRODUÇÃO DE TEXTO: RELATÓRIO E CURRÍCULO, p. 149

O relatório, p. 149

Foco no texto: "Relatório do 4º Encontro da Comunidade de Desenvolvimento", p. 149

Hora de escrever, p. 152

O currículo, p. 153

Hora de escrever, p. 153

- CAPÍTULO 3 - A GERAÇÃO DE 30 - COLOCAÇÃO PRONOMINAL - CARTAS ARGUMENTATIVAS LITERATURA: A GERAÇÃO DE 30: CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, p. 155



A poesia de 30, p. 156

Carlos Drummond de Andrade, p. 156



Foco no texto: "Coração numeroso" e "A noite dissolve os homens", p. 157

LÍNGUA E LINGUAGEM: COLOCAÇÃO PRONOMINAL, p. 161

Foco no texto: "Abraçando árvore", de Antonio Prata, p. 161

Reflexões sobre a língua, p. 163

Texto e enunciação, p. 167

PRODUÇÃO DE TEXTO: AS CARTAS ARGUMENTATIVAS DE SOLICITAÇÃO E DE RECLAMAÇÃO, p. 168

A carta de solicitação, p. 168

Foco no texto: carta de solicitação, p. 168

A carta de reclamação, p. 169

Foco no texto: carta de reclamação, p. 169

Hora de escrever, p. 171

POR DENTRO DO ENEM E DO VESTIBULAR, p. 174

PROJETO: CIDADANIA EM DEBATE, p. 178

10

UNIDADE 3 - HORA E VEZ DA LINGUAGEM



- CAPÍTULO 1 - A POESIA DE 30: CECÍLIA MEIRELES E VINÍCIUS DE MORAIS - ANÁLISE LINGUÍSTICA: PROGRESSÃO REFERENCIAL E OPERADORES ARGUMENTATIVOS - A DISSERTAÇÃO (I) LITERATURA: CECÍLIA MEIRELES E VINÍCIUS DE MORAIS, p. 182

Cecília Meireles, p. 182

Foco no texto: "Motivo" e "Canção", p. 183

Vinícius de Morais, p. 184

Foco no texto: "Pátria minha" e "Soneto de separação", p. 185

Conexões: "Soneto de fidelidade", de Vinícius de Morais; "Eu sei que vou te amar", música de Tom Jobim e letra de Vinícius de Morais, p. 189

LÍNGUA E LINGUAGEM: ANÁLISE LINGUÍSTICA: PROGRESSÃO REFERENCIAL E OPERADORES ARGUMENTATIVOS, p. 191

Foco no texto: redação do Enem, p. 191

Reflexões sobre a língua, p. 192

Texto e enunciação, p. 195

PRODUÇÃO DE TEXTO: A DISSERTAÇÃO, p. 196

Foco no texto: dissertação do Enem de 2012, p. 196

Hora de escrever, p. 198

- CAPÍTULO 2 - A GERAÇÃO DE 45: JOÃO CABRAL DE MELO NETO - ANÁLISE LINGUÍSTICA: INFORMATIVIDADE E SENSO COMUM - A DISSERTAÇÃO (II) LITERATURA: A GERAÇÃO DE 45: JOÃO CABRAL DE MELO NETO, p. 201



João Cabral de Melo Neto, p. 202

Foco no texto: fragmentos de Educação pela pedra e Morte e vida severina, p. 203

LÍNGUA E LINGUAGEM: ANÁLISE LINGUÍSTICA: INFORMATIVIDADE E SENSO COMUM, p. 207

Foco no texto: anúncio, p. 207

Reflexões sobre a língua, p. 209

Texto e enunciação, p. 213

PRODUÇÃO DE TEXTO: A DISSERTAÇÃO: CONSTRUÇÃO DE ARGUMENTOS, p. 214

Foco no texto: dissertação do Enem, p. 214

Hora de escrever, p. 218

- CAPÍTULO 3 - A GERAÇÃO DE 45: CLARICE LISPECTOR E GUIMARÃES ROSA - ANÁLISE LINGUÍSTICA: IMPLÍCITOS E INTERTEXTUALIDADE - A DISSERTAÇÃO (III) LITERATURA: CLARICE LISPECTOR E GUIMARÃES ROSA, p. 221



Clarice Lispector, p. 221

Foco no texto: conto "Amor", da obra Laços de família, p. 222

Guimarães Rosa, p. 227

Sagarana, p. 228

Foco no texto: trecho do conto "A hora e a vez de Augusto Matraga", p. 228

LÍNGUA E LINGUAGEM: ANÁLISE LINGUÍSTICA: IMPLÍCITOS E INTERTEXTUALIDADE, p. 234

Foco no texto: cartum de Rog Bollen, p. 234

Reflexões sobre a língua, p. 235

Texto e enunciação, p. 237

PRODUÇÃO DE TEXTO: A DISSERTAÇÃO: O CONTEXTO DE AVALIAÇÃO, p. 239

Foco no texto: trecho do Guia do participante - A redação no Enem, p. 239

Hora de escrever, p. 242

POR DENTRO DO ENEM E DO VESTIBULAR, p. 243

PROJETO: SIMULADO ENEM - A REDAÇÃO EM EXAME, p. 248

FONTE: Nelson Provazi

11

UNIDADE 4 - CAMINHOS



- CAPÍTULO 1 - A LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA - ANÁLISE LINGUÍSTICA: AS DIFERENTES FORMAS DE DIZER - VERBETE E PROJETO DE PESQUISA LITERATURA: A LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA, p. 252

O Concretismo, p. 253

A literatura de resistência e a poesia marginal, p. 253

Ferreira Gullar, p. 254



Foco no texto: "Não há vagas" e "Não coisa", p. 254

A literatura brasileira do final do século XX aos nossos dias, p. 257

Milton Hatoum, p. 257



Foco no texto: fragmentos de Relato de um certo Oriente, p. 258

LÍNGUA E LINGUAGEM: ANÁLISE LINGUÍSTICA: AS DIFERENTES FORMAS DE DIZER, p. 263

Foco no texto: notas de jornal, p. 263

Reflexões sobre a língua, p. 265

Texto e enunciação, p. 268

PRODUÇÃO DE TEXTO: VERBETE E PROJETO DE PESQUISA, p. 269

Verbete, p. 269

Foco no texto: verbete de enciclopédia, p. 269

Hora de escrever, p. 271

Projeto de pesquisa, p. 274

Hora de escrever, p. 275

- CAPÍTULO 2 - PANORAMA DA LITERATURA PORTUGUESA NO SÉCULO XX - ANÁLISE LINGUÍSTICA: GERÚNDIOS E GERUNDISMO - CARTA DE APRESENTAÇÃO LITERATURA: PANORAMA DA LITERATURA PORTUGUESA NO SÉCULO XX: FERNANDO PESSOA E JOSÉ SARAMAGO, p. 277




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   46


©bemvin.org 2019
enviar mensagem

    Página principal