17ª Mostra de Cinema de Tiradentes



Baixar 38,06 Kb.
Encontro04.10.2017
Tamanho38,06 Kb.



17ª Mostra de Cinema de Tiradentes

24 de janeiro a 01 de fevereiro de 2014



NA 17ª EDIÇÃO, MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES ELEGE OS PROCESSOS CRIATIVOS COMO EIXO DE DISCUSSÃO, EXIBE 134 FILMES BRASILEIROS E PRESTA HOMENAGEM AO ATOR MARAT DESCARTES.

A Mostra de Cinema de Tiradentes que chega a sua 17ª edição entre os dias 24 de janeiro e 1° de fevereiro, elegeu os processos criativos como eixo de discussão e transforma a cidade histórica mineira em palco da sétima arte. São 134 filmes brasileiros em pré-estreias nacionais – 29 longas, 4 médias e 101 curtas, oriundos de 16 estados brasileiros: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Sergipe, Maranhão, Distrito Federal e Amazonas que estão distribuídos em 54 sessões de cinema em três espaços de exibição.

“A Mostra Tiradentes consolida-se com uma das mais importantes plataformas de lançamento do cinema brasileiro independente. Desde a primeira edição acentuou o compromisso com o cinema brasileiro, com a sociedade que o origina, com as representatividades políticas, com as mudanças, influências e tendências do audiovisual. Nesta edição o público vai conhecer a produção de todos os cantos do Brasil, novos diretores, novas maneiras de fazer cinema , a diversidade na contemporaneidade”, afirma Raquel Hallak – coordenadora do evento.

A seleção de longas está organizada em seis mostras temáticas – Homenagem, Aurora, Autorias, Transições, Sui Generis e Praça, enquanto a de curtas em 10 mostras – Homenagem, Foco, Panorama, Praça ,Autorias, Sui Generis,Cena Mineira, Cena Regional, Formação, Mostrinha e Jovem. Os médias, uma das novidades desta edição, estão incluídos na programação de acordo com seus perfis estéticos.

“Esteticamente, temos variações”, destaca Cléber Eduardo, curador da mostra. “Há filmes-ensaio, filmes experimentais, filmes narrativos, filmes cênicos, filmes rítmicos, documentários observacionais de personagens e ambientes, comédia urbana, família cigana, relações com o pop ressignificadas e recontextualizadas, hibridismos do documentário com a ficção, filmes sobre filmes, filmes sobre mal-estar.

Entre os longas-metragens, tem sido grande a expectativa pela sétima edição da Mostra Aurora, que reúne jovens realizadores em produções de caráter mais arriscado e experimental, disputando o Júri da Crítica, o Júri Jovem e o Prêmio Itamaraty de R$ 50 mil. São eles: “A Vizinhança do Tigre” (MG), de Affonso Uchôa; “Aliança” (MG), de Gabriel Martins, João Toledo e Leonardo Amaral; “BatGuano” (PB), de Tavinho Teixeira; “Branco Sai Preto Fica” (DF), de Adirley Queirós; “O Bagre Africano de Ataleia” (MG), de Aline X e Gustavo Jardim; “Aquilo que Fazemos com as Nossas Desgraças” (PR), de Arthur Tuoto; e “A Mulher que Amou o Vento” (MG), de Ana Moravi. As outras mostras de longas-metragens são Homenagem, Autorias, Transições, Sui Generis, Praça e Mostrinha.

Uma das seleções mais esperadas da Mostra Tiradentes, a programação de curtas-metragens traz nesta edição 101 filmes produzidos em 16 Estados brasileiros e divididas em 11 mostras temáticas. O público poderá conferir exibições gratuitas da novíssima safra de produções e realizadores do país em três espaços da cidade utilizados pelo evento: Cine BNDES na Praça (Largo das Fôrras), Cine-Tenda e Cine-Teatro (Sesi Tiradentes- Centro Cultural Yves Alves). A equipe de curadores de curtas desta edição é formada pelos críticos Francis Vogner, Pedro Maciel Guimarães e Cléber Eduardo.

Mantendo a tradição de também refletir e pensar sobre aquilo que apresenta, a mostra promove ainda o “17° Seminário do Cinema Brasileiro: Ideias e Perspectivas”. Nesta edição, o evento coloca em evidência os processos audiovisuais de criação e a diversidade do fazer cinematográfico, promovendo diálogos e encontros entre profissionais brasileiros e internacionais. Além disso, realiza a série Encontro com Crítica, Diretor e Público, com debates de filmes exibidos na programação.

O homenageado da edição é o ator paulista Marat Descartes, considerado uma das presenças mais representativas do atual momento da produção independente no país. O filme de abertura do evento vai exibir o inédito “Quando Eu Era Vivo”, de Marco Dutra e protagonizado pelo ator. No dia seguinte, o debate da programação enfoca “O Percurso do Ator Marat Descartes”, que reúne na mesa, a atriz Paula Cohen, os diretores Gustavo Galvão e Marco Dutra e o homenageado da mostra.

Nos demais debates, mais de 50 profissionais do audiovisual estão no centro das discussões para participar de 22 encontros, sendo 7 do seminário, 12 da série Encontro com Crítica, Diretor e Público e três bate-papos sobre filmes da mostra Sui Generis. A temática da mostra ganha sua própria discussão em três mesas: “Processos Audiovisuais de Criação: Outros Modos”, que vai propor ideias sobre como filmes recentes têm desenvolvido suas formas de realização e de que maneira isso interefe nos resultados estéticos e narrativos; “Processos de Criação: Da Ideia ao Set de Filmagem”, em que realizadores contarão suas experiências dentro dessa forma de feitura; e “Processos de Criação: Trabalho, Método e Circunstância”, sobre a realização dos projetos mais recentes de duas referências históricas do cinema de invenção brasileiro, Andrea Tonacci e Luiz Rosemberg Filho. Ambos apresentam seus novos filmes na sessão de encerramento da mostra, no dia 1° de fevereiro.



CINEMA PARA NOVA GERAÇÃO

Na sociedade em que vivemos hoje, cheia de estímulos visuais, o audiovisual assumiu papel central no cotidiano das pessoas, no modo de trabalho e difusão de conteúdos. Com o propósito de criar oportunidades de exibir o cinema produzido no Brasil para a nova geração, proporcionar o acesso do público aos bens culturais e promover o encontro de centenas de crianças, muitas vezes, pela primeira vez a uma sala de cinema, a Mostra Tiradentes mantém a tradição de reservar um espaço especial para reunir toda família em sessões da Mostrinha de Cinema.

O público jovem e a criançada tem programação garantida e uma ótima opção de férias. Além das oficinas para o público infanto-juvenil, o evento promove seis sessões de cinema. A Mostra Jovem vai exibir cinco curtas-metragens diferentes em sessão realizada no Cine Tenda. E a tradicional Mostrinha de Cinema vai exibir 10 filmes para a nova geração, sete curtas e três longas -“Tainá- A origem”, “Brichos – A floresta é nossa” e Meu Pé de Laranja Lima”.

"AMostrinha e a Mostra Jovem compõem um quadro de introdução às imagens que vão povoar a imaginação de crianças e adolescentes. Os filmes da Mostrinha giram em torno das relações entre os menores com o mundo dos grandes e do universo lúdico que povoa a mente das crianças, diz Pedro Maciel Guimarães, curador da Mostra Jovem e da Mostrinha.



Toda a programação é oferecida gratuitamente ao público e além da ampla exibição de filmes e debates, o evento promove também shows musicais, cortejo da arte, lançamento de livros e DVDs, oficinas, performance audiovisual, exposições e atrações artísticas.

***


A cidade de Tiradentes, localizada a 180km de BH e com apenas 7 mil habitantes, recebe durante a Mostra Tiradentes toda infra-estrutura necessária para sediar uma programação cultural abrangente e gratuita, que reúne todas as manifestações da arte. São instalados três espaços de exibição: o Cine BNDES na Praça, no Largo das Fôrras (espaço para mais de 1.000 espectadores); o Complexo de Tendas, que sedia a instalação do Cine-Tenda (700 lugares), e o Cine-Teatro SESI (platéia de 120 lugares), que funciona no Sesi Tiradentes - Centro Cultural Yves Alves – sede do evento.

***


Acompanhe a 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes e o programa Cinema Sem Fronteiras 2014.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Na Web: mostratiradentes.com.br

No Twitter: @universoprod

No Facebook: universoproducao / mostratiradentes

No Instagram: @universoproducao

Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

***


Serviço:

17ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

24 de janeiro a 1º de fevereiro de 2014


Idealização e realização: Universo Produção

Patrocínio Master: BNDES/Governo Federal, Oi

Patrocínio: CEMIG/Governo de Minas, PETROBRAS, SESI/FIEMG, SOUZA CRUZ

Incentivo: Leis Estadual e Federal de Incentivo a Cultura



Apoio: Oi Futuro, Instituto Universo Cultural, Rede Globo Minas, Café 3 Corações, Fecomércio MG/Senac, Localiza, Cinema do Brasil, Canal Brasil, Revista de Cinema, CTAv, CiaRio, Mistika, Mix Estúdios, Teleimage, Labocine.
ASSESSORIA DE IMPRENSA

Universo Produção  -  (31) 3282.2366 - Luisa Moraes – (31) 9188.5040 
Fábio Gomides       -   (31) 9693.2767   imprensa@universoproducaocom.br
Ana d’Angelo            -  (21) 99463.7000    dangelo.ana@gmail.com 



Rua Pirapetinga, 567  Serra  Belo Horizonte  MG  30220-150  (31) 3282 2366  www.mostratiradentes.com.br



©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal