7º ano – Prof. Pacelli Síntese sobre Renascimento e Reforma Protestante



Baixar 9,07 Kb.
Encontro26.12.2016
Tamanho9,07 Kb.
7º ano – Prof. Pacelli

Síntese sobre Renascimento e Reforma Protestante:
Renascimento:

  • Duas visões de mundo estavam em conflito no Renascimento, de uma lado, a visão teocêntrica medieval e de outra a antropocêntrica do renascimento. A primeira explicava o mundo através da fé, já a segunda por meio da razão.

  • A península itálica é o berço do renascimento, tendo como destaque as cidades de Roma, Florença e Veneza. Um dos principais fatores que contribuíram para esse florescimento das artes é a burguesia enriquecida destas regiões que financiavam as obras do renascimento.

  • A burguesia se fortalece em meio ao renascimento.

Reforma Protestante:



  • Religiões surgidas: Luterana, Calvinista e Anglicana.

  • Luterana: Fundador Martinho Lutero.

  • Elaborou as 95 teses que pretendiam reformar a igreja católica.

  • O homem só se salva pela fé;

  • Entre Deus e os fiéis não há necessidade de intermediários;

  • O idioma oficial é o alemão;

  • Dois sacramentos mantidos, batismo e eucaristia;

  • Os cultos se resumiam em leitura e interpretação da bíblia feita pelos próprios fiéis.

  • A hierarquia religiosa e o celibato obrigatório foram rejeitados.




  • Calvinismo: Fundador João Calvino.

  • Defendia a teoria da predestinação divina, que pregava que o homem já nasce predestinado a ser salva ou condenado por Deus. Sendo a riqueza material um sinal da salvação.

  • A burguesia recebeu bem a nova doutrina, que diferente da igreja católica não condenava o lucro.

  • Uma disciplina rígida nos aspectos da moral e dos costumes. Ex. Música, dança e jogos foram proibidos em Genebra.

  • O culto se resumia em leitura e interpretação da bíblia feita pelos próprios fiéis.

  • Os pastores eram eleitos pelos fiéis.




  • Anglicana: Fundador Henrique VIII.




  • Motivos do rompimento com a igreja católica:

  • A igreja detinha muitas terras e poder político na Inglaterra, o que despertou o interesse do rei e da burguesia que se fortalecia. Esses se uniram e expulsaram a igreja.

  • O Papa recusou o pedido de anulação do casamento do rei Henrique VIII que pretendia se separar para se casar com sua amante Ana Bolena, pois a sua esposa Catarina de Aragão não lhe dera filhos do sexo masculino.

  • Henrique VIII se tornou chefe supremo da nova religião.

  • O Ato de Supremacia de 1534 consolidou a separação entre Inglaterra e o Papado.

  • A nova religião apresentou poucas mudanças em relação à igreja católica.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal