Ata nº 034/2015 – 28ª sessão ordinária de 01 /setembro/2015



Baixar 54,29 Kb.
Encontro13.12.2016
Tamanho54,29 Kb.
ATA Nº 034/2015 – 28ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 01 /SETEMBRO/2015 – Ao primeiro dia do mês de setembro do ano de dois mil e quinze, na sede da Câmara de Vereadores de Nova Santa Rita, realizou-se a vigésima Oitava Sessão Ordinária, do terceiro ano da sexta legislatura, com a presença de todos os vereadores, exceto Vereador Antônio Pfeil que se encontrava de licença médica. O Senhor Presidente, Vereador Guilherme Mota, deu início aos trabalhos às dezoito horas e cinco minutos, com a proteção de Deus e do Povo de Nova Santa Rita, cumprimentou os presentes. ATA 033/15 – Aprovada por unanimidade. COMUNICAÇÕES DE LIDERANÇAS: Ver. Danilo saudou a todos os presentes e disse que era uma honra e uma satisfação vê-los todos ali. Disse que o Solidariedade de Nova Santa Rita ontem no dia trinta e u de agosto realizou o Encontro Municipal com a presença da Executiva Estadual o Senhor Claudio Janta que era o Presidente do Partido e o Secretario Geral Marco Vieira e também contaram com a presença de companheiros de Triunfo o senhor Rodrigo no evento que aconteceu no Clube Esperança, eles do Solidariedade colocaram a disposição nomes para concorrer a proporcional do município de Nova Santa Rita a vereadores e colocaram também para concorrer a chapa majoritária aonde o nome do Ver, Danilo Barbudo concorrerá a Prefeito, onde que vereadores que estavam presentes até o momento colocaram o nome do senhor José Carlos da Pedreira, o nome do senhor Júlio Cesar do bairro Morretes e a senhora Carine do bairro Califórnia e o amigo companheiro Claudio do Caju e da Itapuí a companheira Isabel e do Assentamento Santa Rita o companheiro Diogo e do Berto Círio o companheiro João Paulo e o companheiro Valdoli do bairro Morretes e do Berto Círio e acreditava que não tinha esquecido de nenhum. Falou que tinham a nominata completa e não tinham colocado todos os nomes ainda para que as pessoas que militavam em política sabiam bem permaneçam um pouco mais curiosos e tinha a certeza que no dia de ontem a noite foi o marco para Nova Santa Rita, marco porque tinham o pré candidato que era a Prefeita Margarete e o Solidariedade também tinha um pré candidato ao próximo pleito que vira logo a frente. Disse que vinham com proposta e vinham com projeto, pois o Solidariedade era o Partido voltado para os trabalhadores e um partido que foi criado na base dos trabalhadores u partido que realmente conhecia essa cidade e podiam ter certeza que muitas pessoas debocham, riem, mas com a maior tranqüilidade sabia que as coisas começaram a se mexer. Disse que tinha participado de uma reunião na quinta feira em que foi convidado para outra finalidade pela Presidente do Sindicato e não lhe agradou porque convidem e lhe digam a pauta e iria ver se realmente lhe serve ou não. Disse que o Solidariedade estava com a chapa majoritária, mas a chapa a vice-prefeito ainda não tinham colocado e iriam para mais adiante e disse que era possível uma coligação, pois pensam que caminham por aquilo que acreditavam e sabiam que a maquina publica estava inchada e sabiam que era muita secretaria e eles tinham proposta e o Solidariedade já tinha vindo com isso e não adiantava coligar diversos partidos para que, para continuarem na mesmice e não irão trocar as moscas, pois irão governar a cidade de Nova Santa Rita e o Solidariedade vai governar para o povo de Nova santa Rita e isso podiam ter certeza. Ressaltou que foi uma satisfação e uma honra acreditar que o povo de Nova Santa Rita estava se filiando voluntariamente onde vêem

e pedem a filiação e agradeceu a todos e com certeza voltarão a tocar nesse assunto. Ver. Guilherme saudou a todos os presentes e disse que enquanto Líder do PMDB queria ali anunciar que no sábado fizeram a convenção do Partido onde elegeram um novo diretório e se sentia extremamente orgulhoso de poder ver um diretório com tantos nome com historia e atuação política no município e isso demonstrava o quanto o seu partido PMDB de Nova Santa Rita cresceu ao longo dessa Legislatura e isso se dava ao fato de terem pela primeira vez na historia do município conseguirem uma cadeira no Legislativo, ma também era fruto de um trabalho de muita luta do Presidente reeleito Jorge Passaia e de um trabalho que visava poder buscar o melhor e eles entendiam que na sociedade para montar o partido político. Disse que esse sentimento de felicidade vereador Danilo era o sentimento que tinha a certeza que ele tinha e não podia enquanto líder do PMDB cumprimentar o senhor líder do Solidariedade pelo evento que tinha realizado. Disse que era verdade que existiam pessoas que riem quando o senhor dizia que era candidato a Prefeito no mínimo pessoas que desconhecem talvez a história política que o senhor tenha ou que o desconhece o que era a democracia, pois o senhor vinha colocar ali era algo que no momento em que perdem e ai a política ira acabar e por isso parabenizava e tinha a certeza que não era fácil numa segunda feira reunir mais de cem pessoas para falar de política, ainda mais num cenário onde a política estava extremamente desgastada e a população tentava se afastar do cenário político. O senhor fez historia e via esse pensamento do seu partido extremamente importante para Nova Santa Rita e tinha a certeza que era o mesmo orgulho que tinha em seu partido era o mesmo orgulho que o senhor tinha do seu Partido e quem ri e debocha com certeza não estava faltando com o respeito ao Vereador Danilo e sim estava faltando com respeito com o partido político e com as centenas e foram provadas pela foto as centenas de pessoas que já agregaram essa agremiação política e parabenizou o vereador Danilo. Ver. Marli Castro saudou a todos os presentes e comentou sobre a preocupação com a saúde do colega Líder do PDT, pois se encontrava hospitalizado, mas para a tranqüilidade deles tinha ido visitar a família a tarde e soube que ele estava bem e possivelmente tenha alta amanhã após os exames que estava realizando e esperava que o colega se recupere logo para integrar novamente ao trabalho. Disse que durante a semana tiveram vários eventos e queria destacar um que era a reunião que tiveram no dia de ontem onde participou do colegiado chamado de conselhão que era um grupo de representantes que compõem o conselho do desenvolvimento da comunidade e na pauta de ontem discutiram a questão do plano diretor, porque era uma pauta que vinha chamando a atenção e vinha tomando muito o tempo desse bloco e sabia que existia o bloco de andamento da licitação da Empresa que devera tratar dessa demanda onde serão cinco Empresas que estarão se credenciando e a que ganhar a licitação vai cuidar nesse momento. Disse que sem duvida nenhuma o plano diretor seria uma reformulação propriamente o plano já existente, mas sabem que o plano diretor de Nova Santa Rita foi criado a oito ou dez anos atrás durante o governo Amilton e foi simplesmente para preencher uma lacuna legal uma solicitação e um apontamento no Município e não conseguiram naquela época criar toda uma estrutura necessária compatível e agora havia tempo hábil e retomando esse processo e logo então essa Empresa que ir cuidar

desse tema e com certeza vai fazer um estudo no município e colocar para a comunidade e irão fazer diversos encontros com representantes de diversos bairros para junto poderem mapear realmente um planejamento para consigam dar a continuação e pensar na cidade para o futuro melhor. Disse que sabiam que nos dias de hoje era necessário que para esse tipo de ação e tenham o atendimento de que havia uma necessidade importante de preservar a questão ambiental e tinha em qualquer ação que possa fazer e principalmente numa cidade como Nova Santa Rita que era uma cidade bastante espraiada e com bairros muitos dispersa era uma cidade muito grande e cercada por rios inclusive no potencial e lugares de preservação e inclusive com muitos espaços para potencial político e era necessário que acha planejamento a médio e longo prazos para não ficar logo adiante ter que mexer novamente. Disse que de qualquer maneira entendiam que eles vereadores terão um papel muito importante quando chegarem nessa pauta enquanto eles possam acompanhar esse debate nos mais diversos bairros com as representações e as entidades que deverão fazer parte e cuidar para que eles possam realmente criar um plano com condições viáveis para o crescimento dos loteamentos, pois no interior estavam se formando vilas alem das que já foram herdadas quando houve a emancipação, mas depois veio muitas vilas clandestinas na cidade e era um problema serio hoje e principalmente no futuro do município e o plano diretor com certeza ira criar condições para regulamentar ou limitar esse espaço dessas ações e disse que foi um avanço importante a reunião e logo serão chamados para discutir esse projeto. GRANDE EXPEDIENTE: Ver. Danilo saudou a todos e continuava falando sobre o Encontro do Partido e disse que quando construíram esse Encontro pensaram numa data e tinha dito ao colega Marco para colocarem numa segunda feira aonde terminou uma novela e estava começando uma novela na rede Globo num horário nobre e se conseguirem colocar trinta pessoas lá dentro já estavam satisfeitos e começaram a desenvolver o trabalho e conseguiram realizar o evento e todos voluntários e tinha pessoas lhes procurando para ajudar e como era bom fazer política seria o que o Solidariedade tinha para dar e oferecer propostas, pois não tinham cargos e não tinham negociatas. Disse que as pessoas vinham por acreditavam numa mudança e o Solidariedade estava oferecendo isso e falou que quando anunciaram isso para algumas pessoas que o evento seria do Solidariedade lhe perguntaram se não tinha que convidar as outras siglas e ele disse não, pois o evento era do Partido, pois cada partido fazia as suas reuniões, cada partido mobilizava, cada partido construa-se, pois não era hora de se pensar em coligação, pois fortalecer as legendas e fortalecer a estrutura partidária e depois iriam conversar, mas o Solidariedade já tinha uma proposta com o partido que nascia na base dos trabalhadores, um partido que defendia o aposentado um partido que defendia o trabalhador e defendia as causas sociais e não irão fugir daquilo que se propõem desde a sua fundação. Disse que se estivessem satisfeitos com o que vem acontecendo dentro dos partidos que foi eleitos ele não saia porque fugiram e esqueceram e o Solidariedade tinha proposta e tinha base e raiz e na força de trabalho dos trabalhadores e na força que mexia com essa maquina e esse partido mostrou isso ontem e tinha a certeza que após o termino ainda quando as pessoas lhe cumprimentavam e lhe diziam e algumas pessoas do PP que lá estavam para ir para o

partido, como o PTB que La estiveram para ir para o partido e disseram Danilo estava de parabéns e disse não, pois parabéns estava a cidade por ter mais uma sigla partidária por ter mais pessoas que acreditam que política se podia fazer seria, pois política se fazia olhando para o futuro e não olhando em cima dos pés em que eles do Solidariedade tinham certo que este partido iria governar Nova Santa Rita mais hoje ou amanhã. Disse que era um cara treinado e era um cara preparado e vinha estudando ao longo de sua vida e por isso conseguiram manter o partido com a cara deles a cara dos trabalhadores e tinha a certeza que esse partido que se deu no primeiro momento de chacota a nível Nacional hoje podiam ter certeza que era o partido que tinha grande horário na televisão visto as propagandas. Ver. Antônio Alves saudou a todos os presentes e disse que gostaria de falar um pouco de trabalho onde na semana passada tinham encaminhado junto a secretaria de obras sobre o arroio que atravessava o bairro Berto Círio e tinham começado uma limpeza na quinta feira o que não foi possível por que estava muito molhado e certamente essa semana irão concluir e uma preocupação enorme que tinham em concluir. Disse que estavam cobrando muito a secretaria e eles estavam enviando o orçamento para que viesse o material o qual havia chegado e viram que foi tapado os buracos em várias ruas nos bairros e foi um trabalho que ficou bom para todos e também no centro a comunidade que exigia que fizesse um trabalho na Rua Teófilo e pediram que agenda-se uma reunião com a Prefeita e o serviço estava pronto. Disse que era motivo de agradecer o pessoal da secretaria de obras que não tem medido esforços. Disse que de uma forma ou de outra estavam trabalhando, pois havia muitas demandas na área de limpeza, pois havia muito lixo na beira das estradas nesse tempo de poda, mas estavam atentos para que possam servir melhor a comunidade e assim ir demonstrando o interesse de ver a cidade mais limpa e melhor de se viver. Ver Guilherme disse que nesse momento queria utilizar a tribuna para fazer uma breve reflexão sobre a atuação e importante ressaltar a importância e disse ao vereador Antônio Alves que quando ia a tribuna e colocava demandas atendidas pelo município e o vereador Júlio também lhe falava no inicio da sessão de uma semana muito produtiva e que vai talvez na pratica até desacordo que tinha se criado na sessão passada do governo que trabalhava de um lado ou de outro, mas o que em fim o que via absolutamente diferente e vinha de uma ação no bairro Morretes aonde foi inaugurado o novo posto de saúde com uma infraestrutura fantástica onde a comunidade vai ter sim um local de acolhimento com o que havia de melhor e via o vereador Antônio Alves com suas demandas atendidas e o vereador Marli Castro também teve pedidos atendidos essa semana inaugurando Escolas juntamente com o vereador Júlio e o vereador Jair também e achava importante a atuação que tiveram no Loteamento Popular e fazia eles refletir e ver que realmente o governo estava comprometido com as demandas solicitadas pelos vereadores e também o vereador Alex que lhe comentou sobre as ações que foram atendidas desde a limpeza do banheiro até a questão que teve com a Defesa Civil o que achou extremamente eficaz e a maneira de como a secretaria de obras havia lhe atendido. Disse que achava que estavam mudando para uma nova realidade e talvez a postura firme dessa Câmara tanto dos vereadores da oposição ou situação associado a serenidade do Prefeito de ver que a demanda atendida não beneficiava o vereador ela

beneficiava a comunidade. Disse que esteja nascendo ai um casamento muito bom mesmo que independentes, mas harmoniosos e o município começava demonstrar o interesse nas ações levantadas aqui pelos representantes legais do povo que eram os vereadores e estavam todos de parabéns. Ver. Marli Castro disse que gostaria de falar sobre mais algumas ações da semana onde tiveram um ato muito importante na segunda feira quando fizeram o ato de abertura da iniciação das obras de construção do novo prédio da Escola Treze de Maio na comunidade Itapuí. Disse que era um projeto que tinha o custo de um milhão e cinqüenta e oito mil reais e cento e sessenta mil reais de contra partida do município e o restante do Governo Federal. Disse que era importante lembrar que era necessário projetar sim as coisas. Disse que lembrar que era necessário projetar as coisas. Disse que quando levaram essa demanda junto ao Ministério da Educação no inicio de 2013 era claro que tinham levado uma demanda bastante grande para quase todas as Escolas municipais e inclusive para criação de creches e sabia que não iriam ganhar tudo isso, mas se não projetar e se não criar projetos não vai se ter a realização da obra, mas tiveram a felicidade de ter conquistado grande parte daquilo que pediram inclusive tinham o privilégio de ter lá o Deputado Marcon que conseguiu facilitar o acesso nos diversos Ministérios e diversas obras em Brasília e nessa da educação aonde já construíram e ampliaram Escolas e falou que no dia doze de setembro estava previsto a inauguração da creche no bairro Berto Círio o que também era demanda implantada desde o inicio desse governo e era claro que também tinha vereadores que fizeram como o vereador Júlio fez a indicação solicitando essa obra e era importante, pois diversos vereadores se integraram solicitando esse tipo de investimento e lhes enchiam de orgulho porque também atendiam de que o município parou muito tempo e estão aproveitando a oportunidade de sinalizar recursos para muitas outras obras que estavam chegando. Disse que em Brasília o Deputado Marcon o que estava em fase bem avançada os recursos para construção de mais três mil metros de asfalto que vai do caju até a Escola Treze de Maio o que faltava só fazer a documentação para esses valores. Disse que eram coisas que tinham o bastante tempo em Brasília e vários projetos que foram levantados varias vezes sobre a questão dos viadutos na BR 386. Falou da importância de se criar os projetos e as proposições e continuar para que isso aconteça e a cidade era um município que tinha u espaço muito grande para crescer. Disse que havia uma lei que breve deveria estar chegando na Câmara que era iniciativa sua que era a criação da PPP onde estava discutindo com a Prefeita e Empresários o que talvez seja uma forma de buscar parceiros para aproveitar o crescimento que a cidade tinha e poder investir na qualidade de vida da população e porque não aproveitar esse momento que tinha espaço para ser de qualidade e de uma forma planejada. Disse que era nisso que precisavam s somar e entendia que todos os vereadores querem uma cidade melhor. Ver. Renato saudou a todos os presentes e estimou as melhoras do vereador Antônio Pfeil e que possa estar em breve na Casa. Parabenizou o vereador Guilherme por ser o novo papai na cidade. Disse que gostaria de se reportar ao vereador Júlio e falou que tinha passado lá e era horrível a situação e perigosa, pois se sair de uma BR e não era somente um carro, pois em horário de pico era muito movimento e um dia de chuva ninguém iria enxergar os buracos. Disse que

entendia que tinha coisas que eram prioridades e nesse momento se estão aguardando licitações e por isso queria se juntar a sua preocupação, pois estava horrível. Disse que o bairro Caju onde a Avenida Santa Rita no lado direito era horrível, pois era buraco dentro do outro, pois até a parada vinte estava intrafegável. Disse que a rotula do bairro Califórnia tinha um buraco enorme e falou que o conserto da InterCement onde passava o trem era que ficou bom, pois o resto onde foi colocado os asfalto virou farinha. Disse que no centro agora estavam tapando os buracos e que bom se houvesse programação na secretaria de obras e que não fosse necessário varias pessoas quebrarem seus carros. Disse que mais uma vez iria fazer a má administração da secretaria de obras municipal que não tinha programação, pois se tivesse o estoque de sacos de asfalto lá poderia amenizar bastante a situação. Disse que no tempo do vereador Jair, quando era diretor não faltava sempre tinha, mas agora infelizmente e disse que não adiantavam pintar meio fio e os buracos todos abertos. Disse que infelizmente depois que tamparem esses buracos da avenida principal esperava que pudessem proliferar em outros bairros, pois era praxe desse governo pintar meio fio. Falou que seriam vergonhosas as crianças em sete de setembro desfilar dentro dos buracos. Disse que possam dar atenção em outros bairros e que organizem um pouco mais a secretaria. ORDEM DO DIA: INDICAÇÃO: Ver. Alex – No sentido de que a secretaria competente efetue a extensão da rede de esgoto localizado na travessa da Rua Carlos Gomes, próximo à residência nº 510, Bairro Centro. Aprovado por unanimidade. Ver. Alex – No sentido de que a AES SUL realize a troca do poste na entrada da travessa que se localiza na Rua Carlos Gomes, próximo à residência nº 510, Bairro Centro. Aprovada por unanimidade. Ver. Alex – No sentido de que a AES SUL realize a implantação da rede de baixa tensão, na travessa localizada na Rua Carlos Gomes, próximo à residência nº 510, Bairro Centro. Aprovada por unanimidade. Ver. Alex – No sentido de que a Secretaria competente efetue a colocação de fresa asfáltica e a compactação com rolo, no Beco 1, Estrada Nova, Bairro Sanga Funda. Aprovada por unanimidade. Ver Danilo – No sentido de que a secretaria competente efetue a construção de uma área coberta em frente à capela do cemitério do Bairro Berto Círio. Aprovada por unanimidade. Ver. Danilo – No sentido de que a secretaria competente efetue a construção de uma área coberta em frente à capela do cemitério do Bairro Morretes. Aprovado por unanimidade. REQUERIMENTO: Ver. Guilherme solicitou adiamento de votação da Moção por uma sessão. Aprovado. MOÇÃO: Moção nº 001/15-S.E. – Manifestando agradecimentos ao Sr. Diego Lompa, pela ajuda prestada no combate ao incêndio no dia 08/08/15, que atingiu o prédio da Câmara de Vereador. Votação adiada por uma sessão. PAUTA: Projeto de Lei nº 001/15-S.E. – Autoriza o Poder Executivo Municipal a criar um concurso literário entre estudantes de Nova Santa Rita. Dada a 1ª pauta. Projeto de Lei nº 002/15-S.E. – Dispõe sobre a obrigatoriedade da criação de Grêmios Estudantis nas Escolas de Nova Santa Rita. Dada a 1ª pauta. Projeto de Lei nº 024/15 – Altera dispositivos da Lei nº 1221, de 19 de dezembro de 2014, Código Tributário Municipal. Dada a 1º pauta. EXPLICAÇÕES PESSOAIS: Ver. Júlio saudou a todos os presentes e disse que tinha ido até a tribuna para falar sobre trabalho, pois se obstem do grande expediente porque era somente um assunto conforme regimento interno. Falou o quanto

era importante as pessoas colocar e usar as redes sociais, jornal, TV e radio para pedir e agradecer e para orientar muitos aqueles que tinham a direção do trabalho e muitas vezes não enxergava. Parabenizou o alemão que nessa semana colocou no fecebook e procurava não se manifestar em qualquer tipo de manifestação da comunidade sendo para criticar ou elogiar, mas continuava dizendo que a comunidade era o parâmetro de tudo, pois quando a comunidade falava que tinha um problema e quem administrava e era o gestor e quem legislava era o trabalhador em si o servidor independente se for CC ou não aquele que tinha o poder de dirigir e fazer os trabalhos devia ouvir a comunidade. Disse que na semana tiveram a radio o que para ele era um parâmetro e como trabalhava de segunda a sexta na radio e sempre dizia aos secretários quando ia às reuniões e falava que a sua pasta estava bem ou mal e tinha dito ao secretario Revilino que a secretaria de obras foi o parâmetro para derrubar o Chico Brandão em Nova Santa Rita porque os quatro anos que esteve na rádio a maioria das pessoas reclamavam do Paulo Careca e depois o Silvio assumiu a secretaria o qual conseguiu consertar uma parte, mas foi muito pouco tempo para consertar aquilo que já não tinha mais conserto, Disse que a comunidade quando começava a se rebelar e apontar de que não estava contente e que o gestor não devia s preocupar com aquele que só dizia que estava bom ele tinha que começar a se preocupar com as queixas e com aquele que indicava que estava ruim e tinha que consertar. Como tinha dito na semana passada que não era muito queridinho da Prefeita, pois ela lhe respeitava e ele respeitava e em todos os lugares que iam ela estava sempre ao seu lado e puxando para tirar fotos e assim o fazia com muito respeito, mas tinha certos lugares que viam que tinham certos vereadores que querem estar muito próximo da Prefeita e esquecem-se de cobrar aquilo que tinha que cobrar e o que tinha dito ali já tinha chegado distorcido para ele lá em que ele estava falando mal e não era o queridinho da Prefeita, pois respeitava ela, pois era a sua Prefeita independente de partido e como tinha dito com a Casa cheia que odiavam o Chico Brandão e tinha dito para ele que estava saindo e poderia um dia voltar e isso era respeito pela pessoa que ocupava o cargo, Disse ao vereador Danilo que falava e tinha coragem de ser candidato a Prefeito tinham que respeitar assim como os outros viram aqui colocar seus nomes para o Executivo e tinham que trabalhar muito, pois não tinha ninguém leigo e pesquisa não elegia ninguém o que elegia era a urna e a urna mudava até no dia da eleição e por isso que muitas pessoas esqueciam e ele não esquecia daquilo que fazem de bem e não esquecia daquilo que fazem de mal e sabia de todos os compromissos que assumir e iria até o final. Disse que muitas coisas que dizem na tribuna as vezes dava efeito ao contrario outras vezes a favor, mas dizia uma coisa que quando falava que a Prefeita tinha coragem de enfrentar e achava que ate hoje foi uma das Prefeitas que mais andou na rua não era para puxar o saco da Margarete e não era para dizer que ela estava boa e que estava bem, não era para dizer que ela tinha coragem mesmo e que eles deviam enxergar o que estava bem e o que estava ruim e não era para agradar ninguém. Disse que tinha muito que fazer na Cidade e que no ano que vem 2016 será pior do que esse, porque as cobranças serão maiores e eles deverão ficar atentos e se vão ser aprovados ou não vai depender de cada um deles, pois às vezes eram bons para uns e ruim para outros. Comentou sobre o caso que uma pessoa

precisava de uma clinica e não conseguiram ajuda com a Secretaria da Assistência Social e apareceu uma filha de Deus que conseguiu uma clinica para colocar o casal. Disse que todos tinham que fazer e deviam incentivar quem queira fazer porque fazer era algo para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Ver. Jair saudou a todos os presentes e disse que iria a tribuna falar das ações que tiveram na semana passada em vários bairros da cidade e começando pela Califórnia onde esteve fiscalizando o patrolamento e a colocação de saibro nas ruas. Disse que também tiveram ações no bairro Esperança, pois as ruas estavam muito ruim lá dentro e falou que esteve na secretaria de obras e juntamente com ela fiscalizando os serviços. Disse que na entrada do Loteamento Popular que estava ruim deram uma melhorada e agora gostaria de se reportar sobre as redes sociais as quais eram e não tinha entendimento, pois não era o que dizia o que podia, pois quando via no meio das maldades era que prevalecia, pois iria citar a Rua do Ipê em que estavam arrumando e realmente a rua ali estava ruim, mas também tinha que ver que tinham loteadores na cidade e que eles estavam fazendo os loteamentos e a cidade estava crescendo e não podiam chegar lá e colocarem uma maquina atravessada na estrada e eles não poderem trabalhar, pois como eles querem trabalhar eles também queriam, pois a população estava fazendo suas casas aqui porque Nova Santa Rita estava crescendo e era um lugar bom para se viver, mas via algumas pessoas por pura maldade,, mas como iria chegar lá e se atravessar um caminhão não poder passar e sabia que tinha que haver regras, porque a Rua do Ipê tinha muito movimento e estava lá para quem quisesse ver. Disse que teve durante quinze dias na CORSAN e eles não foram capaz de arrumar aquela água lá que vertia e foi lá e falou que iria trancar a rua porque a responsabilidade era deles e estava criando essa barreira para as crianças irem a Escola e a grande umidade e ai ligeirinho foram lá arrumar. Falou que já tinham pedido para irem lá, mas como era de outro partido não iriam arrumar e não era questão de ser de um partido A ou B era questão de saúde publica e não tinha como a Prefeita chegar até lá e invadir o terreno dele e arrumar o cano. Falou que estava falando isso porque através do telefone de sua irmã tinha chegado uma mensagem que dizia o que esta sendo feito ali, mas estava sendo feito sim muita coisa ali naquela comunidade só não via quem não queria. Comentou que foi feito uma calçada ali para as crianças andar e também foi feito um ginásio de esportes que estava lá e não era de mentira e foi feito sim e estava em fase de acabamento e por sinal convidava toda a comunidade para ir ver que lindo aquela EMEI que foi construída na comunidade o que para ele era motivo de muito orgulho porque quantos anos faz e nunca teve nada ali, mas agora tinha um vereador e junto com os demais cada vez vai ter mais. Ver. Marne saudou a todos os presentes e disse que queria ratificar suas palavras no que tange a semana da Pátria, pois um país evoluído um Estado e Município evoluídos consistia em gestores governarem com ética com principio básico, integridade, responsabilidade, respeito a Leis e respeito pelo direito do cidadão, amor pelo trabalho esforço para economizar no investir e desejo de superar as crises com transparência administrativa. Disse que esses requisitos nenhum deles nenhum via na administração municipal infelizmente responsabilidade e respeita leis onde uma Prefeita Municipal negava pedidos de informação de um Poder Legislativo, onde uma Prefeita

Municipal incorre numa Lei Orgânica do Município não mandando para cá projetos de reajuste salarial, onde uma Prefeita Municipal não respeitava o cidadão e não respeitava os servidores públicos humilhava e perseguia, maltratava e tirava direitos essa era a marca da administração pública municipal. Disse que ai ouvia uma serie de discursos hipócritas onde ouvia que a Prefeita Municipal não tinha coragem, mas tinha sim muita coragem para comprar uma máquina fotográfica de doze mil reais, cadeira e gaveteiro para sua sala de vinte e cinco mil reais e sem contar aquela famosa cadeira que todos sabiam e o carro de luxo para sustentação e quando o município passava por uma crise financeira dita pela administração municipal onde não foi concedido o reajuste salarial dos servidores porque estavam no limite da folha de pagamento, logo estavam numa crise financeira e esses gastos foram feitos antes do Projeto de Lei que previa o reajuste salarial. Falou que ouvia ali que a cidade estava mil maravilhas e disse que tinha gente trabalhando em outro município talvez lá em Cubatão onde a Prefeita Petista Marcia Rosa que disse que repudiava a palavra Ordem e Progresso porque ela amava a palavra Desordem com amor e esse era o perfil petista de governar o município desordem dito por um gestor petista. Disse que ai ouvia que a Rua do Ipê era problema do loteador e o LotPop era problema do morador e a responsabilidade do gestor estava aonde, pois a Rua do Ipê era uma desculpa, pois estava ruim porque era problema do loteador e a entrada do Berto Círio era problema de que? Do loteador ou do morador e entrada do Morretes era problema de quem do loteador ou do morador e as ruas do centro aqueles asfaltos esdrúxulos do prédio antigo da Câmara onde chovia acabou o asfalto e o problema era de quem do dono do prédio. Falou do bairro Floresta era um caos onde por protesto fazem tapa buracos que duravam três dias e a Califórnia, Loteamento Popular, Rua das Flores e bairro Caju, Maria José. Disse que a cidade estava abandonada e ai ouvia ali a justificativa da Rua que o problema era do loteador e do outro acesso era problema do morador e o resto da cidade era problema de quem? Dos vinte anos que não foi feito nada e isso tinha ouvido também e quem fez parte dos vinte anos o vereador petista líder do governo que foi secretario e fez parte dos vinte anos e a maioria dos vereadores ali que hoje eram governo fizeram parte dessa trajetória do município e a Prefeita fez parte dos vinte anos e foi vereadora por dos mandatos. Ver. Renato saudou a todos os presentes e saudou o vereador Danilo pela sua coragem em concorrer a Prefeito no município. Falou sobre a crise, mas estavam no jogo na Arena do Grêmio mais de quarenta mil pessoas e na Expointer cento e vinte mil pessoas e perguntou onde estava a crise, Disse que as Leis deverão ser colocadas em praticas como a do passe livre para as pessoas com sessenta anos ou mais e que irá lutar para que também seja colocada em pratica a Lei das Farmácias vinte e quatro horas no município. Agradeceu a atenção dada pelo secretario Zé Maria. Ressaltou sobre os seus pedidos de informações sobre a regularização dos Becos no bairro Berto Círio e na Vasconcellos Jardim. TRIBUNA POPULAR: Não houve. Em nome Deus e em nome do povo de Nova Santa Rita, o Senhor Presidente encerrou a Sessão ás vinte horas e trinta minutos.

Vereador Guilherme Mota, Vereador Jair Antônio de Oliveira,



Presidente 2º Secretário.

Rose


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal