Capacitação de Coaches em Conservação Instruções para um Exercício de Revisão Crítica de Alvos de Conservação em Pares (20 minutos) Finalidade do Exercício



Baixar 23,98 Kb.
Encontro15.09.2018
Tamanho23,98 Kb.

Capacitação de Coaches em Conservação

Instruções para um Exercício de Revisão Crítica de Alvos de Conservação em Pares (20 minutos)
Finalidade do Exercício:

  1. Treinar a facilitação do processo de revisão crítica por pares de Alvos de Conservação.

  2. Capacitar o coach na técnica do fazer perguntas direcionadas para provocar respostas relevantes.

  3. Observar e discutir alguns dos assuntos que são comumente levantados no processo de elencar alvos de conservação

Papeis:

  1. Apresentador

  2. Coach/Facilitador

  3. Co-facilitador

  4. Pares participantes na oficina

  5. Instrutor


Instruções:

  1. Uma vez escolhidos os participantes, os mesmos decidirão quem vai desempenhar o papel de Coach/facilitador principal e quem será o Co-facilitador e as posições que vão ocupar na sala.

  2. O Coach/facilitador convida o Apresentador a relatar uma descrição sucinta do projeto do seu time e mostrar a tabela de alvos que sua equipe desenvolveu (duração não mais de 10 minutos)

  3. O Coach/facilitador principal então convida os participantes pares da oficina a fazer perguntas e comentarem os alvos num tipo de revisão conhecida como “tough love” (amor áspero). O Coach/facilitador principal então engaja outros participantes pares na oficina.

  4. O Co-facilitador tem a função de apoiar e complementar o coach principal, oferecendo sugestões aos participantes, compensando os atrasos e o preenchendo as lacunas se houver. Está pessoa poderá anotar os pontos mais importantes levantados pelos pares e registrá-los num papel para compartilhar com o Coach mais tarde. O Co-facilitador deve se responsabilizar para prestar atenção no tempo.

  5. A revisão dos pares deve durar em torno de 15 minutos.

  6. Depois o Coach/facilitador vai sempre deixar a equipe (apresentador) ter a última palavra.

  7. O Instrutor, então pede os pares na oficina para oferecer informações sobre acertos e desacertos (feedback) que observaram na atuação dos facilitadores.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal