Bons ventos! Os bons ventos que sopram na costa brasileira entre agosto e novembro atraem as turmas do kitesurf, do windsurf e do iatismo. Mas quem não tem muita intimidade com os equipamentos também aproveita!



Baixar 198,87 Kb.
Página1/3
Encontro01.08.2017
Tamanho198,87 Kb.
  1   2   3


BONS VENTOS!
Os bons ventos que sopram na costa brasileira entre agosto e novembro atraem as turmas do kitesurf, do windsurf e do iatismo. Mas quem não tem muita intimidade com os equipamentos também aproveita! Por conta do movimento dos esportistas nacionais e estrangeiros, vilas como Jericoacoara (CE) ficam badaladíssimas nessa época, com noites animadas e muita paquera!

Jericoacoara (CE)

As velas de windsurf e as pipas de kitesurf colorem o cenário. Os esportes são praticados na praia do Preá, uma vila de pescadores a 12 quilômetros de Jeri, pico preferido dos estrangeiros; e na parte central da praia de Jericoacoara. Os points são indicados também para iniciantes, uma vez que há escolinhas nas áreas. Quem não quer saber de adrenalina, a dica e relaxar nas lagoas do Paraíso e Azul. No fim do dia, todo mundo se encontra no alto da Duna do Pôr do Sol. A noite é animada e começa no bar Planeta Jeri, segue para algum forró e só termina com os pães quentinhos da padaria Santo Antônio!



São Miguel do Gostoso (RN)

Escondida no ponto exato onde "o vento faz a curva", a vila é perfeita para a prática de esportes à vela. Os melhores ventos se concentram na Ponta do Santo Cristo, uma imensa piscina natural de águas mornas e transparentes - já deu para perceber que os adeptos do Wind e do kitesurf não são os únicos beneficiados quando chegam ao vilarejo! A turma que procura sossego em cenário belo, rústico e aconchegante também encontra pouso certo em meio às dunas da praia de Tourinhos, com pôr do sol encantador. As noites são tranquilas em Gostoso, mas nos finais de semana sempre tem algum burburinho.



Búzios (RJ)

Considerado uma das melhores raias para a prática de esportes à vela do mundo, o balneário faz jus à fama! São vários pontos para curtir as atividades, de acordo com a experiência. O windsurf, por exemplo, reúne os iniciantes na praia da Ferradura, enquanto os experts enfrentam os ventos fortes das praias Rasa e de Manguinhos - as preferidas da turma do kitesurf por conta dos ventos constantes. Em Geribá, as ondas incentivam às manobras radicais. Depois do dia à beira-mar, a dica é seguir para o agito da Rua das Pedras e da Orla Bardot, repletas de bares e restaurantes.



Barra do Cunhaú (RN)

Vizinha da badalada Praia da Pipa, a vila reúne as belezas naturais da região como mar cristalino, dunas, piscinas naturais, mangue... e ventos, claro! Porém, tudo bem rústico e quase deserto. O cenário ganha ainda as águas verdes do rio Curimataú, perfeito para velejar e ponto de encontro de windsurfistas e kitesurfistas. Entre julho e janeiro, essa turma se divide entre as águas doce e salgada, já que os bons ventos sopram por todos os lados! Para interagir com os nativos e com os esportistas, os endereços são as praias da Barrinha e do Pontal, com barracas que servem peixinho frito e cerveja gelada.

  1   2   3


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal