As pessoas só vão à igreja se forem convidadas; Só entra se forem bem recebidas; Só permanecem se forem bem tratadas



Baixar 40,06 Kb.
Encontro04.10.2017
Tamanho40,06 Kb.
I - PÉROLAS PARA OBREIROS



  • O CUIDADO QUANTO OS NÃO EVANGÉLICOS

As pessoas só vão à igreja se forem convidadas; Só entra se forem bem recebidas; Só permanecem se forem bem tratadas”.

Vamos cuidar das pessoas que aceitam a Jesus, como salvador como se fossem os nossos filhos, só assim teremos uma igreja forte.




  • QUANTO AS DECISÕES

  • Democracia: Opinião do povo. Tomar decisões em grupos;

  • Teocracia: Direção de Deus. Não devemos opinar em ordens teocráticas; Quem teme ao Senhor tem sabedoria, e o sábio obedece a Deus;




  • A IGREJA

  • A igreja do Senhor é poderosa. O inimigo vencem crentes que não vigiam crentes fracos e nunca a Igreja do Senhor. A igreja do Senhor é santa, sem ruga sem mácula. Muitos podem se desviar mais sempre permanecerá um remanescente fiel, pois o Senhor está com simples, humildes e fieis.




  • CRITÉRIOS PARA ESCOLHA DE OBREIRO

  • Preferencialmente membro da igreja;

  • Tenha o desejo de servir;

  • Administre bem o seu tempo;

  • Participe da escola bíblica dominical, dos cultos (público, oração e ensino). Quem não tem compromissos com os cultos e com a EBD, não está preparado para estar na obra do Senhor.

  • Tem bom testemunho diante da sociedade;

  • Ser respeitado pelos membros da igreja;

  • Administre bem a sua casa (se não for zeloso com o próprio lar como cuidará da casa de Deus);

  • Seja homem de uma só mulher, o mesmo para as mulheres;

  • Seja modesto, simples e decente no vestir;

  • Ser constante na oração;

  • Amar a palavra de Deus;

  • Ser cheio do Espírito Santo;

  • Ser amável com as pessoas;

  • Amar e ter carinho com os liderados;

  • Dignos e sérios;

  • Ser de palavra, não de língua dobre (mexeriqueiro, leva e traz);

  • Estar disposto a servir na oba com amor;

  • Dizimista fiel;

  • Contribuidor financeiramente;

  • Não apegado, amante das coisas materiais;

  • Ter amor às almas que perecem;

  • Ficar atentos ao que Deus quer e não o que queremos ou reparamos;




  • CARACTERÍSTICA DE OBREIRO

  • Ter sua vida consagrada a deus

  • Controlado pelo espírito santo

  • Ter uma vida de oração

  • Ser constante nos cultos

  • Postura ética.

  • Conhecimento bíblico

  • Equilíbrio emocional

  • Zelo com a estética

  • Capacidade de apresentar-se em público

  • Humildade

  • Respeitador

  • Submisso




  • RESPONSABILIDADES

  • Ser pontual, chegar antes do horário marcado;

  • Orar pelo cargo que ocupa, pelos liderados e pelo crescimento da igreja;

  • Justificar ausências;

  • Ler a palavra de Deus;

  • Não abandonar o cargo;

  • Colocar substituto com antecedência a obra não pode parar;

  • Ser pesquisador da área em que atua;

  • Orar para que o senhor ajude abrir novas frentes de trabalho.




  • OBSERVAÇÕES

  • O membro sem comunhão entregará o cargo;

  • A entrega do cargo é feita diante de todos na igreja;

  • Os que não cumprirem suas funções serão chamados atenção;




  • ORAÇÃO PELA FÉ

  • E saber que cada dia é um recomeço

  • É ter certeza que os milagres acontecem

  • E que os sonhos podem se realizar

  • É saber que temos asas invisíveis

  • É fazer. Pedidos a deus

  • E abrir as mãos para o céu.

  • É olhar sem temor as portas do desconhecido

  • Ter a inocência do olhar da criança, a lealdade do cão, a certeza da mão estendida pra dar e receber

  • É ter a certeza de que o melhor sempre acontece e que tudo aquilo que almejamos está totalmente ao nosso alcance. Pense nisso;




  • A ORAÇÃO

  • O deserto de deus

  • É uma faculdade espiritual

  • O deserto é um lugar de quebrantamento

  • O deserto é lugar de provação

  • O deserto é lugar de adquirirmos autoconhec1mento

  • O deserto é o lugar onde reconhecemos a nossa total

  • Dependência de deus

  • O deserto é o lugar da disciplina de deus

  • La no deserto, não tem família, nem amigos, o sol arde,

  • Os pés queimam é você e deus, você vai sair do deserto,

  • Não reclame, não murmure, pense só em Deus, estamos orando por você meu irmão, meu amigo. Pense nisso!



Extraído de: Cartas às Igrejas Novas (J. B. Phillips e Antônio Fernandes. Edição Vida Nova.)

1 - Como cooperadores de Deus, queremos pedir-vos que não deixeis de aproveitar a graça de Deus.

2 - Assim diz a Palavra de Deus: "Ouvi as tuas preces num tempo aceitável, e corri em teu socorro num dia de salvação; este é o tempo aceitável, e hoje mesmo é o dia da salvação."

3 - Quanto a nós, não pretendemos interpor-nos no caminho de ninguém, nem queremos desacreditar o ministério que Deus nos deu.

4 - O que temos é de ser autênticos ministros do Senhor, embora sofrendo muito, dissabores, calamidades,

5 - açoites, prisões, trabalhos, tumultos, fomes, insônias.

6 - Tudo arrostamos com sinceridade e paciência, embora com conhecimento perfeito, e ainda com bondade pura e o auxílio do Espírito Santo, com perfeito amor.

7 - Falando sempre a verdade e vivendo pela graça de Deus. A única defesa, a nossa única arma, é uma vida de integridade,

8 - sejamos ou não honrados, censurem-nos, ou não. Se nos apelidarem de embusteiros, falemos sempre a verdade;

9 - se nos considerarem seres apagados, apareçamos mais em público. Perto da morte, vivendo ainda, e embora tenhamos de a suportar, por ela não seremos vencidos.

10 - Conhecemos a tristeza, mas é inexorável a nossa alegria. Somos pobres, mas da nossa pobreza aliviamos a miséria de muitos. Sem um centavo, é certo, mas, na realidade, nada nos falta. (2Co 6.1-10)


SE...

Meu nobre colega do ministério cristão, meu companheiro, colaborador e irmão:

SE tu podes viver dia após dia a vida comum dos comuns deveres sem te irritares, sem te entediares, nem murmurares, e a paciência não perderes, trabalhando, ensinando, pregando, orando e não mais tu viveres, mas Cristo em ti viver;

SE, quando de ti pensarem mal e te julgarem mal, interpretando erradamente os teus motivos;

Quando te não compreenderem e te disserem agruras, tu puderes, nada obstante,

Pensar bem e bem agir, e continuar pensando sempre e tão somente em tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, tudo o que é virtuoso;

SE, nestes dias agitados de agitados "ismos" ideologismos, modernismos, ecumenismo e outros, tu pregares firme o legítimo evangelho, poder de Deus para a salvação do que crê, mantendo do teu púlpito a pureza, erguendo corações, almas remindo, de tal modo que outros vejam Cristo em ti. Cristo, o Caminho e a Verdade e a Vida;

SE, Injuriado, jamais revidares ingratidão com ingratidão, maledicência com maledicência, leviandade com leviandade, mas perdoares, e sofreres, e esqueceres;

Se, tentado a perder o domínio, porque te injustiçaram e te humilharam, tu te lembrares da lei do amor. O amor, o adorno desta vida, o amor que tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, porque o amor é paciente, é benigno, não arde em ciúmes; não se ufana e não se ensoberbece;

SE, quando outros prosperarem e tu ficares pobre, tu te lembrares que és levita de Jeová, é tua herança o ministério do Senhor;

SE, amando a igreja de que és pastor, mais e mais a amares, quer recebas compensação ou ingratidão;

SE, em sombrios sulcos do pastoreio, não perdes a meta da tua vocação, e nos dias felizes, radiantes, tu caminhas sempre humilde como dantes;

SE, sob a nuvem de dia ou a coluna de fogo pelas caladas da noite, sentes da Mão Divina o contato aquela mão que te norteia o passo, até seres recolhido ao lar celestial;

SE, depois de teres sido sóbrio em tudo, e teres sofrido as aflições, e feito a obra de um evangelista, e cumprido o teu ministério, aguardares confiante a Sua chamada, e prosseguires dando o teu melhor a Cristo nos poucos dias que te restam ainda; então, dileto amigo e meu colega, cooperador no santo Ministério: terás do Senhor o justo galardão quando ali chegares, porque foste, aqui na Terra, um fiel ministro do evangelho, tu foste um Homem, meu irmão, e mais, tu foste UM HOMEM DE DEUS! (Almir dos Santos Gonçalves, Antes de Atravessar o Rio, CPB, 1972)


"Procura apresentar-te a Deus, aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar que maneja bem a Palavra da verdade.” (II Tm 2:15)
"Deus não vê como o homem vê, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.” (I Sm 16:7)
Porque nós somos cooperadores de Deus...” (I Co 3:9a)
"Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, depois de aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam.” (Tg 1:12)



©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal