1. Um veículo realiza mcu numa pista de raio igual a 300 m. Registra-se que ele descreve um arco de 2,5 rad em 30 s. Determine: a o espaço percorrido nesse intervalo de tempo; b a velocidade linear, em km/h; c a velocidade angular, em rad



Baixar 98.59 Kb.
Página1/2
Encontro21.08.2017
Tamanho98.59 Kb.
  1   2

Anglo/Itapira-Mogi 1ª Série Ensino Médio - Física - PLúcio/Jean/Alessandra.

1. Um veículo realiza MCU numa pista de raio igual a 300 m. Registra-se que ele descreve um arco de 2,5 rad em 30 s. Determine:

a) o espaço percorrido nesse intervalo de tempo;

b) a velocidade linear, em km/h;

c) a velocidade angular, em rad/s.



2. Um carrinho de brinquedo de massa 400 g realiza movimento circular uniforme em torno de um ponto central dando 2 voltas a cada 8 s. O raio dessa trajetória é 2 m. Determine:

a) o período e a frequência do movimento;

b) a velocidade angular;

c) a velocidade linear.



3. Sobre trajetória circular de raio 20 cm, uma partícula executa movimento uniforme dando 10 voltas a cada segundo. Calcule:.

a) o período e a frequência do movimento;

b) a velocidade angular;

c) a velocidade linear , em m/s.



4. O esquema mostra duas polias (A e B) acopladas através de uma correia (C) que gira sem escorregar. A polia menor tem raio 10 cm e gira a 360 rpm. A polia maior tem raio 40 cm. Calcule:

a) a freqüência da polia maior, em Hz;

b) o período da polia menor, em segundos;

c) a velocidade angular da polia menor, em rad/s;

d) as velocidades lineares das polias e da correia.

5. A figura mostra três engrenagens, E1, E2 e E3 , fixas pelos seus centros, e de raios, R1 ,R2 e R3, respectivamente.

A relação entre os raios é R1 = R3 = 0,5R2



Se a engrenagem da esquerda (E1) gira no sentido horário com período f1 = 6 Hz. Dê o sentido de giro e a frequência das outras engrenagens.



6. Na figura, representamos a roda traseira (Z) e o sistema de engrenagem de uma bicicleta, com a coroa (X) e a catraca (Y). As rodas da bicicleta têm raio de 50 cm, a coroa tem raio de 12 cm e a catraca tem raio de 4 cm.

O ciclista imprime ao pedal uma frequência constante de 1,0 Hz (uma pedalada por segundo).



Adote  = 3 para determinar:

a) a frequência com que gira a coroa;

b) a frequência com que gira a catraca;

c) a frequência com que giram as rodas da bicicleta;

d) o módulo da velocidade da bicicleta, supondo-se que as rodas não derrapem.



7. (Fuvest) Um homem tenta levantar uma caixa de massa 5 kg aplicando sobre ela uma força vertical de módulo 10 N. Determine a intensidade de força normal que a superfície exerce na caixa.

Determine as intensidades do peso da caixa e da força normal que a superfície aplica na caixa.



8. A figura mostra um bloco A de massa 4 kg suspenso por um fio inextensível e de preso desprezível preso a um outro bloco B, de massa 6 kg, sobre uma superfície horizontal lisa.

a) Determine a intensidade da força de tração no fio que liga os corpos.

b) Calcule a intensidade da força normal que a superfície exerce no bloco B.

9. O guindaste da figura está resgatando um veículo de massa 1.500 kg que caiu na ribanceira.

Se a retirada é feita vagarosa mente, com velocidade constante de 2 m/s, qual a intensidade da força de tração no cabo?



10. Em entrevista a um telejornal, o comandante de polícia rodoviária ressaltou e justificou a proibição para uma criança viajar no banco de passageiros, sozinha, ao lado do motorista.

Segundo ele: “...o cinto de segurança não é adequado ao seu tamanho e, no caso de uma freada brusca, ela (a criança) seria violentamente atirada contra o pára-brisas.”

a) O texto acima refere-se a uma propriedade natural de todos os corpos, chamada Inércia. Além do cinto de segurança cite, pelo menos, mais um dispositivo de segurança e proteção contra a Inércia, existente num carro moderno.

b) Newton enunciou um princípio físico relacionado a essa propriedade. Que princípio é esse e o que ele afirma?

c) Reescreva o trecho grifado de maneira que ele fique fisicamente correto. Se achar que ele não apresenta nenhuma falha quanto aos termos físicos, escreva: não há correções a fazer.

d) Um carro de peso 12.000 N viaja em trajetória retilínea com velocidade constante, sujeito a uma força motriz de intensidade


F = 1.000 N. Com base nesse princípio, qual a intensidade Fr das forças resistivas atuantes nesse carro? Qual a intensidade da força normal N que a pista exerce no veículo? Represente essas forças atuantes no veículo.



11. O bloco da figura encontra-se em repouso sobre uma “balança de molas” (dinamômetro) colocada em uma superfície horizontal. Como mostrado na figura, ela está acusando leitura de 100 N.

a) Qual a intensidade do peso do bloco?

b) Qual a intensidade da força que a balança aplica no bloco?

c) As forças mencionadas nos itens anteriores formam um par ação-reação? Justifique sua resposta.



12. O corpo da figura tem massa 2 kg e é arrastado com velocidade constante de 4 m/s ao longo da superfície horizontal áspera pela ação da força , paralela à superfície e de módulo 10 N.



Determine:

a) a intensidade da componente de atrito entre o corpo e a superfície;

b) a intensidade da componente normal;

c) a distância que o corpo percorre em 10 s de movimento.

13. Sobre o piso horizontal de uma sala, uma pessoa arrasta um armário aplicando sobre ele uma força constante de intensidade
F
= 300 N, paralela à superfície.

O armário cuja massa é 60 kg sofre, então, um deslocamento de 5 m, com velocidade constante. Considere g = 10 m/s2.

a) Assinale as forças que agem sobre o armário durante esse deslocamento, determinando valor de cada uma delas.

b) Determine as intensidades das componentes normal e de atrito.



14. Um veículo de massa 200 kg parte de repouso (t = 0) e após percorrer 200 m, sua velocidade atinge o valor de 40 m/s, com aceleração escalar constante e em trajetória retilínea.

a) Quanto tempo durou esse processo de aceleração?

b) Qual a intensidade da força resultante sobre o veículo?

15. A velocidade de um móvel de massa 500 kg passa de 10 m/s em para 20 m/s, com aceleração escalar constante de 2 m/s², sobre trajetória retilínea.

a) Quanto tempo levou esse processo de aceleração?

b) Qual o espaço percorrido nesse intervalo?

b) Calcule o módulo da força resultante que provocou esse deslocamento.



16. Na figura, o atrito e a resistência do ar são desprezíveis.

a) Calcule o módulo da aceleração do sistema.

b) Dê a intensidade da força de tração em cada um dos fios (supostos ideais) que ligam os corpos.



17. A figura ao lado mostra dois blocos sobre uma mesa lisa, plana e horizontal, sendo acelerados por uma força de sentido constante, paralela à superfície e de intensidade F = 10 N. As massas dos corpos são m1 = 3 kg, m2 = 2 kg.

a) Determine o módulo da aceleração adquirida pelos blocos.

b) Calcule a intensidade das forças de contato entre os blocos.

18. Na figura, o fio que liga os corpos suporta uma tração máxima de intensidade 10 N.

Sendo mA = 2 kg e mB = 3 kg qual a máxima intensidade que a força paralela à superfície horizontal pode assumir? Despreze atritos e resistência do ar.



19. A figura representa dois corpos, A e B, ligados entre si por um fio flexível que passa por uma polia P. Despreze os atritos, a massa do fio e da polia. As massas de A e B valem, respectivamente, 6 kg e 4 kg.

a) Determine o módulo da aceleração adquirida por cada bloco.

b) Calcule a intensidade da força de tração no fio que liga os corpos.

20. O corpo da figura tem massa 4 kg e é arrastado com velocidade constante de 2 m/s ao longo da superfície horizontal áspera. A força é paralela à superfície e tem módulo igual a 20 N.

Calcule para um deslocamento de 10 m:

a) o trabalho de cada uma das forças atuantes;

b) o trabalho da força resultante.



21. A força mostrada na figura é constante, tem intensidade igual a 50 N e forma com a superfície horizontal de apoio um ângulo  = 37°. Ela arrasta um bloco de massa 10 kg sobre uma superfície horizontal ao longo de 18 m. A força de atrito tem intensidade 30 N. Calcule:

a) os trabalhos de todas as forças atuantes no bloco , bem como o trabalho da força resultante, para o deslocamento de 18 m.

b) a velocidade do bloco ao final desse deslocamento.

c) a velocidade que o bloco teria se não houvesse atrito.



22. O bloco da figura tem massa 2 kg e é lançado do ponto A da figura, com velocidade de 2 m/s e desce a rampa lisa até o ponto B.

Qual a velocidade ao passar pelo ponto B ?



23. Numa montanha russa, o carrinho parte do repouso no ponto A e move-se livre de atrito nos rolamentos e dos efeitos do ar, ao longo do percurso indicado, passando pelos pontos B e C, sem perder o contato com a pista em nenhum ponto.

a) Qual a velocidade do carrinho ao passar pelo ponto B ?

b) Se o carrinho passa pelo ponto C com velocidade de 10 m/s, qual o valor de H ?

24. Um bloco de massa m = 0,5 kg é pressionado contra uma mola de constante elástica K = 450 N/m, inicialmente relaxada, deformando-a de x = 20 cm, de O até A.

Num determinado instante, o bloco é abandonado, passando a deslizar livre de atrito e resistência do ar.

a) Qual o módulo da velocidade do bloco ao passar pelo ponto O ?

b) Calcule a máxima altura h atingida pelo bloco no ponto C.



25. Do ponto A, situado à altura h = 1,6 m, lança-se o bloco de massa 1 kg com v0 = 2 m/s. Ele desce a rampa indo, em B, chocar-se contra a mola ideal de constante elástica K = 400 N/m.

Se o atrito e a resistência do ar fossem desprezíveis, calcule:

a) a velocidade do bloco ao atingir a mola;

b) a máxima compressão sofrida pela mola.



c) Mas o atrito não é desprezível e o bloco atinge a mola com velocidade igual a 4 m/s. Calcule a energia mecânica dissipada na descida.


Baixar 98.59 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
Curriculum vitae
espírito santo
pregão eletrônico
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar