120 domingo do tempo comum



Baixar 58,64 Kb.
Encontro21.09.2017
Tamanho58,64 Kb.
120 domingo do tempo comum

Ano A | Cor: Verde | 25 de junho de 2017



1. refrão meditativo

Quer comais, quer bebais, / quer façais uma outra coisa, / : fazei tudo para a glória do Senhor:/
2. entrada

1. Como membro desta Igreja Peregrina, recebi de Jesus Cristo uma missão: de levar a Boa Nova a toda gente, a verdade, a paz e o perdão.

Envia, envia, Senhor, operários para a messe. Escuta, escuta esta prece, multidões te esperam, Senhor!

2. Por caminho tão difíceis muita gente vai andando sem ter rumo e direção. Não conhecem a verdade do Evangelho que liberta e dá forças ao coração.

3. A missão nos acompanha dia a dia na escola, no trabalho e no lar. Precisamos ser no mundo testemunhas pra que Deus possa em nós se revelar.
3. ato penitencial

1. Senhor, tende piedade / dos corações arrependidos!



Tende piedade de nós / Tende piedade de nós. / Tende piedade de nós / Tende piedade de nós.

2. Jesus, tende piedade / dos pecadores, tão humilhados!

3. Senhor, tende piedade / Intercedendo por nós ao Pai!
4. glória

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens, / e paz na terra aos homens por Ele amados. / Senhor Deus, Rei dos céus, / Deus Pai todo-poderoso, / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus, Pai todo poderoso:

Nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, / Nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, Nós damos graças, por vossa imensa glória.

Senhor Jesus, o Cristo , Filho Unigênito, :/ O Senhor Deus, Cordeiro de Deus: Filho de Deus Pai/

Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.

Só Vós sois Santo; só Vós, sois o Senhor; / Só Vós, o Altíssimo o filho Jesus Cristo; / Com o Espírito Santo na glória de Deus Pai. Amém!


oração da coleta

Senhor, nosso Deus, dai-nos por toda a vida a graça de vos amar e temer, pois nunca cessais de conduzir os que firmais no vosso amor. PNSJC.



T.: Amém!
5. primeira leitura

Jr 20,10-13

Leitura do Livro do profeta Jeremias

Jeremias disse: “Eu ouvi as injúrias de tantos homens e os vi espalhando o medo em redor: ´Denunciai-o, denunciemo-lo´. Todos os amigos observavam minhas falhas: ´Talvez ele cometa um engano e nós poderemos apanhá-lo e desforrar-nos dele´. Mas o Senhor está ao meu lado, como forte guerreiro; por isso, os que me perseguem cairão vencidos. Por não terem tido êxito, eles se cobrirão de vergonha. Eterna infâmia, que nunca se apaga! Ó Senhor dos exércitos, que provas o homem justo e vês os sentimentos do coração, rogo-te me faças ver tua vingança sobre eles; pois eu te declarei a minha causa. Cantai ao Senhor, louvai o Senhor, pois ele salvou a vida de um pobre homem das mãos dos maus”.



Palavra do Senhor.

T.: Graças a Deus!
6. salmo 68 (69)

Atendei-me, ó Senhor, pelo vosso imenso amor!

1. Por vossa causa é que sofri tantos insultos, / e o meu rosto se cobriu de confusão; / eu me tornei como um estranho a meus irmãos, / como estrangeiro para os filhos de minha mãe. / Pois meu zelo e meu amor por vossa casa / me devoram como fogo abrasador.

2. Por isso, elevo para vós minha oração, / neste tempo favorável, Senhor Deus! / Repondei-me pelo vosso imenso amor, / pela vossa salvação que nunca falha! / Senhor, ouvi-me, pois suave é vossa graça, / ponde os olhos sobre mim com grande amor.



3. Humildes, vede isto e alegrai-vos: / o vosso coração reviverá, / se procurardes o Senhor continuamente! / Pois nosso Deus atende à prece dos seus pobres, / e não despreza o clamor de seus cativos. / Que céus e terra glorifiquem o Senhor / com o mar e todo ser que neles vive!



7. segunda leitura

Rm 5,12-15

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos: O pecado entrou no mundo por um só homem. Através do pecado, entrou a morte. E a morte passou para todos os homens, porque todos pecaram.

Na realidade, antes de ser dada a Lei, já havia pecado no mundo. Mas o pecado não pode ser imputado, quando não há lei. No entanto, a morte reinou, desde Adão até Moisés, mesmo sobre os que não pecaram como Adão, o qual era a figura provisória daquele que devia vir. Mas isso não quer dizer que o dom da graça de Deus seja comparável à falta de Adão! A transgressão de um só levou a multidão humana à morte, mas foi de modo bem superior que a graça de Deus, ou seja, o dom gratuito concedido através de um só homem, Jesus Cristo, se derramou em abundância sobre todos.

Palavra do Senhor.

T.: Graças a Deus!
8. canto de aclamação

Aleluia, Aleluia, Aleluia! Com alegria, aclamemos a palavra do Senhor!

1. O Espírito Santo, a verdade, de mim irá testemunhar, e vós minhas testemunhas sereis em todo lugar.


9. Evangelho

Mt 10,26-33

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus

Naquele tempo, disse Jesus a seus apóstolos: Não tenhais medo dos homens, pois nada há de encoberto que não seja revelado, e nada há de escondido que não seja conhecido. O que vos digo na escuridão, dizei-o à luz do dia; o que escutais ao pé do ouvido, proclamai-o sobre os telhados!

Não tenhais medo daqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma! Pelo contrário, temei aquele que pode destruir a alma e o corpo no inferno! Não se vendem dois pardais por algumas moedas? No entanto, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do vosso Pai.



Quanto a vós, até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não tenhais medo! Vós valeis mais do que muitos pardais.

Portanto, todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus. Aquele, porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante do meu Pai que está nos céus.



Palavra da Salvação.

T.: Glória a vós, Senhor!
10. profissão de fé
11. canto das ofertas

1. O trigo depois de crescido logo é colhido / E vai tornar-se pão. / Nas mãos da mãe mulher se imola, / se entrega humilde pra fermentação. / Lição de amor ensina o trigo com seu gesto de doação. / Também quero ser desprendido / pra tornar-me pão nas mãos do meu Senhor.



Sagrado trigo imolado, depois farinhado e finalmente pão / sagrado trigo ofertado, que será tornado corpo do Senhor (bis).

2. A uva sem fazer gemido se entrega, / ao milagre da transformação. / Sob os pés do lavrador sofrido / Vai tornar-se vinho de nobre sabor. / Lição de amor ensina a uva com seu gesto de oblação. / Também quero ser desprendido / pra tornar-me vinho nas mãos do Senhor.



Sagrado fruto da videira que foi flor primeiro e se modificou / Sagrado vinho ofertado que será tornado sangue do Senhor (bis).
sobre as oferendas

Acolhei, ó Deus, este sacrifício de reconciliação e louvor, e fazei que, purificados por ele, possamos oferecer-vos um coração que vos agrade. PCNS.



T.: Amém!
12. oração eucarística v
Pr.: É justo e nos faz todos ser mais santos louvar a vós, ó Pai, no mundo inteiro, de dia e de noite, agradecendo com Cristo, vosso Filho, nosso irmão.

É ele o sacerdote verdadeiro que sempre se oferece por nós todos, mandando que se faça a mesma coisa que fez naquela ceia derradeira.

Por isso, aqui estamos bem unidos, louvando e agradecendo com alegria, juntando nossa voz à voz dos anjos e à voz dos santos todos, pra cantar (dizer):
santo

Santo, Santo, Santo! / Senhor, Deus do Universo! / O céu e a terra proclamam / a vossa glória! /: Hosana nas alturas!: / Hosana /: Bendito aquele que vem / em nome do Senhor! /: Hosana nas alturas! / Hosana!:


Pr.: Senhor, vós que sempre quisestes ficar muito perto de nós, vivendo conosco no Cristo, falando conosco por ele, mandai vosso Espírito Santo a fim de que as nossas ofertas se mudem no Corpo e no Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.

T.: Mandai vosso Espírito Santo.
Pr.: Na noite em que ia ser entregue, ceando com seus apóstolos, Jesus, tendo o pão em suas mãos, olhou para o céu e deu graças, partiu o pão e o entregou a seus discípulos, dizendo:

Tomai, todos, e comei...
Pr.: Do mesmo modo, ao fim da ceia, tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente e o entregou a seus discípulos, dizendo:

Tomai, todos, e bebei...
Pr.: Tudo isto é mistério da fé!

T.: Toda vez que se come deste Pão, toda vez que se bebe deste Vinho, se recorda a paixão de Jesus Cristo e se fica esperando sua volta.
Pr.: Recordamos, ó Pai, neste momento, a paixão de Jesus, nosso Senhor, sua ressurreição e ascensão; nós queremos a vós oferecer este Pão que alimenta e que dá vida, este Vinho que nos salva e dá coragem.

T.: Recebei, ó Senhor a nossa oferta.
Pr.: E quando recebermos Pão e Vinho, o Corpo e Sangue dele oferecidos, o Espírito nos una num só corpo, para sermos um só povo em seu amor.

T.: O Espírito nos una num só corpo.
Pr.: Protegei vossa Igreja que caminha nas estradas do mundo rumo ao céu, cada dia renovando a esperança de chegar junto a vós, na vossa paz.

T.: Caminhamos na estrada de Jesus.
Pr.: Dai ao Santo Padre, o papa (N.), ser bem firme na fé, na caridade, e a (N.), que é bispo desta Igreja, muita luz pra guiar o seu rebanho.

T.: Caminhamos na estrada de Jesus.
Pr.: Esperamos entrar na vida eterna com a Virgem, Mãe de Deus e da Igreja, com São José, seu esposo os apóstolos e todos os santos, que na vida souberam amar Cristo e seus irmãos.

T.: Esperamos entrar na vida eterna.
Pr.: A todos que chamastes para outra vida na vossa amizade, e aos marcados com o sinal da fé, abrindo vossos braços, acolhei-os. Que vivam para sempre bem felizes no reino que para todos preparastes.

T.: A todos dai a luz que não se apaga.

Pr.: E a nós, que agora estamos reunidos e somos povo santo e pecador, dai força para construirmos juntos o vosso reino que também é nosso.
Por Cristo, com Cristo...

T.: Amém!
13. cordeiro

Cordeiro de Deus, cordeiro de Deus, / Cordeiro de Deus, / Tu que tiras o nosso pecado(bis).

Tem piedade de nós, piedade de nós. / Piedade de nós / e dá-nos a paz (2x). / E dá-nos a paz, / e dá-nos a paz / e dá-nós a paz.

14. comunhão i

Eu sou o pão que vem do céu! Quem crer em mim, irá viver!

1. Nós reconhecemos o Senhor, partindo o pão, / Mistério de amor, a nossa refeição.

2. O Senhor Jesus no sacramento nos deixou / memorial da cruz / Morte e ressurreição.

3. Tão grande mistério adoramos neste altar, / que nossa fé sustente / o nosso caminhar!

4. Ao povo de Deus, lá no deserto, sem pão, sem lar, / Deus fez cair do céu / comida salutar.



5. Todos se assentaram, todos comeram até fartar. / Glória e louvor a Deus, / que vem nos saciar!

6. Corpo do Senhor é o Pão que temos no altar, / e o vinho consagrado / é o Sangue redentor.



15. comunhão iI

1. Esta é a ceia do Pai, / Vinde todos tomai o alimento eterno. / Hoje desejo saciar vossa fome de paz. / Acolhei-me no coração.

Aonde iremos nós? Aonde iremos nós? Tu tens palavras de vida e amor. / Aonde iremos nós? Somos todos teus. Tu és o verdadeiro Santo de Deus.

2. Toda a verdade falei, / feito pão eu deixei o meu Corpo na mesa. / Hoje desejo estar outra vez entre vós / Acolhei-me no coração.

3. Meu sangue deixei / ficar feito vinho no altar quem beber tem a vida. / Hoje desejo unir todos vós, / vinde a mim acolhei-me no coração.
pós comunhão

Renovados pelo Corpo e Sangue de vosso Filho, nós vos pedimos, ó Deus, que possamos receber um dia, resgatados para sempre, a salvação que devotamente estamos celebrando. PCNS.



T.: Amém!

16. ORAÇÃO DO ANO DA VOCAÇÃO SACERDOTAL



Ó Deus, nosso Pai, nós vos agradecemos pelo precioso dom do sacerdócio que, por vosso divino Filho, concedestes à vossa Igreja.

Conservai no vosso santo serviço aqueles que chamastes para exercer, em nome de Jesus Cristo, a sublime missão de ensinar, santificar e conduzir o vosso povo santo.

Dai-lhes força, alegria e fidelidade no exercício do sagrado ministério, mesmo diante das dificuldades que acompanham a vida dos discípulos e missionários de Jesus.

Dai perseverança aos seminaristas e despertai entre os jovens muitas vocações para o ministério sacerdotal, a fim de que o vosso povo santo possa contar com a indispensável presença daqueles que, em nome de vosso Filho, apascentam o vosso rebanho, repartem o Pão da palavra e o sustentam com a Sagrada Eucaristia e os demais sacramentos.

Amparados pela intercessão de Nossa Senhora da Assunção e de São José, Padroeiros da Arquidiocese de Mariana, nós vos dirigimos esta súplica, por Jesus Cristo, Bom Pastor, Sumo e Eterno Sacerdote, na unidade do Espírito Santo. Amém!
17. canto final

1. Ide pelo mundo e evangelizai. / De cima dos telhados proclamai. / Não vai ser sempre assim: / A dor vai ter um fim / Este mundo tem um Filho e tem um Pai (bis).



2.O Espírito dos dois vos acompanhará / com sabedoria proclamai / De jeito novo procurai meu povo / de um jeito novo evangelizai...


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal