Bio rodrigo y Gabriela



Baixar 67,29 Kb.
Encontro30.06.2017
Tamanho67,29 Kb.




BIO Rodrigo y Gabriela
As surpresas sucedem-se para qualquer um que encontre pela primeira vez a música de Rodrigo y Gabriela, a dupla de guitarristas mexicanos que, ao longo das últimas décadas, tem vindo a conquistar um público fiel na Europa, Estados Unidos, enfim, um pouco por todo o mundo.
Há, logo à partida, um confronto com o estilo híbrido e inquestionável que têm vindo a desenvolver ao longo de duas décadas de trabalho em conjunto. A guitarra rítmica de Gabriela e os riffs de Rodrigo fundem géneros numa espécie de alquimia musical, pondo a dialogar géneros tão díspares como o flamenco, a folk e o rock.
Mas é também a história que trouxe este par para as luzes da ribalta – enchem frequentemente as maiores salas de concertos – que não pode deixar de surpreender e espicaçar a curiosidade. Porque foi afinal nos insuspeitos clubes de heavy metal da Cidade do México que esta parceria se iniciou. Sem treino musical formal, Rodrigo y Gabriela encontraram na energia desinibida e no espírito de comunidade da cena metal a inspiração para pegarem nas suas guitarras acústicas de uma maneira completamente nova e original.
Fizeram as malas e, sem falar inglês, decidiram lançar-se num périplo pela desconhecida Europa. Instalaram-se em Dublin no ano de 1999, onde começaram a tocar entre ruas e bares. Em poucos anos, tornaram-se quase um mito urbano na Irlanda, e os milhões de visualizações que foram reunindo no Youtube tornou inevitável a exportação do fenómeno para o resto do mundo.
Foi já há mais de 10 anos, em 2006, que deram o salto dos pubs para o estúdio e iniciaram uma carreira discográfica. Rodrigo y Gabriela, que inclui uma famosa versão de Stairway to Heaven dos Led Zeppelin, atingiu de imediato o lugar cimeiro no top irlandês e foi aclamado pela sua capacidade de traduzir a energia contagiante dos concertos desta dupla, que muitos preferem definir como autênticas celebrações.
A digressão que se seguiu incluiu o mítico concerto no Olympia Theater em Dublin, que a banda agora lança em formato álbum e dvd ao vivo, como forma de assinalar os dez anos passados desde a edição do seu primeiro disco. A efeméride fica igualmente marcada por uma digressão onde voltam a explorar os temas desta altura, com novas versões e algumas novidades, e que trazem a Portugal, dia 18 de Julho, nos Jardins do Marquês, pela mão do EDPCOOLJAZZ.
Os frutos do sucesso não deixaram de ser colhidos desde essa altura. Seguiram-se álbuns – como 11:11 de 2009, ou 9 Dead Alive de 2014 – em que cada canção é dedicada a autores que inspiraram a sua música, de Jimi Hendrix a Piazzolla, de Pink Floyd a Dostoyevsky. Em 2011 juntaram-se a uma orquestra de 13 músicos cubanos e retomaram os sons latinos que pareciam ter abandonado, sem deixar de os subverter numa fórmula só sua. Trabalharam com os seus ídolos, como os Metallica e os Rage Against the Machine, entre muitos outros.
Tocaram na Casa Branca para Barack Obama e ofereceram um pouco da sua magia às bandas sonoras de Piratas das Caraíbas e Shrek. Mas para lá de todas as peripécias biográficas há, muito simplesmente, a química que os une em palco. Apesar de a voz não fazer habitualmente parte das atuações, a mestria com que tocam as suas Yamaha acústicas traz permanentemente ao de cima conversas, confrontos e interrogações, feitas não de palavras, mas do diálogo entre tons e nuances, ritmo e melodia, acordes e ressonâncias que outra e outra vez lançam esta dupla para a estrada, onde tudo começou.

Site: http://www.rodgab.com

Facebook: http://www.facebook.com/rodgab/

Twitter: http://twitter.com/rodgab

Instagram: http://www.instagram.com/rodrigoygabriela/

Video: https://www.youtube.com/watch?v=ENBX_v1Po1Y






©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal