A best Center é a opção de ponto entre a loja de rua e a loja de shopping, unindo a Visibilidade e Praticidade com Segurança e Comodidade



Baixar 26 Kb.
Encontro27.09.2018
Tamanho26 Kb.
Caros Parceiros,

 

É com grande satisfação que apresento a Best Center com nossas novas apresentações, de acordo com a região dos empreendimentos.



 

A Best Center é focada no desenvolvimento de imóveis comerciais para o varejo no Brasil. Dentre suas atividades estão a aquisição e construção de centros comerciais voltados para conveniência e serviços localizados em vetores com elevado potencial de consumo.

 

A Companhia atua na aquisição de terrenos para incorporação de Centros Comerciais, desenvolvimento de projeto, locação, e administração dos centros comerciais de seu portfólio. Dessa forma, busca continuamente identificar os vetores de crescimento nas cidades onde atua e aliar-se a varejistas premium que buscam novos pontos de venda para suas redes.



 

A Best Center é a opção de ponto entre a loja de rua e a loja de shopping, unindo a Visibilidade e Praticidade com Segurança e Comodidade.

 

 



Maiores detalhes e informações poderão ser vistos no site: http://www.bestcenter.com.br

 

Seguem anexas, portanto, breve apresentação dos nossos empreendimentos e tabela de valores (válida por 10 dias)



 

 

**Bases para negociações:



 

1) Em shoppings centers, para contratos com período de 60 ou mais meses, é necessário haver o pagamento de CDU (Cessão de Direitos de Uso, do ponto comercial), pois se trata de um longo período de locação e, neste caso, necessita-se configurar, o que chamamos vulgarmente de “compra de ponto” (CDU), para que ao final do contrato ambas as partes (shopping e lojista), tenham a estabilidade de renovação de contrato. Pago, somente uma vez, como se fosse um “título de clube”, com forma de pagamento (base) em 20% na assinatura do contrato + 12 parcelas.

 

Agora, em contratos de menor tempo (normalmente utiliza-se o período mínimo de 36 meses, para que o lojista possa ter um retorno razoável em seu período de locação), não há a incidência do pagamento do CDU, no primeiro momento, mas quando houver a renovação do contrato este valor será cobrado.



 

Para o contrato de 48 ou 36 meses, mesmo sem a incidência do CDU no primeiro momento, há uma taxa de adesão no valor de 03 aluguéis e, o CDU na renovatória não tem a garantia de flexibilização, uma vez que haverá uma nova negociação para esta renovação.

 

 



2) De acordo com a Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE) define-se um "shopping center" (SC) como sendo: "Empreendimento constituído por um conjunto planejado de lojas, operando de forma integrada, sob administração única e centralizada; composto de lojas destinadas à exploração de ramos diversificados ou especializados de comércio e prestação de serviços; estejam os locatários lojistas sujeitos a normas contratuais padronizadas, além de ficar estabelecido nos contratos de locação da maioria das lojas cláusula prevendo aluguel variável de acordo com o faturamento mensal dos lojistas e que ultrapassasse um determinado valor mínimo (...)”

 

Na Best Center, trabalhamos com o Aluguel Percentual base de 6% do faturamento bruto.

 

Como funciona:



O aluguel mensal é pago de acordo com o Ponto de Equilíbrio, isto é, o valor que a loja deve vender para se manter no “0 X 0”, sem dar lucros ou perdas.

 

O Ponto de Equilíbrio é calculado da seguinte maneira: Aluguel Mínimo / Aluguel Percentual.



 

Exemplo:


Aluguel no 1º ano: 3.000,00 (Aluguel Mínimo) / 6% (Aluguel Percentual) = R$50.000,00 (Ponto de Equilíbrio)

 

Assim, é necessário que a venda seja de R$50.000,00/mês para não ter lucros ou perdas e, até este valor é cobrado, somente, o Aluguel Mínimo (no caso R$3.000,00).



 

Se a venda for maior que o Ponto de Equilíbrio, neste caso, se paga o Aluguel Percentual.

 

Por exemplo: a loja este mês vendeu R$90.000,00



90.000 (venda) X 6% (Percentual) = R$5.400,00 de Aluguel Mensal

 

Por isso temos um “acerto de contas” mensal com as lojas, onde estas informam suas vendas. Assim, paga-se ou um (aluguel mínimo) ou o outro (aluguel percentual), o que for maior



 

 

3) Os valores da tabela (aluguel mínimo, CDU e condomínio), referem-se a área locada, ou seja, são calculados por m².

 

 

4) As lojas são entregues no “osso”, ou seja, pronta para obra do lojista.



         Piso na laje em concreto aparente (sem tratamento / contrapiso em brita), com desnível em relação ao piso acabado da circulação exterior;

         Paredes em bloco de concreto e/ou divisórias de drywall;

         Os pontos de entrada de instalações elétrica e hidráulica serão entregues no limite da Loja, os demais pontos quando existirem, serão em “tubulação seca”;

         Pilares e vigas estruturais em concreto (sem tratamento);

         Teto sem rebaixo e Cobertura em telha metálica;

         Necessidade de instalação de toilet privativo, prevendo caixa d’água própria.

 

 

5) Pagamento CDU (“ponto”): 20% na assinatura e saldo em 12 parcelas



Aluguel Percentual = 6% do faturamento bruto

Carência = 30 dias de aluguel mínimo e percentual, a partir da vigência do contrato.

Validade = tabela válida por 10 dias

 

 



6) Itens para aprovação:

- OK formal do lojista na negociação (aluguel, ponto, condomínio e etc.)

- nome / marca da loja (mesmo se for a 1ª loja, temos que ter um nome fantasia)

- mix / atividade: o que será vendido (qto mais detalhado melhor)

- nome completo do locatário

- tipo de garantia / fiança: imóvel, seguro, título de capitalização ou carta bancária

- histórico da loja (existem outras, onde, há qto tempo... Se não houverem outras lojas, encaminhar breve histórico dos locatários)

- fotos da loja (se não houverem fotos, encaminhar fotos ilustrativas de produtos que serão vendidos na loja)

- documentação para confecção de contrato (lista anexa)

 

 



 

**

 



Ressalto que trabalhamos com comissão de corretagem em cima do VGL (Valor Global de Locação) efetivo, ou seja, sobre o Contrato de Locação (aluguel, desconsiderando as carências), mais o Contrato de CDU, conforme segue:

 

- Lojas Satélite (até 100m²) = 4% do VGL (limitado a 60 meses, mesmo se o contrato tiver um prazo maior)

- Lojas Mega (de 101 até 400m²) = 3% do VGL (limitado a 60 meses, mesmo se o contrato tiver um prazo maior)

- Loja Âncora (acima de 400m²) = 2% do VGL (limitado a 60 meses, mesmo se o contrato tiver um prazo maior)

 

Forma de pagamento da Comissão para empreendimentos já em operação: 50% na assinatura do contrato e 50% na inauguração da loja, via NF com conta PJ do titular da NF.

 

Forma de pagamento da Comissão para empreendimentos que ainda não estão em operação: 50% na assinatura do contrato e 50% na inauguração da loja, via NF com conta PJ do titular da NF.

 

 

Coloco-me à disposição para quaisquer esclarecimentos e, agradeço a oportunidade de construirmos essa parceria.



 

Grato,


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal