Chevrolet prepara importação de novo lote do Camaro



Baixar 42,18 Kb.
Encontro21.08.2018
Tamanho42,18 Kb.




Quarta-feira, 14 de março de 2018

Chevrolet prepara importação de novo lote do Camaro
 

  • Com as unidades adicionais, modelo atingirá marca de 6,5 mil unidades emplacadas no país, recorde entre os superesportivos.




  • Imagem consagrada de “Muscle Cars” icônico e opção de capota conversível são diferenciais competitivos do mais potente Chevrolet no país

 

SÃO CAETANO DO SUL – Mais um lote do Camaro SS está a caminho do Brasil. São aproximadamente 120 unidades da versão cupê e também da conversível que desembarcam a partir da segunda quinzena de março já como modelo 2018.


Este é a terceira remessa importada pela Chevrolet desde a apresentação da nova geração do modelo, na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo.
“O primeiro lote do novo modelo com 100 unidades da edição comemorativa Fifty foi negociado logo na semana do lançamento. Já o segundo, com pouco mais de 130 unidades da versão SS, chegou em março e foi praticamente todo reservado antes do fim do ano. A terceira remessa, a do modelo 2018, chega dentro dessa mesma estratégia: a de manter o produto no mesmo patamar de exclusividade”, relata Rafael L. Santos, diretor de vendas da GM Mercosul.
O Camaro é o superesportivo de maior sucesso do mercado brasileiro. Com as unidades adicionais que estão sendo trazidas, o modelo alcançará 6,5 mil unidades emplacadas no país.
“Além de ser um ícone, o Camaro diferencia-se de outros Muscle Cars por oferecer opção de capota conversível”, lembra o diretor de vendas da GM Mercosul.
Cupê e conversível
O Camaro é o carro mais potente e rápido da linha Chevrolet no país. Equipado com motor 6.2 V8 de 461 cavalos e 62,9 kgfm de torque, o veículo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em cerca de 4s. O câmbio é automático sequencial de oito marchas com opção de trocas por meio de aletas atrás do volante.
Este propulsor oferece tecnologias avançadas, como a nova geração do sistema AFM (Active Fuel Management) de desligamento automático dos cilindros. Em velocidades de cruzeiro, como em uma viagem rodoviária tranquila, o sistema de gerenciamento do motor desativa metade dos cilindros para poupar combustível.
O superesportivo da Chevrolet oferece ainda seletor com quatro modos de condução, sistema de vetorização do torque, freios de alta performance Brembo com assistência de frenagem de urgência, alertas anti-distração, oito airbags, pneus de alta performance, teto solar, faróis de xenônio e lanternas com LEDs.
A cabine do Camaro traz avançados recursos, como painel com tela customizável, Heads-up Display, multimídia Mylink de última geração com Android Auto e Apple Car Play, alto-falantes Bose, carregador wireless para smartphone, volante com aquecimento, bancos dianteiros com ventilação, ajuste elétrico e memória, ar-condicionado dual zone, além de partida remota da ignição.
O Camaro de sexta geração é produzido nos Estados Unidos e caracterizado pelo design imponente e musculoso. Está disponível no mercado brasileiro em duas opções de carroceria - cupê e conversível – e cinco opções de cores: branco, preto, vermelho, azul e amarelo.
###

Fundada em 1911, em Detroit, a Chevrolet é uma das maiores marcas de veículos do mundo, com negócios em mais de 100 países e vendas anuais de mais de 4.0 milhões de veículos. A Chevrolet oferece aos clientes veículos com consumo eficiente, com um desempenho envolvente, um design inovador, características de segurança passivas e ativas e tecnologia de fácil utilização. Mais informações a respeito dos modelos Chevrolet podem ser encontradas no site www.chevrolet.com


Em 2017, as operações na Argentina e Brasil foram integradas na GM Mercosul. No ano de 2017 a Chevrolet vendeu nos dois mercados 517.127 mil veículos, sendo 394.157 mil no Brasil e 122.970 mil na Argentina. A GM Mercosul tem quatro Complexos Industriais que produzem veículos, motores e componentes em São Caetano do Sul, São José dos Campos e Gravataí, no Brasil e em Rosário, na Argentina. Conta ainda com unidades em Joinville (produção de motores e cabeçotes de alumínio), Mogi das Cruzes (produção de componentes estampados) e Indaiatuba (Campo de Provas), Centros Tecnológicos em São Caetano do Sul e Rosário e Centros Logísticos em Sorocaba e General Rodriguez, em Argentina. Mais informações podem ser encontradas no site http://media.gm.com/brasil e Twitter: www.twitter.com/GMBPress

###


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal