A culpa é das estrelas Resenha crítica



Baixar 6,97 Kb.
Encontro02.08.2017
Tamanho6,97 Kb.
A culpa é das estrelas

Resenha crítica;

Samille Donato

A Culpa é das estrelas é um excelente livro, de John Green que tem como principal característica nos fazer refletir sobre a nossa vida!

O livro conta a história de uma garota cujo nome é Hazel Grace; e que tem uma doença que hoje em dia é muito comum, porém muitas vezes trágica, o câncer, que no caso de Hazel, é de pulmão.

Ela era uma garota que não ia mais ao colégio, e gostava de ficar em casa assistindo televisão. Porém a sua mãe sempre tentava levantar o seu astral; principalmente mandando-a ao Grupo de Apoio cujo Hazel não gostava.

Em uma dessas idas ao Grupo de Apoio Hazel conheceu dois garotos, o Isaac que tinha um câncer no olho, e Augustos, cujo já havia superado o câncer.

Com o passar dos tempos Isaac se tornou amigo de Hazel, e Gus( o seu apelido) tornou-se o seu namorado.

Hazel gostava de ler, e o seu livro predileto se chamava Uma aflição imperial; que contava a história de uma menina que também tinha câncer.

No lugar onde Hazel e Gus moravam havia uma instituição para crianças e adolescentes com câncer, cujo o seu propósito é realizar o maior desejo dessas crianças e desses adolescentes.

Hazel por ser apaixonada pelo livro Uma aflição imperial gostaria muito de encontrar o autor do livro para que ele esclarecesse algumas dúvidas de Hazel sobre o final do livro, porém isso seria impossível, pois o autor morava em Amsterdã e os seus pais não teriam condições de pagar a viagem…

Porém Gus não havia gastado o seu desejo, como a Hazel, então ele resolveu ir mais Hazel e a mãe dela para Amsterdã.

Ao chegarem lá eles tiveram uma grande decepção com Peter Van Houter ( o autor do livro), mas não foi por isso que eles não aproveitaram a viagen.

Com o passar do tempo a doença de Gus voltou e após acontecer muitas coisas, e infelizmente Gus faleceu.

Eu particularmente adorei o livro, acho que ele tenta passar uma lição de superação e de sentimentalismos, em que não é por conta de uma doença que você deve desistir da vida, pois ela é cheia de surpresas, e as doenças tem sim o seu lado ruim, porém tem um lado bom, como por exemplo, a Hazel não teria conhecido o Gus e o Isaac se não tivesse câncer, porque se ela não tivesse, não iria ao grupo de apoio.

Este livro me tocou e me marcou bastante, por ser uma história de tragédias, humor e amor, apesar de ser bem realista, pois muitas pessoas mesmo tendo câncer conseguem ser feliz, serem amadas e viverem esse amor!

Me emocionei bastante ao ler o livro, pois ele sim é um verdadeiro livro!

“Você vai rir, vai chorar e ainda vai querer ,mais”.



Markus Zusak, autor de a menina que roubava livros.

Agradeço a John Green por ter uma mente tão brlihante.


Compartilhe com seus amigos:


©bemvin.org 2019
enviar mensagem

    Página principal