Acompanhamento e melhoria do ensino de farmacologia através da busca de metodologias inovadoras nas aulas práticas



Baixar 11,78 Kb.
Encontro21.08.2018
Tamanho11,78 Kb.

13ª Mostra da Produção Universitária

.

Rio Grande/RS, Brasil, 14 a 17 de outubro de 2014.




ACOMPANHAMENTO E MELHORIA DO ENSINO DE FARMACOLOGIA ATRAVÉS DA BUSCA DE METODOLOGIAS INOVADORAS NAS AULAS PRÁTICAS

DÖWICH, Vanessa; DAL BOSCO, Lidiane; DALL’OGLIO, Emilly; WEBER, Gisele MARTÍ BARROS, Daniela

vanessadowich@yahoo.com.br
Evento: Seminário de Ensino

Área do conhecimento: área da saúde
Palavras-chave: metodologias de ensino-aprendizagem; formação profissional; ensino de farmacologia;

1 INTRODUÇÃO
O processo de ensino-aprendizagem contempla um universo no qual alunos e professores precisam estabelecer um diálogo efetivo entre ambos, com a finalidade primordial de alcançar o grau máximo de aproveitamento em termos de aprendizado. O objetivo deste projeto foi aprimorar o processo de ensino-aprendizagem da farmacologia, através da escolha e implementação de métodos inovadores como a aproximação da vivência prática aos fundamentos teóricos. A percepção, através de críticas construtivas provenientes dos próprios alunos, de que o processo de ensino- aprendizagem da disciplina de farmacologia da FAMED/FURG poderia ser melhorado motivou a elaboração de estratégias baseada em práticas pedagógicas. Considerando que a farmacologia é uma disciplina chave dentro da área médica, aprimorar seu ensino é de extrema relevância.

2 REFERENCIAL TEÓRICO
Este projeto teve como base as diretrizes curriculares vigentes e a literatura referente ao assunto.

3 MATERIAIS E MÉTODOS (ou PROCEDIMENTO METODOLÓGICO)
O projeto de ensino foi desenvolvido com base em críticas construtivas e sugestões dos próprios alunos, coletadas pela aplicação de questionários que avaliavam o grau de satisfação dos usuários e solicitavam propostas para melhoria do processo de ensino-aprendizagem. Participaram do questionário as turmas da disciplina de farmacologia da FAMED/FURG do segundo semestre de 2012 - turma que cursou a disciplina em período prévio ao projeto-, e a turma do primeiro semestre de 2013, na qual o projeto já estava em execução.

A metodologia de ensino-aprendizagem instituída após a avaliação dos questionários baseou-se na problematização e resolução de casos clínicos durante as aulas práticas, a fim de aproximar a farmacologia aplicada à teórica.

A avaliação da efetividade do projeto foi realizada comparando-se o grau de satisfação dos alunos que participaram do questionário no momento pré e pós projeto.

4 RESULTADOS e DISCUSSÃO
A partir da comparação das respostas dos alunos que participaram do questionário no período pré e pós implantação do projeto, evidenciou-se uma maior satisfação entre a turma submetida às inovações, em comparação à anterior. Dessa forma percebeu-se que a introdução do projeto contribuiu na melhoria do processo de ensino-aprendizagem da disciplina de forma satisfatória.

Este resultado confirma a importância da participação do aluno no processo de formulação de novas metodologias, afinal é o aluno que reflete a efetividade do processo desenvolvido em sala de aula, e contribui de forma significativa para que a docência exerça suas funções com grau máximo de aproveitamento.




5 CONSIDERAÇÕES FINAIS
A base do processo de ensino-aprendizagem se configura na relação entre o binômio discente-docente, visto que o diálogo entre os dois é a pedra angular da efetividade do mesmo. Este projeto destacou a importância da aproximação deste par na busca pela melhoria continuada do método de ensino, a partir da percepção da necessidade de inovações nessa área por parte de ambos.

REFERÊNCIAS
Cyrino EG e Toralles-Pereira ML. Trabalhando com estratégias de ensino-aprendizado por descoberta na área da saúde: a problematização e a aprendizagem baseada em problemas. Cad. Saúde Públicas, Rio de Janeiro, 20(3):780-788,mai-jun, 2004.
Mitre SM e colaboradores. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência e Saúde coletiva, 13(sup2):2133-2144, 2008.




©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal