As representações do mar e da navegação feitas por Arquíloco



Baixar 9,27 Kb.
Encontro25.08.2018
Tamanho9,27 Kb.
- Sessão 7: Olhares sobre a pólis dos atenienses: cultos, teatro e mar. Coordenação: Profª. Mª. Talita Nunes Silva

As representações do mar e da navegação feitas por Arquíloco

Grad. Camila Alves Jourdan (NEREIDA-UFF)

Nesta comunicação, iremos identificar as representações acerca do mar e da navegação arquitetadas pelo poeta Arquíoloco (século VII a.C.), em suas elegias e em seus iambos. Com um caráter individualizante, usa-se de formas mais populares de expressão e sentimento. Para analisarmos as representações, utilizaremos a metodologia sugerida por Françoise Frontisi-Ducroux, procurando os termos relacionados com a navegação e com o mar. Buscaremos, portanto, identificar a relação construída pelos atenienses com o mar e discutir a pertinência das representações que circulavam na sociedade políade ateniense. Este trabalho é parte integrante da pesquisa desenvolvida no Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade (NEREIDA-UFF).

Palavras-chave: Navegação; Mar; Representações

De vinho e de grãos: A fertilidade nas Antestérias e nas Tesmofórias

Prof ª. Mariana Figueiredo Virgolino (NEREIDA-UFF)

O festival das Antestérias, celebrado em honra a Dionisos, e o das Tesmofórias, ligado às deusas Deméter e Kóre, são amplamente reconhecidos como alguns dos principais momentos de celebração da fertilidade na pólis dos atenienses. Nesta comunicação, propomo-nos analisar ambas as festividades em seu sentido polissêmico, ou seja, o que significava a fertilidade para os antigos, a importância da participação feminina nos rituais e como tais aspectos estão relacionados com a vida cotidiana em Atenas do V século a.C.

Palavras-chave: Religião Grega; Ritual; Mulher

Clitemnestra: a antítese da mulher ideal

Prof ª. Mª. Talita Nunes Silva (NEREIDA-UFF)

De todas as personagens femininas da Oréstia de Ésquilo, Clitemnestra é a única que tanto na tradição literária como na iconográfica aparece constantemente caracterizada como a mulher que rompe com o ideal que lhe é reservado. Nesta comunicação, dedicar-nos-emos à observação da ambiguidade da fala da personagem esquiliana, dos atributos que a tornaram a antítese da mulher ideal e de sua atuação como sacrificadora.

Palavras-chave: Clitemnestra; Oréstia; Ésquilo

Os Dons Especiais das Hetaîrai em Atenas (Séculos VI-IV a.C.)

Prof. Me. Edson Moreira Guimarães Neto (UFRJ)



No mundo dos prazeres de Atenas, as hetaîrai ou companheiras ocupavam o mais alto posto. Ao contrário das pórnai – que atuavam nas zonas portuárias a baixos preços -, as hetaîrai – com todos os seus dotes artísticos e físicos – serviam apenas a estrangeiros ricos e aos cidadãos mais abastados – kaloì kagathoí – cobrando quantias bastante elevadas. Analisaremos, em nosso, trabalho os dons que tornavam essas mulheres tão valorizadas e como estes as conduziam a relações próximas com os detentores do poder em Atenas (os cidadãos membros das elites).

Palavras-chave: Atenas; Poder; Prostituição


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal