A idolatria de samaria a religião Samaritana



Baixar 6,13 Kb.
Encontro15.09.2018
Tamanho6,13 Kb.
A Idolatria de SAMARIA


A Religião Samaritana.
O desenvolvimento da religião samaritana deveu-se a diversos fatores, não se podendo desconsiderar nisso Jeroboão o qual fez, após a divisão da nação em dois reinos, os sacerdotes levíticos, ordenados por Deus, através de Moisés, serem substituídos por um sacerdócio designado por homem, o que, por sua vez, levou o reino de Israel a praticar uma desmoralizante idolatria. 1Rs. 12:28-33; 2Rs. 17:7-17; 2Cr 11:13-15; 13:8, 9.
Foram trazidos da Babilônia, muitos imigrantes pagãos, das cidades de Cuta, Ava, Hamate e Sefarvaim, os quais eram adoradores de muitas deidades — Sucote-Benote, Nergal, Asima, Nibaz, Tartaque, Adrameleque e Anameleque.
Embora aprendessem algo sobre Jeová pela instrução dada por um membro do sacerdócio de Jeroboão, ainda assim, tal como Samaria fizera com os bezerros de ouro, eles continuaram a adorar seus deuses falsos, geração após geração. - 2Rs. 17:24-41.
Mais tarde, devido à pregação feita pelos cristãos primitivos, muitos samaritanos aceitaram de bom grado o cristianismo. — At 8:1-17, 25; 9:31; 15:3. Alguns o aceitaram; outros o rejeitaram. (Lc 17:16-19; Jo 4:9-43; Lc 9:52-56)
Hoje, muitas pessoas estão envolvidas com a religião, com a idolatria. A Palavra diz em Ap 22.15 “Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.”

Diácono Evandro


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal