A importância do primeiro contato ambulatorial do paciente asmático com o acadêmico membro do programa de assistência e controle da asma



Baixar 4,57 Kb.
Encontro15.09.2018
Tamanho4,57 Kb.
A IMPORTÂNCIA DO PRIMEIRO CONTATO AMBULATORIAL DO PACIENTE ASMÁTICO COM O ACADÊMICO MEMBRO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA E CONTROLE DA ASMA

Henrique Santos De Almeida; Diogo Da Silva Lima; Caroline Pamponet Da Fonseca Oliveira; Cinthya Iamille Frithz Brandão De Oliveira; Maria Do Socorro De Lucena Cardoso.


Universidade Federal do Amazonas
A asma compreende um número significativo de internações em serviços de emergência médica por conta de exacerbações características da doença. Para reduzir tais índices, estratégias ambulatoriais como o Programa de Assistência e Controle da Asma (PACA) são importantes para que seus membros possam traçar um perfil do paciente desde sua primeira consulta, através do conhecimento de fatores que podem influenciar seu estado de saúde, orientando-o sobre fatores desencadeantes e tratamentos, principalmente. Em tal oportunidade, é realizada a anamnese e exame físico dirigidos, através de uma ficha padronizada que aborda os aspectos necessários para compreender como a doença se apresenta em cada indivíduo. Posteriormente, o quadro do paciente é classificado e tratado de acordo com a gravidade. Nesse tipo de atendimento, o acadêmico se torna cada vez mais hábil na interpretação de exames laboratoriais de rotina, em especial a espirometria, exame este imprescindível no acompanhamento do paciente asmático. Não obstante, o membro do PACA acaba por aprender condutas terapêuticas nos quadros asmáticos e os associados a estes, em especial as doenças atópicas. A existência de uma ficha padronizada para o atendimento inicial cria tanto um protocolo para a consulta no ambulatório, quanto uma forma de conhecer mais o paciente novo no programa, além de ser uma ferramenta incrivelmente útil no desenvolvimento das habilidades clínico-semiológicas do acadêmico, criando concomitantemente um vínculo maior com o paciente desde o início, tornando-o familiarizado com os acadêmicos e a equipe médica que lhe atenderão no Programa.
Palavras-chave: asma, protocolo, acadêmicos

 


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal