4. 1 subprojeto: Teatro Montenegro, rs



Baixar 109,78 Kb.
Encontro01.01.2017
Tamanho109,78 Kb.

4.1 SUBPROJETO: Teatro Montenegro, RS





Indicador da atividade

Objetivo da atividade

Descrição sucinta da atividade (inserir início e período de realização)

Resultados alcançados

1

Familiarização e contextualização na escola



Nas primeiras semanas, os bolsistas irão circular no ambiente escolar paraconhecer os diferentes espaços, da sala de aula, do recreio, da secretaria,dos laboratórios, biblioteca, salas de apoio, cozinha, quadra de esportes,espaços abertos e entorno da escola, interagindo com seus membros eregistrando suas impressões para compartilhar com seus pares e subsidiar suasações de iniciação à docência
Período: 19 de março/2014 a junho/2014



  • Apresentação dos pibidianos na escola no dia 27 de março de 2014.

  • Apresentação do projeto à comunidade acadêmica no dia 23 de março/ 2014.

  • Frequência regular dos pibidianos na escola.

  • Registro das observações feitas na escola e comunidade ao entorno.

  • Início do trabalho com as cinco supervisoras, cada uma responsável por cinco bolsistas.

OBS: As comprovações desses resultados de todos os indicadores encontram-se no PBWorks Uergs/ Pibid/Teatro



http://uergspibidteatro.pbworks.com/w/page/76522832/P%C3%A1gina%20Inicial

2

Presença semanal dos licenciandos bolsistas na escola

Observação e acompanhamento das situações do cotidiano da escola na relação com a equipe diretiva, professores, funcionários, alunos, famílias, comunidade do entorno da escola e em ações intersetoriais que compõem a rede de apoio às questões pertinentes à escola e à educação para que o licenciando bolsista possa inserir-se e vivenciar o contexto escolar; ver-se dele participando e atuando de forma inovadora e interdisciplinar buscando a superação de problemas identificados.

Período: de 27 de março a 19 de dezembro\2014

  • A etapa de observação e diálogo com a comunidade escolar foi fundamental para a criação de projetos desenvolvidos ao longo do ano.

  • A presença resultou em conhecimento da realidade escolar que possibilitou diálogos e discussões valiosas para seminários, provocando reflexões e buscas de leituras sobre teatro e educação.

  • A presença semanal dos pibidianos na escola está registrada no PBworks;



3

Investigação do contexto escolar


Registro da realidade da escola e análise do Projeto Político-Pedagógico da instituição por meio de sua leitura e análise, fortalecendo o diálogo coma escola; Identificação das atividades artísticas realizadas na escola, bem como das condições estruturais para a realização de novas ações teatrais.
Período: de 27 de março a 21 de novembro\2014



  • Leitura do PPP foi realizada pelos pibidianos, causando indignações quando ao seu distanciamento da prática escolar, resultando em pesquisas mais focadas, como por exemplo, a Projeto Biblioteca: A escola também pulsa.

  • Foi identificado que ocorrem atividades com teatro na escola, principalmente no contraturno, coordenadas por professores com formação em Artes Visuais e Literatura. Os pibidianos acompanharam estas atividades, inclusive colaborando para melhorias das condições da Sala de teatro, já existente na escola.

  • No quadro de professores no Ciep não tem professores com formação específica em teatro, resultando em pequenas inserções do conhecimento teatral no currículo escolar.Diante desta realidade, os pibidianos propuseram atividades teatrais em eventos escolares e em parceria com o Grêmio estudantil, tais como, Feira literária, Dia das bruxas, Reuniões pedagógicas e planos de aula.




4

Estudo teórico com leituras de autores da pedagogia teatral, da pedagogia em gerale filosofia.

Estudo de autores que possam fundamentar as reflexões e práticas do grupo envolvido no subprojeto. Abordagem das relações entre o currículo e a formação docente na área do Teatro, fortalecendo o diálogo com a escola.
Período: de 27 de março a 19 de dezembro\2014

  • Inicialmente foi discutido em seminários o livro:

SANTOS, Vera Lúcia Bertoni dos. Iniciação à docência em teatro: ações, relações e reflexões. São Leopoldo: Oikos, 2012.

  • Foram realizadas leituras que geraram reflexões coletivas em pequenos e no grande grupo para construção e desenvolvimento dos projetos, criando uma relação mais direta com a escola - professores, funcionários, direção e Grêmio estudantil.

  • Abaixo os projetos e respectivas referências:

1 - CINE CIEP: DIÁLOGOS ENTRE FRUIÇÃO E REFLEXÃO NA ESCOLA

CARREIRA, André; CABRAL, Biange; RAMOS, Luís Fernando et al. Metodologias da Pesquisa em artes cênicas. Rio de Janeiro: Editora 7 Letras, 2006.

ICLE, Gilberto. Teatro e construção do conhecimento. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2002.

ROSENFELD, Anatol. Cinema: arte e indústria. São Paulo: Perspectiva, 2009.

SPOLIN, Viola. Improvisação para o teatro. São Paulo: Perspectiva, 2010.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : Arte/Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC /SEF, 1998.

LINHARES, Dalva Simône. Reflexões sobre o estudo do cinema no ensino fundamental: uma prática que redimensiona a leitura e a escrita no processo educativo.Artigo encontrado em: .

MÖDINGER , Carlos Roberto [et aL.]. Artes visuais, dança, música e teatro:práticas pedagógicas e colaborações docentes. Erechim: Edelbra, 2012.

ICLE, Gilberto. Pedagogia Teatral como cuidado de si. São Paulo: Hucitec, 2010.

ICLE, Gilberto. Teatro e construção de conhecimento. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2002.

SOUZA, Edileuza Penha de. Negritude, cinema e educação: caminhos para implementação da lei 10.639/2003. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2011.

VASCONCELLOS, Jorge. A Pedagogia da Imagem: Deleuze, Godard- ou como produzir um pensamento do cinema. In: Revista Educação e Realidade, vol. 33 nº 01. Porto Alegre, jan./jun. 2008


2- PROJETO BIBLIOTECA: A ESCOLA TAMBÉM PULSA

BAJARD, Elie. Ler e Dizer: compreensão e comunicação do texto escrito. São Paulo: Cortez, 1994.

CAMPOS, Arnaldo. Breve História do Livro. Porto Alegre, 1994.

ENEDIONO Wagner Corsino,LEMES Glaucia dos santos. "O teatro, a escola e a formação do pequeno leitor: a dramaturgia infantil de Sylvia Orthof". in



Anais do CENA. Volume 1, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

PAVIS, Patricie. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, 1999.

PEREIRA, Antonia - ISAACSSON, Marta - TORRES, Walter Lima. Cena, Corpo e Dramaturgia: entre tradição e contemporaneidade. Rio de Janeiro: Pão e Rosas, 2O12.

ROUBINE, Jean-Jacques. A linguagem da encenação teatral. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.


3- RÁDIO CIEP

DUARTE JR., J. F. O sentido dos sentidos: a educação do sensível. Curitiba: Criar, 2001.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? São Paulo: Paz e Terra, 1992.

MORETTO, T. O uso do rádio na escola.Blog Vamos Ler do Jornal da Manhã/PR. Disponível em: , acesso em 14 jul. 2014.

SPRITZER, M. O ator e a experiência pedagógica da linguagem radiofônica. 2005. P.192. Tese apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.


4- VARAL DE HORIZONTES: INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS NOS ESPAÇOS DA ESCOLA

CANTON, Katia. Espaço e Lugar. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.

MELIM, Regina. Performance nas Artes Visuais. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

RYNGAERT, Jean-Pierre. Jogar, representar: práticas dramáticas e formação. São Paulo: Cosac&Naify, 2009.

SLADE, Peter. O jogo dramático infantil. SP: Summus, 1978.

SRUR. Eduardo. Manual de Intervenção Urbana. São Paulo: Bei Comunicação, 2012.

TEDESCO, Elaine. Instalação: Campo de Relações. Novo Hamburgo: Feevale, 2004.
5- QUEM CONTA UM CONTO AUMENTA UM PONTO: INVESTIGANDO MEMÓRIAS DA ORALIDADE COLETIVA

CABRAL, Beatriz. O drama como método de ensino. São Paulo: Hucitec, 2006.DAUDT, Clodomiro. Montenegro Antigo Crônicas de Brederodes. Montenegro: São Benedito, 2006.

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. São Paulo: Centauro, 2004. PICOLI, Bruno. Memória, história e oralidade. Passo Fundo: Mnemosine Revista, v.1, n.1 jan/jun 2010.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTENEGRO. Lendas. Disponível em: https://www.montenegro.rs.gov.br/home/show_page.asp?titulo=Lendas&categoria=Munic%EDpio&codID_CAT=503&id_CONTEUDO=2145&INC=includes/show_texto.asp&imgCAT=. Acesso em: 22 jul. 2014)

STANISLAVISKI, Constantin. A Preparação do Ator. Trad. De Pontes de Paula Lima -18ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.
6- ESPAÇO PARA ATIVIDADES TEATRAIS NA ESCOLA: REPENSANDO A ARQUITETURA ESCOLAR
ALMEIDA JÚNIOR, José Simões. Reflexões sobre o espaço e a atividade teatral na escola. In: Memória Abrace X: Anais do IV Congresso da Abrace. Os trabalhos e os dias das artes cênicas: ensinar, fazer e pesquisar dança e teatro e suas relações. Rio de Janeiro, UNIRIO, maio de 2006. p. 127-128. Disponível em: http://www.portalabrace.org/Memoria%20Abrace%20X%20digital.pdfHELIODORA, Bárbara. O teatro explicado aos meus filhos. Rio de Janeiro: Agir, 2008.

PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA (PDT).  Os Centros Integrados de Educação Pública. Brasília. 2010a. Disponível em: . Acesso em 07/05/2014.

____. Os Cieps no Rio Grande do Sul. Brasília. 2010b. Disponível em: . Acesso em 07/05/2014.

SANTOS, Vera Lúcia Bertoni dos. Iniciação à docência em teatro: ações, relações e reflexões. São Leopoldo: Oikos, 2012.

SPOLIN, Viola. Improvisação para o teatro. São Paulo: Perspectiva, 1982.

RYNGAERT, Jean Pierre. Jogar, representar: práticas dramáticas e formação. São Paulo: Cosac Naify, 2009.


7- SHAKESPEARE EM SALA DE AULA

BALDISSERA, Adelina. Pesquisa-ação: uma metodologia do “conhecer” e do “agir” coletivo. Sociedade em debate. Pelotas, 2001. Disponível em: < http://www.rle.ucpel.tche.br/index.php/rSd/article/view/570 > Acesso em: 23 jul. 2014.

ENTRE LIVROS. Revista Entre Clássicos n.2: William Shakespeare. São Paulo: Ed. Duetto, s/d. p. 6-98.

FRYE, Northrop. Sobre Shakespeare. Trad. Simone Lopes de Mello. Criação & Crítica: 9. São Paulo: Editora de Universidade de São Paulo, 1999. (Série IV)

HELIODORA, Barbara. Reflexões shakespereanas. Rio de Janeiro: Lacerda, 2004.

JAPIASSU, Ricardo Ottoni Vaz. Metodologia do Ensino de Teatro. Campinas: Papirus, 2001. (Coleção Ágere)

SANTOS, Vera Lúcia Bertoni dos (Org.). Iniciação à Docência em Teatro: ações, relações e reflexões. São Leopoldo: Oikos, 2012.

SHAKESPEARE, William. Shakespeare de A a Z: livro das citações. Seleção de Sergio Faraco; Trad. Carlos Alberto Nunes. Porto Alegre: L&PM, 1998.

____, William. Teatro Completo: comédias. Trad. Carlos Alberto Nunes. 1ª edição. Ediouro, 2008.

____, William. Teatro Completo: tragédias. Trad. Carlos Alberto Nunes. 1ª edição. Ediouro, 2008.

TEATRO. Som & Fúria. São Paulo: Rede Globo, 7 de julho de 2009 a 24 de julho de 2009. Minissérie.


5

Encontros formativos na Unidade da Uergs

Reflexões e discussões dos dados levantados sob forma de exposições dialogadas e estudos dirigidos, com leituras, resumos e fichamentos de itens bibliográficos sobre o fazer docente em teatro e a partir disso motivar os pibidianos para a criação de projetos artísticos pedagógicos por meio dos quais poderão propor e participar de experiências metodológicas e práticas docentes teatrais, além de avaliar os resultados obtidos, planejar novas ações e organizar material didático-pedagógico.
Período: de 27 de março a 19 de dezembro\2014


  • Foram realizados e registrados em atas encontros semanais do grupo de pibidianos com os coordenadores nas quartas-feiras das 17h às 18h40 no primeiro semestre e das 16h às 18h40 no segundo semestre. As supervisoras participaram, no mínimo, uma vez por mês destes encontros, oportunizando momentos de integração e socialização das impressões advindas das visitas à escola, bem como o planejamento de futuras ações. Estes encontros motivaram a criação de sete projetos artísticos pedagógicos, desenvolvidos em grupos.

  • Algumas ações realizadas:

- intervenções artísticas pedagógicas nos horários de intervalo, do contraturno escolar e em sala de aula;

- coleta de dados sobre o estado de uso da biblioteca da escola, bem como produção de material didático e realização de intervenções provocativas acerca da importância desse espaço;

- implementação da Rádio Ciep e do Cine Ciep, em parceria com o Grêmio Estudantil;

- apreciação de espetáculos teatrais profissionais;




6

Encontros formativos na Escola com supervisores

Diálogos e reflexões sobre a docência no teatro na escola com discussões sobre as possibilidades de ações e avaliação dos projetos artísticos pedagógicos para sistematizar experiências metodológicas e práticas docentes teatrais integradas ao currículo.
Período: de 14 de março a 19 de dezembro\2014


  • Foram realizados 04 encontros na escola com as supervisoras e gestão, primeiramente para apresentar o subprojeto, depois para avaliar e redirecionar o trabalho dos bolsistas.

  • Avaliamos a necessidade de aprimorar este objetivo na continuidade do trabalho, bem como a necessidade de vencer etapas para podermos chegar a este nível de discussão.



7

Projeção e elaboração de práticas pedagógicas teatrais inovadoras

Criação de práticas teatrais a partir da leitura dos PCNs da área deArtes/Teatro para os diferentes níveis e modalidades de ensino contemplados neste subprojeto e de autores da pedagogia teatral, abarcando as dimensões da produção, da recepção e da contextualização artística e estética, com vistas à proposição de projetos pedagógicos teatrais que, considerando o contexto observado e dialogando com ele, possam contribuir para uma presença mais efetiva dos conhecimentos teatrais na escola.
Período: de 27 de maio a 19 de dezembro\2014

  • Foram desenvolvidos projetos que intensificaram a presença do teatro no Ciep, tais:

- oficina “Shakespeare na sala de aula”;

- oficina de teatro na biblioteca;

- ação “Terrorismo poético” em reunião pedagógica docente;

- planejamento com participação da comunidade escolar para a reestruturação da sla de teatro na escola;

- realização e apreciação de intervenções artísticas em diferentes espaços da escola;

- apreciação de espetáculos teatrais profissionais (Nina e o monstro sem coração, Remotê controle)

- apreciação de espetáculos teatrais acadêmico (Encantamento Zumbi, A menina das borboletas);

E todas as demais ações realizadas dentro dos sete projetos.



8

Execução dos projetos de intervenção didático-pedagógicos teatrais elaborados

Os projetos criados e executados pelos Pibidianos poderão incluir oficinas de iniciação teatral, de teoria e história do teatro, de produção e recepção teatral e de formação de espectadores. Os projetos pensados para serem executados diretamente em sala de aula serão coordenados pela professora titular da disciplina. A perspectiva é a de contribuir para que a escola seja tempo e espaço de descobertas e construção de saberes, de trocas entre seus alunos, professores, funcionários e comunidade.
Período: de 27 de maio a 19 de dezembro\2014


  • - Projeto Biblioteca: a escola também pulsa,:

- Intervenção teatral com figuras criadas sobre o universo da biblioteca: no dia 8/07

- Intervenção teatral “Em busca da nossa casa: procurando a biblioteca e percorrendo o principal histórico dela”.

- Oficina de teatro com uma turma de 3º ano EF na biblioteca dia 15/10


  • - Projeto Rádio Ciep

- Intervenção com Rádio Móvel com a bruxa.

- Colaboração para a criação e efetivação do Grêmio Estudantil di CIEP

- Instalação do equipamento da Rádio CIEP junto a sala do Grêmio Estudantil.

- Ação de inauguração da Rádio com programação especial em comemoração Ano I da parceria entre Pibid/Teatro e Colégio Ciep.




  • - Projeto Cine Ciep

- Contação de histórias da Biblioteca Municipal realizada na Feira Literária da escola, 14 agosto

- Terrorismo Poético: Intervenção áudio visual com uma vivência teatral para os professores. 26 agosto

- Criação de uma cascata de livros, utilizando o acervo do colégio que nesta época tinha pouco acesso por parte dos alunos. 13 agosto

- Realização da oficina “Jogo e memória” no dia 29 de agosto no Encontro Institucional do Pibid/Uergs. Ministrada por Marlise Machado, Carla Pozo e Carla Saticq.

- Intervenção no turno da noite com “As mulheres de branco” em 31 e outubro.


  • - Projeto Varal de Horizontes:

- Intervenção artística “1o Varal de Figurinos” em 02/07

- Intervenção artística “Varal de Figurinos” na Feira Literária da escola em 14/08

- Intervenção teatral “Lavadeiras” no intervalo em 27/08, 17/09

- Intervenção artística “Varal: fotos Noivas e textos das mulheres de branco” em 22/10

- Intervenção teatral “Noivas” no pátio em 29/10


  • - Projeto Quem conta um conto aumenta um ponto:

- Intervenção artística "Troco pontos por contos" na Feira Literária da Escola.

- Intervenção artística VARAL DE NOIVAS no pátio do Ciep turno da manhã.

- Intervenção com as figuras das noivas e mulheres de brancos, no intervalo das aulas, turno da noite.


  • - Projeto Espaço para atividades teatrais na escola:

- Reuniões com corpo discente, docente e gestão escolar para planejamento do projeto da sala de teatro.

- Levantamento de orçamentos para materiais e mão de obra para a reforma da sala de teatro.

- Busca e compra de materiais.

- Mutirão dos pibidianos para reformar a sala de teatro (limpeza, lixamento, pintura e organização da sala de teatro)




  • - Projeto Shakespeare na sala de aula:

- Oficina com a turma 161 no dia 31 de outubro;



  • Outras ações desenvolvidas

  • Plano de aula e apresentação pública dos alunos da turma 171.

  • Planos de aulas do projeto Shakespeare em sala de aula na turma 161

  • Plano de aula com jogos teatrais em parceria com Artes Visuais na turma 182

  • Divulgação para alunos do ensino médio das formas de ingresso em universidades a partir da realização do ENEM em 06 de novembro.

  • Apreciação de espetáculos teatrais:

- “Nina, o mostro e o coração perdido” do grupo Clareira de Teatro, escrito por Martina Schreiner e direção de Lúcia Bendati, em 30 e 31 de outubro com participação de aproximadamente208 estudantes das séries iniciais, professores e pibidianos.

- “Remotê de Controlê” do grupo de teatro Tribu di Arteiros, dramaturgia criada pelo grupo, dirigido por Rosmeri Lorenzon, em 26 de novembro com a participação de1.000 estudantes, professores, pibidianos e funcionários.

- “A menina das Borboletas”, do trabalho de extensão Teatro é Educação II, baseado no texto Roberto Caldas, direção de Juliano Canal em 05 de setembro com a participação de 150 estudantes séries iniciais e professores.

- “Arena conta Zumbi”, Trabalho de Conclusão de Curso/2014 de Gil Colares, escrito por Augusto Boal e Gianfransesco Guarnieri, em 20 de novembro com participação de 50 estudantes da EJA, pibidianos e professores.



9

Socialização das práticas teatrais desenvolvidas nas escolas

Divulgação dos trabalhos realizados neste subprojeto em eventos de iniciação à docência em âmbito local e regional promovidos pela Uergs e outras IES, bem como em espaços cultura e lazer. Esses momentos de trocas poderão contribuir para os pibidianos aprimorarem suas práticas e projetarem novas propostas e realizações.
Período: de 28 de agosto a 08 de outubro\2014


  • Seminário Institucional do Pibid em Xangrilá e Osório, participação com comunicações e publicações de resumos expandidos de sete projetos (nomeados no item 8) que estão sendo desenvolvidos na escola; oficina Jogo e memóriae intervenção artística Varal do Horizontes - 28 e 29 de agosto

  • Siepex/ Uergs - participação com comunicações e publicações de resumos de sete projetos (nomeados no item 8) que estão sendo desenvolvidos na escola - 24, 25 e 26 de setembro.

  • Participação no Seminário Nacional de Arte Educação; Comunicação sobre Pibid/Teatro Colégio Ciep- 06 a 08 de outubro.

  • Intervenção artística “Lavadeiras” na Semana Acadêmica da Unidade Uergs Montenegro em 23/09

10

Encontros interdisciplinares entre os subprojetos do PIBID das licenciaturas emArtes

Organização de encontros com os grupos de pibidianos dos subprojetos de Teatro, Música, Dança e Artes Visuais da unidade de Montenegro para promovera transversalização dos saberes entre as áreas e a possibilidade para a construção de ações artístico/pedagógicas coletivas e interdisciplinares, tais como palestras, fóruns, minicursos, cursos deextensão, dentre outras.
Período: 23 de agosto\2014


  • Este objetivo não foi realizado plenamente neste primeiro ano, destacamos que na Semana Acadêmica o Diretório Acadêmico da Unidade organizou um momento para socialização entre os subprojetos de Artes da Unidade em Montenegro.

11

Encontros com grupos de outras unidades da Uergs e outras IES

Organização de encontros com outros grupos de pibidianos de outras unidades da Uergs e de outras instituições com projetos na área da licenciatura em teatro para promover novos conhecimentos pedagógicos e teatrais; relatos e

trocas de experiências, análise, discussão e apresentação de resultados; elaboração de ações interdisciplinares.


Período: 28 e 29 de agosto\2014

  • Este objetivo não foi realizado plenamente neste primeiro ano, destacamos a importância do Encontro Institucional Pidid/Uergs realizado em Xangrilá e Osório para o alcance deste objetivo, porém não foram realizados ainda encontros com outras instituições.

12

Participação dos estudantes/bolsistas e dos alunos da escola em espetáculos teatrais

A frequência a atividades teatrais será planejada de forma sistemática para que os estudantes da escola e os pibidianos possam (re)produzir, apreciar e refletir acerca dos conteúdos sócio históricos do teatro. Esta ação ampliará o horizonte de expectativa dos envolvidos em relação às possibilidades da arte teatral, no que diz respeito ao conhecimento de grupos teatrais, a diferentes estéticas e gêneros, bem como à questões filosóficas e éticas que envolvem estes fazeres.
Período: de 05 de setembro a 20 de novembro\2014


  • Foram organizadas idas ao teatro para assistir aos espetáculos:

  • “Nina, o mostro e o coração perdido” do grupo Clareira de Teatro, escrito por Martina Schreiner e direção de Lúcia Bendati, em 30 e 31 de outubro, com participação de aproximadamente 208 estudantes das séries iniciais e pibidianos.

  • “Remotê de Controlê” do grupo de teatro Tribu di Arteiros, dramaturgia criada pelo crupo, dirigido por Rosmeri Lorenzon, em 26 de novembro, com participação de aproximadamente1.000 estudantes da educação básica, professores, funcionários e funcionários.

  • “A menina das Borboletas”, do trabalho de extensão Teatro é Educação II, baseado no texto Roberto Caldas, direção de Juliano Canal em 05 de setembro com participação de aproximadamente150 estudantes séries iniciais e pibidianos.

  • “Encantamento Zumbi”, Trabalho de Conclusão de Curso/2014 de Gil Colares, escrito por Augusto Boal e Gianfransesco Guarnieri, em 20 de novembro, com participação de aproximadamente 100 estudantes EJA.




  • Pequenas ações preparatórias para a ida ao teatro e depois de ver as peças foram realizadas pelos pibidianos, desenvolvendo critérios de apreciação estética, reflexão e criação artística.

13

Promoção de atividades interdisciplinares da área de teatro

A promoção de ações interdisciplinares se dará por meio de atividades planejadas de forma conjunta com as disciplinas curriculares da escola. Estação possibilitará redes de relações entre os conhecimentos teatrais, as outras linguagens artísticas e os demais conteúdos trabalhados na escola, contribuindo assim para uma educação mais integrada e integradora.
Período: de maio a dezembro\2014


  • Grande parte das ações realizadas na escola integraram diferentes áreas do conhecimento, mas também os chamados temas transversais, entendendo a escola como um espaço de convívio e socialização.

  • O Projeto Biblioteca ajudou a conscientizar a comunidade escolar sobre a importância que uma biblioteca deve ter em uma escola com a realização de intervenções artísticas com figuras teatrais, oficinas teatrais no espaço da biblioteca, valorizando a leitura e os livros.

  • O projeto Rádio Ciep foi desenvolvido em parceria com a direção da escola e com o Grêmio estudantil, criando um espaço de comunicação intenso e democrático na escola.

  • O projeto Shakespeare na sala de aula foi desenvolvido com uma turma de 6º ano em parceria com a professora da disciplina de Matemática.

  • Plano de aula com jogos teatrais em parceria com Artes Visuais na turma 182

  • O projeto Cine Ciep realizou ação de formação continuada com o grupo de professores.

  • As intervenções artísticas realizadas na escola integraram várias áreas do conhecimento.

  • Proposição de Brincadeiras circulares no horário de recreio da tarde em 12 de novembro.

  • Realização da Intervenção “Era uma vez uma bruxa” no recreio.

14

Estudos e coleta de materiais de apoio às atividades didáticas/teatrais na escola

Realização de pesquisa sobre os materiais teóricos e práticos existentes na escola e comunidade, digitalizados e disponibilizados em sites na internet, dentre outros, que possam subsidiar as aulas e atividades teatrais na escola;

criação de estratégias para motivar o seu uso. A intenção é influenciar positivamente nas ações pedagógicas da escola que envolvam conhecimentos teatrais.


Período: de maio a dezembro\2014

  • Este objetivo não foi realizado plenamente, daremos destaque a ele no próximo ano. Destacamos que foram confeccionados livretos pelos estudantes componentes do Projeto Biblioteca e que para a realização das intervenções artísticas foram confeccionados figurinos, adereços e elementos cenográficos.




15

Promoção de apresentações teatrais no espaço da escola

Espetáculos teatrais e/ou outras produções teatrais pela comunidade escolar envolvendo professores, alunos, família e comunidade realizadas e encenadas pelos licenciandos bolsistas e pelos alunos da escola com apreciação dos outros alunos da escola e da comunidade escolar. A interação da experiência

de produzir e de apreciar teatro e como outras linguagens artísticas, potencializará e qualificará as outras proposições deste subprojeto, seja no eixo do fazer teatral ou do conhecer teatro.


Período: de julho a dezembro\2014


  • Foram apresentados na escola os seguintes espetáculos:

  • “Remotê de Controlê” em 26 de novembro – 1.000 estudantes e professores da educação básica.

  • “A menina das Borboletas” em 05 de setembro – 150 estudantes e professores das séries iniciais.

  • Os pibidianos realizaram regularmente intervenções artísticas em diferentes espaços da escola:

  • Varal de horizontes”

1º Varal de Figurinos manhã: 02/07

Varal na Feira Literária: 22/08 Lavadeiras manhã: 27/08

Lavadeiras turno da tarde: 17/09

Varal fotos Noivas: 22/10

Noivas Macabras: 29/10

Feira-do-Livro 14/08 



  • "Troco pontos por contos" (uma figura, com roupa preta, ficava sentada em um banco, tricotando. Na parede tinha o seguinte enunciado: "TROCO PONTOS POR CONTOS". 22/10

As figuras - ação ocorreu no intervalo das aulas, turno da manhã. 29/10

As noivas de Halloween. 31/10



  • Participação com intervenções artísticas em vários eventos na escola: comemoração da páscoa, feira do livro, semana farroupilha, entrega de boletins, Dia das bruxas.

16

Promoção da equidade e da solidariedade como proposta ético-pedagógica institucional

De forma compartilhada, Coordenadores de Área, Supervisores, bolsistas e membros da escola e seu entorno, devem promover estratégias coletivas de reflexão sobre aspectos cotidianos que suscitem discussão sobre a formação ética e equânime com base nas dimensões do humano com a solidariedade, levando-se em conta materialidades, interioridades, alteridades e totalidades como propostas na perspectiva da transversalidade na iniciação à docência de acordo com o subprojeto institucional Pibid/Uergs.

Período: de 27 de fevereiro a dezembro\2014

  • Foram realizadas reuniões com a direção e supervisoras para articular o Subprojeto com o contexto do Ciep.

  • Foram realizadas reuniões com a gestão escolar, professores alunos e funcionários para planejar a reforma da sala de teatro, a criação da Rádio Ciep e do Projeto Biblioteca e outros.

  • Nas reuniões semanais que ocorreram durante o ano os aspectos do cotidiano escolar trazidos pelos bolsistas foram debatidos com os coordenadores e supervisoras.




17

Utilização de blogs e outros espaços virtuais de conexão e de criação colaborativa

Manutenção colaborativa do Blog do Subprojeto do Pibid, por meio da postagemde textos, imagens, vídeos que revelem descobertas, trabalho com teatro e ensino.

Período: criados em20 de março e em 10 de setembro/2014, respectivamente

  • Foi criado o grupo Pibid teatro 2014 na rede social facebook

https://m.facebook.com/groups/444427289027323

  • Foi criado o blog http://pibiduergsteatro.blogspot.com.br/;



18

Registro no Portfólio virtual individual das ações realizadas no subprojeto

As diferentes ações realizadas no contexto escolar serão registradas individualmente e cotidianamente através de diário de campo, fotografia, áudio, vídeo e outros. Estes registros constituirão material para divulgação e avaliação do trabalho, bem como para a reflexão, análise e problematização dos diferentes aspectos que envolvem este subprojeto e a prática de iniciação à docência.
Período: desde março/2014

  • Tudo isso está sendo registrado no PBWorks Uergs/Pidid/Teatro http://uergspibidteatro.pbworks.com/w/page/76522832/P%C3%A1gina%20Inicial

  • Banco de imagens Ano I Pibid-Teatro no Ciep




19

Mostra dos trabalhos artísticos desenvolvidos entre os bolsistas e os estudantes

Esta ação visa socializar a experiência construída ao longo do trabalho do subprojeto, a partir dos registros e produções diversas construídas no decorrer do ano. Serão utilizados aqui todos os registros realizados no decorrer do processo. A ênfase desta ação será a criação de um espaço na escola para ver/mostrar as produções artísticas construídas pela comunidade escolar no desenvolvimento deste subprojeto.

Período: 26 de novembro/2014

  • No dia 26 de novembro foi realizada na escola uma mostra artística pedagógica, com apresentação dos resultados dos processos desenvolvidos no decorrer do ano.

  • Foi criado um cartão postal Ano I Pibid/teatro na escola Ciep para distribuir à comunidade escolar.

Obs: Registros encontram-se no link da página inicial do PBWorks.

20

Estímulo ao aprimoramento do uso da Língua portuguesa pelos bolsistas licenciandos em Teatro

Realização de atividades de estímulo à leitura, escrita e à expressão oral que utilizem os processos culturais da língua culta e popular e de múltiplas linguagens na produção de materiais pedagógicos, utilizando variados suportes de linguagem, entre os quais o cinema, a televisão, a publicidade, em sites da internet, em histórias em quadrinhos, mangás, cartuns, charges, contos de fada, cordéis, narrativas policiais e de aventuras, histórias de encantamento, diários, textos teatrais, poesias.
Período: início em Abril/2014


  • Foram produzidos textos individuais e coletivos no decorrer do ano nas:

  • Comunicações com resumos expandidos para o Encontro Institucional do Pibid/Uergs publicados em livro (No prelo)
  • Comunicações com resumos publicados em Anais no SIEPEX (No prelo) Obs: Os escritos destes resumos se encontram no link do pbworks nomeado de Projetos que estão sendo desenvolvidos no colégio Ciep


  • Comunicação com resumo expandido publicado nos Anais do 24º Seminário Nacional de Arte e Educação: Os desafios do professor de arte no mundo contemporâneo.http://seer.fundarte.rs.gov.br/index.php/Anaissem/article/view/160

  • Manutenção do pbworks com textos escritos pelos bolsistas, registrando e refletindo o cotidiano escolar das atividades realizadas.

21

Ações de formação contínua com foco em conversas, debates e palestras

Organização de conversas e debates acerca de questões sobre os princípios e normatizações da Educação Básica em teatro, processos de ensino-aprendizagem, planejamento e avaliação, trazendo palestrantes convidados para arejar as formas de olhar para os espaços até então tão familiares, como as escolas participantes (conforme as necessidades e interesses das escolas e estudantes envolvidos).

  • Participação dos pibidianos no seminário Nacional de Arte Educação FUNDARTE, nele foi criada a COREOGRAFIA CRIADA NA OFICINA "ARTE COMO MEDIAÇÃO ENTRE MUROS"http://uergspibidteatro.pbworks.com/w/page/83324290/NATHALIA%20SCAPIN%20BARP

  • Este objetivo não foi plenamente alcançado neste primeiro ano, daremos destaque a ele no próximo ano



22

Aprimoramento do uso da Língua portuguesa nas ações realizadas na Escola

Diferentes formas de abordar o uso da Língua portuguesa serão desenvolvidas nas ações de intervenção didático-pedagógicos teatrais na escola. Na criação teatral a palavra será usada nas dimensões da escrita, da leitura, da fala e do canto. Serão desenvolvidas práticas de leituras de textos dramáticos e literários, de apreciação de peças e cenas teatrais, filmes e outras obras que propõem leituras. Os bolsistas serão desafiados a escrever e darem voz a roteiros, diálogos, rubricas e narrações.
Período: início em Abril/2014

  • Alguns resultados desta ação podem ser observados nos escritos dos pibidianos encontrados nas postagens do PbWorks Uergs/Pibid/Teatro

http://uergspibidteatro.pbworks.com/w/page/76522832/P%C3%A1gina%20Inicial


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal