Capa-frente Karl Marx Marx abordou as relações capitalistas como fenômeno histórico, mutável e contraditório. Um desses impulsos resulta do processo de alienação a que o trabalhador é submetido, segundo o pensador



Baixar 466,28 Kb.
Encontro05.01.2017
Tamanho466,28 Kb.


Capa-frente

Karl Marx




Marx abordou as relações capitalistas como fenômeno histórico, mutável e contraditório.
Um desses impulsos resulta do processo de alienação a que o trabalhador é submetido, segundo o pensador. Por causa da divisão do trabalho – característica do industrialismo, em que cabe a cada um apenas uma pequena etapa da produção –, o empregado se aliena do processo total. 
Anápolis, 2012.
Faculdade Estadual de Goias.


Contra capa- verso / introdução.

Pretendemos com o desenvolvimento de nosso artigo relatarmos algumas colocações de Karl Marx a fim de buscar elementos para analisar a contribuição do marxismo para a educação, além de conhecer, embora que, de forma resumida, o pensamento pedagógico socialista; descobrir se a concepção socialista da educação que propõem uma educação igual para todos é vigente em nossos dias; refletir sobre a importância da educação no processo de transformação social e compreender como a educação está ligada diretamente ao processo de construção da criticidade do homem, enquanto ser pensante e transformador da sociedade.
O método marxista caracteriza-se pelo movimento do pensamento através da materialidade histórica da vida dos homens em sociedade, isto é, trata-se de descobrir (pelo movimento do pensamento) as leis fundamentais que definem a forma organizativa dos homens em sociedade através da história. Este instrumento de reflexão teorico-prática pode estar colocado para que a realidade educacional aparente seja, pelos educadores, superada, buscando-se então a realidade educacional concreta, pensada, compreendida em seus mais diversos e contraditórios aspectos. Este estudo apresenta algumas considerações sobre a educação na concepção marxista, onde a dialética marxista é ressaltada como uma das abordagens possíveis de interpretação da realidade, e da realidade educacional
.


Anápolis, 2012.
Faculdade Estadual de Goias.


Meio-Curiosidades, e a vida do filosofo

Vida, Familia, objetivos..

Karl Heinrich Marx (1818-1883, conhecido como Karl Marx foi um intelectual alemão considerado um dos fundadores da Sociologia. Seus pensamentos influenciaram diversas áreas como: filosofia, economia, história; também teve grande participação como intelectual no revolucionário movimento operário participando de organizações de luta, combatia o sistema capitalismo e considerava que o socialismo era um modelo mais justo, uma forma de combater as injustiças sociais.

Seu grande mérito foi o de investigar e compreender o funcionamento da sociedade capitalista, além de transmitir as informações aos trabalhadores tornando-os conscientes dos seus direitos, desenvolvendo neles um espírito crítico.

Segundo Marx o capitalismo divide o povo em duas classes distintas: proletários e burguesia, sendo que os últimos são os que detêm os meios de produção e ficam com a maior parte dos lucros, acumulando cada vez mais riquezas pela exploração dos trabalhadores e cabendo a esses somente o mínimo necessário para sua sobrevivência.

Marx considerava que o conhecimento poderia ser um instrumento de transformação na luta dos trabalhadores e na implantação de uma nova sociedade, de transformação social, e para tanto desenvolveu o sistema de educação politécnica, onde nesse sistema não existiria a separação entre trabalho manual e intelectual, sendo fundamentada em três pontos centrais:

1) Ensino Geral – compreendido por línguas, literatura materna e estrangeira e ciências;

2) Educação Física – para o desenvolvimento do corpo ;

3) Estudos Tecnológicos –Esse sistema era em tempo integral, dividido em dois períodos, sendo que no primeiro a criança aprenderia questões pedagógicos e no outro, desenvolvia-se a concepção de produção.

Essa educação politécnica desenvolveria de forma com que o indivíduo pudesse ser formado plenamente, com isso proporcionando mudanças reais na sociedade pois para Marx é através de uma boa educação que é possível transformar a sociedade.

Nossa educação recebeu grande influência de Marx quando ela deseja transformar o indivíduo em um sujeito crítico, autônomo, capaz de analisar, compreender e criticar de forma consciente os fatos que ocorrem na sociedade no desejo de que ela seja cada vez  mais igualitária e justa para todos.
Curiosidades
A vida do filósofo foi conturbada. Muitos exílios. Por volta de 1850, Colônia, Paris, Londres. Com a mulher, as duas filhas, uma empregada, a situação financeira era gravíssima. Recusava-se a trabalhar em algo que não tivesse relação com o que acreditava. Um fato curioso é que por tal época não foi aceito em um trabalho de escritório por causa de sua caligrafia ruim.
Marx em sua juventude pareceu romântico, pouco cuidadoso com os gastos, apreciador das noites. Seu romance com Jenny foi marcante em sua vida. A família dela e a família dele
colocaram muitos impedimentos nesta relação.
Anápolis, 2012.
Faculdade Estadual de Goias.

Costas- Agradecimentos, nome dos participantes, nome do blog, e endereço do blog

Integrantes do grupo

Aline Cristina


Brenda Lorena
Karoline Evelyn
Vanessa Caroline


Professora

Elizabete Tomomi


Blogger



Karl Marx

MARXKA.BLOGSPOT.COM


Faculdade Estadual de Goias
2012.






©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal