Arte Pré-Histórica 2 Resumo Música



Baixar 7,67 Kb.
Encontro25.08.2018
Tamanho7,67 Kb.
Arte Pré-Histórica 2 - Resumo

Música (35 000 mil anos aproximadamente)

- a arte rupestre encontrada em cavernas dá uma vaga idéia do desenvolvimento da música ao apresentar que parecem cantar, dançar ou tocar instrumentos.

- a música é uma das linguagens mais instintivas e espontâneas (naturais).

- os elementos que circundam o homem já sugerem a ideia de ritmo e melodia. Ex: o coração bate num ritmo constante, respiramos num ritmo constante, tendemos a andar e executar movimentos num ritmo constante, etc.

- acredita-se que o desenvolvimento primordial da música se deu devido à necessidade do homem de acompanhar cantando os seus próprios passos ou movimentos de trabalho.

- para criar melodias, bastava o homem observar e “copiar” a natureza. Ex: canto dos pássaros.

- a Etnomusicologia é a ciência que estuda a música dos povos.

- a música era repetitiva para assim atingir o estado de transe.

- a estado de transe musical era um veículo de comunicação com os espíritos da floresta, com os deuses e com os fenômenos “sobrenaturais”.

- mas também era usa pra curar, para guerra, festas de oferenda, rituais de iniciação e comemorações de toda espécie.

- Instrumentos: tambores, Chocalhos, Pedras, Flautas de madeira ou osso, e o canto.

Dança Primitiva (9000 a.C)

- a dança nasceu associada às práticas mágicas do homem (rituais sobrenaturais), necessidade de agradecimento e pedidos.

- homem dançava pela sobrevivência, pela guerra, dançava para a natureza em busca de mais alimentos, e até para obter o controle sobre determinados elementos da natureza, como a chuva, fonte água para a manutenção da vida, ou o fogo, fonte luz e calor.



- é provável que instintivamente tenham iniciado a prática da dança batendo os pés no chão, e aos poucos, foram dando mais intensidade aos sons, descobrindo que podiam fazer outros ritmos junto com movimentos corporais.

- Ex: Dança Haka – Ka Mate “É a Morte” (Povo Maori – Nova Zelândia), antigamente uma dança de intimidação para guerra; Dança kuarup (nome de uma árvore sagrada) – um ritual de reverência aos mortos (índios kamayurás do Xingu – Mato Grosso).


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal