Atividade 2 – Geologia



Baixar 214,06 Kb.
Encontro25.08.2018
Tamanho214,06 Kb.

Atividade 2 – Geologia




  1. Os dinossauros tiveram o ápice de sua diversificação no período Cretáceo, com destaque para o Tyranossaurus e o Triceratops. Qual o período em que este ápice aconteceu? Caracterize o período Cretáceo.



Neste período os continentes já estavam separados de forma muito semelhante ao que conhecemos hoje. As florestas evoluíram e as primeiras plantas com flores apareceram.Este foi o auge da era dos dinossauros, onde reinava o feroz e temido Tyrannosaurus Rex. Bandos de Triceratops com seus magníficos chifres e Parasaurolophus com suas cristas enormes e barulhentas também vagavam pelo planeta.

2. Sobre o planeta Terra, sua idade e evolução, assinale a alternativa correta em relação às afirmativas apresentadas.


 

( F ) A Terra se originou há, aproximadamente, 9,6 bilhões de anos, juntamente ao início da formação do universo. As primeiras formas de vida na Terra surgiram na Era Mesozoica. Atualmente, encontramo-nos na Era Paleozoica, no período Cretáceo.  

( V ) O método de datação realizado a partir do carbono quatorze (C14), que é um elemento radioativo absorvido pelos seres vivos, é muito utilizado para a investigação da idade de achados arqueológicos mais recentes, de origem orgânica, pois sua meia-vida é de 5.700 anos.  

( V ) O tempo geológico é dividido em Éons, Eras, Períodos e Épocas. A sua sistematização cronológica é conhecida como escala de tempo geológico. A partir dessa sistematização, foi possível estabelecer uma sucessão de eventos desde o presente até a formação da Terra.  

( F ) A deriva dos continentes iniciou-se na Era Cenozoica, por volta de 100 mil anos atrás, quando só existia um único continente chamado de Gondwana. Posteriormente, no Holoceno, esse continente se dividiu em cinco outros continentes, chegando à configuração atual.


  1. F,F,F,V.

  2. F,F,V,V.

  3. F,V,V,F.

  4. V,V,F,F.

  5. V,V,F,V

3.

O importante fato da evolução, o aparecimento dos ostracodermes, peixes sem mandíbula e com carapaça externa, ocorreu em que período?



  1. Devoniano




  1. Pré Cambriano




  1. Cambriano




  1. Siluriano




  1. Ordaviciano






4. Assinale, dentre as alternativas abaixo, aquela que NÃO é uma das Eras Geológicas:

  1. Cenozoica

  2. Arqueozoica

  3. Litozoica

  4. Proterozoica

  5. Paleozoica

5. Período caracterizado por intenso vulcanismo e formação de maior parte da crosta terrestre:



  1. Pré Cambriano – Éon Hadeano

  2. Pré Cambriano – Éon Arqueano

  3. Cambriano

  4. Pré Cambriano – Éon Proterozoico

  5. Ordoviciano

6. Em relação aos eventos relacionados ao período pré-cambriano, assinale a alternativa incorreta:

  1. Iniciou-se a fragmentação do supercontinente Pannotia

  2. Iniciou-se a formação do continente Gondwanna

  3. Não havia presença de invertebrados

  4. Continente Sibéria iniciou sua formação

  5. Iniciou-se a formação do continente Laurência-Báltico

7. Qual o nome do primeiro supercontinente a ser formado?



  1. Gondwanna

  2. Pannotia

  3. Laurência-Báltica

  4. Sibéria

8. Com base nos estudos dos fósseis e da dinâmica terrestre, os geocientistas procuram compreender as transformações do ambiente, organizadas em uma ordem cronológica expressa na escala de tempo geológico.  Associe adequadamente as características apresentadas no bloco inferior com os intervalos de tempo geológico do bloco superior.

1 - Mesozóico

2 - Paleozóico

3 - Cenozóico

4 - Pré-Cambriano

 

( )Surgimento das primeiras formas de vida.



( )Formação das cadeias de montanhas atuais, como os Alpes, o Himalaia e os Andes.

( )Início da fragmentação do continente primitivo (Pangea), dando origem a duas massas continentais: Gondwana e Laurásia.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo

  (A)      4 – 1 – 3.

 (B)      4 – 3 – 1.

 (C)      2 – 4 – 3.

 (D)      3 – 4 – 1.

 (E)      1 – 2 – 4.

9. Com o desenvolvimento da Teoria da Tectônica de Placas, fenômenos como a formação das cadeias montanhosas e das fossas submarinas foram melhor compreendidos. Com isso, sabe-se que a Cordilheira dos Andes se encontra em uma região da crosta terrestre que

 (A)      apresenta uma área de colisão de placas tectônicas.

 (B)      forma margem continental do tipo passiva.

 (C)      se situa em uma área de expansão do assoalho oceânico.

 (D)      apresenta uma área falhada pela formação de uma dorsal oceânica.

 (E)      coincide com limites divergentes de placas tectônicas.

 

10. Assinale a afirmação correta em relação aos movimentos tectônicos e ao vulcanismo.



 (A) Os movimentos tectônicos são provocados por forças basicamente exógenas, atuando de forma lenta e prolongada na estrutura e no modelado da crosta terrestre.

 (B) As forças tectônicas, que atuam predominantemente no sentido vertical sobre as camadas de rochas resistentes, originam as grandes cadeias montanhosas.

 (C) O material vulcânico que se acumula na superfície produz o chamado relevo cárstico, caracterizado pelas formas dômicas derivadas da sobreposição contínua de material piroclástico.

 (D) A diferença, em energia liberada, de um terremoto de nível 5 para outro de nível 6 na Escala de Richter é equivalente à diferença, em energia, de um terremoto de nível 6 para outro de nível 7.

 (E) O surgimento da Dorsal Meso-Atlântica corresponde a áreas de divergência de placas litosféricas, onde ocorrem fenômenos vulcânicos e tectônicos.

Vídeos:

https://www.youtube.com/watch?v=YNIaM85n8R8



https://www.youtube.com/watch?v=os3wo9Sz2Cg&t=130s


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal